Arquivo da categoria: SANTOS FUTEBOL CLUBE

SeleSantos, simples assim!

Os eternos ídolos do Santos relembram suas histórias com a Seleção Brasileira! A história vitoriosa do Santos se confunde com a história vitoriosa da Seleção Canarinho. Confira:

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Diretor Social na Associação Movimento Resgate Santista.
– Membro da ASSOPHIS (Assoc. dos Pesq. e Historiadores do Santos)
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.
Mantenedor do Blog Miscelânea Santista.

 

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Luis Alvaro renuncia à presidência do Santos Futebol Clube por questões de saúde

Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, licenciado desde agosto de 2013, renunciou ao cargo  de presidente do Santos FC por questões de saúde. Em ofício enviado ao presidente do Conselho Deliberativo do Clube, Paulo Schiff, e ao presidente em exercício do Comitê de Gestão, Odílio Rodrigues, ele explica que sua licença médica precisou ser prorrogada por tempo incerto e indeterminado. Com isso, Odílio Rodrigues, assume o cargo de presidente do Comitê de Gestão em caráter definitivo, conforme disposto no Artigo 67 do Estatuto Social do Santos FC.

Luis Alvaro - Blog DNA Santastico

luis_alvaro_tratamento

luis_alvaro_documento_medico

Fonte: Santos Futebol Clube

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Diretor Social na Associação Movimento Resgate Santista.
– Membro da ASSOPHIS (Assoc. dos Pesq. e Historiadores do Santos)
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.
Mantenedor do Blog Miscelânea Santista.

 

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Uma trilha sonora SANTÁSTICA para nação santista curtir enquanto navega:

SoundCloudSFC - Blog DNA Santastico

Clique na imagem e divirta-se!

102 ANOS, PARABÉNS GLORIOSO SANTOS FUTEBOL CLUBE!

102 Anos

 Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Diretor Social na Associação Movimento Resgate Santista.
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.
Mantenedor do Blog Miscelânea Santista.

 

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

SANTOS FC LANÇA CAMPANHA INSTITUCIONAL “NÓS FAZEMOS A HISTÓRIA”

O soco no ar, o gol de placa, uma guerra parada para ver uma partida de futebol, o cabelo moicano, 12 mil gols. Momentos eternizados na história e no futebol, com comportamentos responsáveis por influenciar pessoas em todo o mundo e de todas as idades. O Santos FC, ao longo dos seus quase 102 anos, transformou meninos em ídolos e agora traduz o orgulho de ser santista em ações que remontam o passado para explicar o presente sob o tema “Nós Fazemos a História”.

Com uma campanha audaciosa e inovadora, o Peixe mostra como deixou sua marca no mundo por meio dos mais variados canais e formatos. “O Santos é um time de tradição, com uma história rica que se confunde com a de povos, países e pessoas. Queremos que o torcedor perceba que ele é parte disso e que o Clube influencia o cotidiano de todo brasileiro”, explicou Fenando Montanha, gerente de Marketing do Santos FC.

Nos Fazemos Historia - Blog DNA Santastico

A imagem representa a nova campanha institucional do Clube (Arte/Divulgação Santos FC)

No ano em que o Brasil volta a sediar uma Copa do Mundo, o único time que tem um atleta tricampeão da competição aproveita o momento para renovar a comunicação com sócios, conselheiros, torcedores, patrocinadores e colaboradores. “Nenhum clube tem uma história como a do Santos, que soma tradição e pioneirismo. Fomos os primeiros a acreditar em uma equipe de meninos e agora acreditamos que um projeto irreverente é o melhor caminho para falar dos feitos do clube”, completou Beatriz Andrade, coordenadora de Marketing do Clube.

Confira o manifesto que rege a campanha:

Somos o clube do Rei do futebol e dos meninos talentosos e ousados.
Das tabelinhas e das pedaladas.
Acreditamos que qualquer estádio pode ser a nossa praia.

Mudamos o vocabulário do futebol. 
Existia o gol bonito. E nós fizemos o gol de placa. 
Fomos embaixadores do futebol-arte pelo mundo. 
E inspiramos gerações.

Demos um novo significado ao número 10.
Contra a gente até o juiz foi expulso.
Paramos uma guerra.

Devolvemos a alegria ao Maracanã.
Decidimos Copas do Mundo para o Brasil.
E fomos o primeiro Clube brasileiro a conquistar o mundo.

Imortalizamos o soco no ar. 
Para nós, comemorar é prolongar o gol. E como gostamos de balançar as redes!
Alcançamos a incrível marca de 12 mil gols marcados.

Nossa história é tão absurda que parece mentira. 
Tudo isso porque não nos contentamos em apenas jogar futebol.
Aqui no Santos, Nós Fazemos a História.

Fonte: Santos Futebol Clube

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Diretor Social na Associação Movimento Resgate Santista.
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.
Mantenedor do Blog Miscelânea Santista.

 

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

UMA HISTÓRIA NA ÉPOCA DE OURO DO GRANDE SANTOS

O texto que segue abaixo reproduzido no Blog DNA Santástico foi extraído de coluna originalmente publicada no site Ribeirão Preto Online pelo jornalista e ex-narrador esportivo Sr. Flávio Araújo, amigo que tive a honra de conhecer pessoalmente lá em Águas de Santa Bárbara, cidade na qual ele e meus pais residem.

Flavio Araujo - Blog DNA Santastico

Sr. Flávio Araújo

O texto trata-se de uma passagem romântica e ao mesmo tempo insólita contada ao Sr. Flávio Araújo pelo seu grande amigo Sr. Lázaro Piunti, lá da cidade de Itu.

Para que mais pessoas tivessem o direito de saber do fato que não poderia ficar restrito a ambos, o Sr. Flávio pediu ao amigo que fizesse um resumo.

É o relato do homem de Itu que se segue literalmente.

UMA HISTÓRIA NA ÉPOCA DE OURO DO GRANDE SANTOS

“No período de setembro de 1998/dezembro/99 ocupei a vice-presidência da CDHU e na Diretoria conheci o lendário doutor Clayton Bitencourt Espinhel, alto dirigente santista na fase áurea de Pelé.

Guardo comigo diversas histórias contadas por ele.

Dentre elas destaco este episódio.

O time de Vila Belmiro acertou um jogo amistoso nos Estados Unidos (New York) enfrentando o poderoso Benfica de Portugal.

Por diplomacia a diretoria santista convidou João Mendonça Falcão – presidente da Federação Paulista de Futebol (1955/1970) – para chefiar a delegação praiana.

No dia do jogo (21.08.1966) quando a comitiva almoçava no hotel, doutor Clayton, vice-presidente de futebol do Santos foi chamado ao telefone.

Na outra ponta da linha estava o ex-Presidente do Brasil, Juscelino Kubistchek de Oliveira.

Juscelino Kubistchek

Juscelino Kubistchek

Com simplicidade Juscelino informou estar hospedado em um hotel nova-iorquino com as filhas Márcia e Maria Estela e uma sobrinha.

Disse que as meninas gostariam de ir ver Pelé jogar e se ainda havia possibilidade de adquirir os ingressos.

Doutor Clayton prometeu os bilhetes e se prontificou ir ao hotel entregá-los pessoalmente.

Ao dar a notícia para o pessoal que já saboreava a sobremesa, Mendonça Falcão demonstrou irritação.

Disse ser um absurdo o contato com o ex-presidente, que tivera seus direitos políticos cassados.

E mais: recusou seu lugar no ônibus na hora de ir ao estádio, preferindo alugar uma limusine.

Na verdade, o cartola queria evitar um encontro com o homem cassado pelos militares que dominavam o País.

Falcão apoiava o regime.

Doutor Clayton me contou que, no trajeto até o hotel de Juscelino chamou o trio pensante da equipe – Gilmar, Zito e Pelé – para uma conversa.

Indagou o que achavam de convidar o ex-presidente do Brasil e as moças para ocuparem um lugar no ônibus, do hotel ao estádio.

Sob a liderança de Zito e com a concordância de Gilmar e Pelé a ideia foi imediatamente aceita.

Na porta do hotel avistaram Juscelino e enquanto doutor Clayton foi cumprimentá-lo, Zito avisou os atletas para suspenderem a algazarra no interior da condução.

Iriam ter a honra de acolher o importante homem público que presidira até recentemente o país, acompanhado das três belas moças.

Para resumir: momentos após o início do jogo a imprensa nova-iorquina descobriu a presença de Juscelino e os microfones do famoso “Randalls Island Stadium of New York” anunciaram o fato.

Imediatamente os 25.670 expectadores se puseram em pé e o aplaudiram delirantemente.

Juscelino, conhecido pela sua formação democrática e espírito empreendedor, era figura extremamente respeitada nos Estados Unidos.

Na manhã seguinte os principais jornais nova-iorquinos davam maior destaque ao grande brasileiro que ao próprio jogo vencido pelo Santos por 4 a 0.

O craque do Benfica Eusébio e o Rei Pelé

O craque do Benfica Eusébio e o Rei Pelé

Mendonça Falcão, um político menor (deputado estadual na época) lamentou profundamente ter sido ignorado.

Graças ao meu amigo Sérgio Roberto Mazurchi, cujo arquivo de futebol é fantástico, é possível apresentar a ficha técnica da partida que Juscelino assistiu.

Santos F. C.: Gilmar; Carlos Alberto, Oberdan, Orlando e Lima. Zito e Mengálvio. Dorval (Amauri), Toninho Guerreiro, Pelé (Salomão) e Edu. Técnico: Luis Alonso (Lula).

S.C. Lisboa e Benfica: Costa Pereira; Caven, Raul, Jacinto e Cruz. Jaime Graça e José Augusto (Iaúca). Torres (Nelson), Eusébio e Simões. Técnico: Fernando Riera.

Resultado final: Santos 4 Benfica 0.

Marcadores: Toninho, Edu (2) e Pelé. Público: 25.670. Local: “Randalls Island Stadium New York” em 21 de agosto de 1966.”

 Lázaro José Piunti

||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||

Está ai, pois, o relato literal do que escreveu Lázaro José Piunti lá de Itu e que o mundo vai conhecer depois desta edição neste site pela penetração veloz e constante da Internet.

Acima de tudo serve para atestar não somente o registro de um momento histórico na época dourada do nosso futebol, mas acima disso a simbologia gravada em letras que o tempo não apagará de um atestado do quanto o futebol pode se constituir em entendimento universal unindo os homens de boa-vontade em quaisquer circunstâncias.

Flávio Araújo

||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||

Saiba mais sobre Flávio Araújo

Flávio Araújo, nasceu na cidade paulista de Presidente Prudente, lá iniciou sua carreira no rádio em 1950.

Depois militou no rádio esportivo e na imprensa esportiva da cidade de São Paulo cerca de 30 anos.

Trabalhou de 1957 até 1982 na Rádio Bandeirantes, onde se consagrou um maravilhoso narrador esportivo.

Flávio Araújo em 1960 narrando pela Rádio Bandeirantes, em Cáli, na Colômbia.

Encerrou suas atividades na cidade de São Paulo em 1986 na Fundação Cásper Líbero como Superintendente de Esportes da Rádio e TV Gazeta, nos tempos do saudoso Constantino Cury no comando do tradicional grupo de comunicação da Avenida Paulista.

Posteriormente trabalhou por mais 10 anos como comentarista esportivo na Rádio Central de Campinas-SP (de propriedade do ex-governador de São Paulo Orestes Quércia).

Flávio Araújo também foi co-proprietário da Rádio Cultura-AM de Poços de Caldas-MG.

A narração do milésimo gol do Rei Pelé escolhida pelos produtores do filme Pelé Eterno para integrar a obra é de Flávio Araújo.  Aliás, segundo Milton Neves, Flávio Araújo foi o locutor que mais narrou jogos do glorioso Santos Futebol Clube e gols do Rei Pelé.

Flávio Araújo e Milton Neves em 2001.

Ao longo de sua brilhante carreira transmitiu tudo sobre futebol, boxe, basquete e automobilismo.

Atualmente Flávio Araújo reside numa bela e tranquila cidade do interior paulista, onde ainda milita com histórias do futebol escrevendo colunas para sites e jornais.

Vale a pena conferir abaixo entrevista concedida, em 2009, por Flávio Araújo para André York do Programa Arremate Final. Contém áudios espetaculares de narrações de Flávio Araújo.

Parte 01:

Parte 02:

Bom, é isso aí! O Blog DNA Santástico, na figura de seu mantenedor Edmar Junior, agradece ao Sr. Flávio Araújo pela autorização para publicação de vossos textos no blog e parabeniza-lhe pelos excelentes serviços prestados ao esporte ao longo de toda sua trajetória.

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Diretor Social na Associação Movimento Resgate Santista.
– Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.
Mantenedor do Blog Miscelânea Santista.

 

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Uma trilha sonora SANTÁSTICA para nação santista curtir enquanto navega:

SoundCloudSFC - Blog DNA Santastico

Clique na imagem e divirta-se!

COPAG LANÇOU BARALHO ESPECIAL DO REI PELÉ

Lançamento vem em lata de luxo e é imperdível para colecionadores.

O eterno Rei do Futebol acaba de receber mais uma homenagem. A Copag lançou o Baralho Pelé, um incrível baralho com elementos inspirados na trajetória do maior craque da bola de todos os tempos.

Baralho Pele - Copag - Blog DNA Santastico

Em formato Bridge Size, o produto conta com 110 cartas personalizadas, com destaque para os Valetes, Damas, Reis e Curingas. Composto por um cartão couché 270 g de altíssima qualidade, o Baralho Pelé vem ainda numa luxuosa embalagem em lata, tornando-o uma excelente opção de presente.

Fonte: Copag

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Diretor Social na Associação Movimento Resgate Santista.
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.
Mantenedor do Blog Miscelânea Santista.

 

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Uma trilha sonora SANTÁSTICA para nação santista curtir enquanto navega:

SoundCloudSFC - Blog DNA Santastico

Clique na imagem e divirta-se!

REI PELÉ, O GRANDE HOMENAGEADO DO GQ MEN OF THE YEAR 2013.

Às vésperas da copa do mundo, o Rei do Futebol representa mais do que nunca a identidade, o sucesso e o orgulho de um país

Ninguém (fora os argentinos) discute que ele foi o melhor jogador de futebol da história. O esportista mais eficiente e lúdico de todos os tempos. E mesmo 36 anos após sua aposentadoria, com pelo menos três gerações de pessoas que jamais o viram jogar ao vivo, seu legado se mantém intacto, pronto para somar prestígio à Copa de 2014.

A popularidade – e o faturamento de R$ 70 milhões por ano em contratos comerciais – são mantidas graças a um conceito que ele próprio criou: o atleta celebridade, alguém com tanto carisma e tantas conquistas que consegue alimentar uma relação eterna entre as palavras esporte, futebol e Brasil. Quanto à isso, o Rei Pelé tem plena consciência de que conservar seu legado significa trabalhar a imagem do país lá fora.

Rei Pele - Foto Mauricio Nahas - Blog DNA Santastico

“É emocionante receber uma premiação como essa. Espero que possa inspirar e servir de exemplo para crianças e jovens que querem viver do esporte”, afirmou o Rei do Futebol.

O gênio da bola está prestes a ganhar uma cinebiografia produzida em Hollywood, e que deve contar a história do jogador dos 10 até os 17 anos, quando conquistou sua primeira Copa do Mundo na Suécia.

Para conferir o perfil completo de Pelé, não perca a edição de dezembro da GQ Brasil, disponível nas bancas e no iPad.

Fonte: GQ

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Diretor Social na Associação Movimento Resgate Santista.
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.
Mantenedor do Blog Miscelânea Santista.

 

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

APLAUSOS DE PELÉ: O MENINO MERECIA

O texto que segue abaixo reproduzido no Blog DNA Santástico foi extraído de coluna originalmente publicada no site Ribeirão Preto Online.

O autor é o jornalista e ex-narrador esportivo Sr. Flávio Araújo, amigo que tive a honra de conhecer pessoalmente lá em Águas de Santa Bárbara, cidade na qual ele e meus pais residem.

Flavio Araujo - Blog DNA Santastico

Sr. Flávio Araújo

APLAUSOS DE PELÉ: O MENINO MERECIA

De repente, não mais que de repente como diria o poeta, luzes se apagaram e o pequeno estádio mergulhou na escuridão total.

Apenas um desses apagões tão comuns em nosso futebol em pequenas e grandes cidades e que na Argentina já motivou até o cancelamento de um clássico da seleção local contra o Brasil.

Locutores e comentaristas se viravam com as explicações usuais nessas falhas recorrentes em nossos estádios onde mesmo com os refletores expandindo o máximo de sua carga jamais iluminavam o necessário para as partidas noturnas.

O primeiro tempo havia terminado no amistoso entre Santos e Portuguesa Santista que se realizava no velho estádio de Ulrico Mursa, Avenida Pinheiro Machado, bem pertinho da histórica Santa Casa de Santos, jogo que se realizava exatamente para a festiva inauguração do sistema de iluminação.

Eis que a luz volta de inopino e o que se vê é surpresa para todos nós que ali estávamos: os jogadores do Santos estavam perfilados em duas filas indianas perpendiculares ao portão por onde se adentrava para o gramado da velha praça esportiva.

Alguém entra correndo no meio das duas filas e aplaudido pelos que a formavam se apresenta aos nossos olhos depois de atravessá-las por completos.

Ninguém sabia quem era, nada fora divulgado a respeito.

Os repórteres de campo entraram em ação e o saudoso Ethel Rodrigues nos informa que o Santos iria estrear um novo atacante naquele segundo tempo.

Foi quando pela primeira vez vimos o menino Coutinho num campo de futebol.

Coutinho - Blog DNA Santastico (10)

A APRESENTAÇÃO DA DESCOBERTA DE LUIS ALONSO

Lembrei-me imediatamente de uma conversa que mantivera com Lula, o técnico santista e que ao contrário de seu homônimo de apelido que viria muitos anos depois era uma criatura simples e que não se julgava o dono do mundo.

Naquele tempo não havia a divulgação dos dias atuais e o Santos mesmo sendo um revelador de jogadores por excelência não os mostrava antes que chegasse a hora.

Se a crônica da cidade sabia de quem se tratava e sobre alguns fazia qualquer divulgação isso não chegava a transpor as alturas da Serra do Mar.

Assim fora com Pelé e com todos os outros que formavam naquele grande esquadrão, maioria vinda das equipes inferiores do próprio clube ou de cidades do interior.

Era comum nas viagens a Santos passar pelo posto de gasolina do técnico Lula e com ele manter um dedo de prosa.

Numa dessas visitas alguns meses antes Lula me dissera para esperar uma surpresa: estava preparando um garoto que faria sensação quando lançado.

Esqueci o assunto já que o comum era o Santos estar sempre apresentando novas faces e que nem sempre vingavam.

Principalmente porque a concorrência ali era tremenda.

Hoje acontece o mesmo no capítulo revelações, apenas que a divulgação é constante e rádios, televisões e jornais repetem à saciedade o nome dos garotos que estão saindo do forno.

Alguns até deixando o clube antes da hora por exigirem salários milionários, caso, por exemplo, do menino Jean Chera, que pelo menos até agora ninguém viu brilhar em outra equipe.

Foi dessa maneira que a grande imprensa paulista ficou conhecendo Coutinho, o menino que faria sensação ao lado de Pelé e comporia a dupla que mais se harmonizou na troca de passes curtos e tabelinhas geniais não apenas no futebol brasileiro, mas em escala mundial.

UMA PRELIMINAR EM PIRACICABA

No ano de 1955 o Santos enfrentava o XV de Novembro em Piracicaba e Luis Alonso tinha sua atenção atraída por um menino de 12 anos que na preliminar defendia os infantis do clube local.

Naquele tempo não havia futebol profissional ou amador que não fosse precedido por uma preliminar que muitas vezes suplantava em qualidade ao jogo principal.

Lula gostou tanto da atuação do garoto que convenceu seus pais a consentir que o levasse para Santos e o alojou na mesma pensão onde vivia na época outro menino, este vindo de Bauru de onde o antigo craque Valdemar de Brito o trouxera.

Seu nome, Edson, seu apelido, Pelé, embora o grande Jair Rosa Pinto o chamasse de “gasolina”, apelido que não pegou.

Não foi fácil segurar Coutinho por tanto tempo e com tão pouca idade (nascera em Piracicaba no dia 11 de junho de 1943) e principalmente depois que viu seu companheiro de acomodação ser lançado e causar furor.

Por mais de uma vez Lula teve de usar toda sua psicologia para evitar que o menino cujo nome em verdade era Wilson voltasse para Piracicaba e a alegação de que sua idade não permitia ainda sua inclusão nos profissionais não o convencia.

Até que chegou o ano de 1958, o garoto ia completar 15 anos e Lula achou que a hora era chegada.

Foi num amistoso em Goiás (17.05.1958) contra um desconhecido Sírio Libanês FC que ele entrou em campo pela primeira vez substituindo exatamente ao célebre Jair.

Coutinho - Blog DNA Santastico (5)

O Santos venceu por 7 a 1 e mesmo jogando poucos minutos deixou ali o seu primeiro gol com a camisa santista.

Depois foi incluído em outros amistosos, 9 no total, mas todos em excursões.

Jogou em Ponta Grossa, Cornélio Procópio, Londrina, Itajubá, o que não faltava era amistoso para aquele Santos de tantos craques e que ainda não conquistara o mundo.

Finalmente surgiu aquela partida na inauguração dos refletores da Portuguesa Santista e Lula considerou que o menino, mais encorpado e com 15 anos e 6 meses poderia finalmente ser mostrado aos torcedores santistas.

A entrada em campo com recepção triunfal e com o aplauso daquele grupo de cobras era uma manobra psicológica para o convencer de que estava em boa companhia e que já ganhara o respeito e aprovação dos famosos companheiros.

Isso aconteceu no dia 27 de novembro de 1958, Pelé já era campeão do mundo e o menino que se lançava no grande futebol com a camisa 9 do Santos não tinha ainda um nome definitivo

Antoninho Fernandes era uma figura lendária como jogador no Santos e  substituiria Lula como técnico quando este saiu para o Corinthians em 1968.

Ernani Franco, locutor esportivo da Rádio Atlântica e dono da maior audiência na cidade tentou então batizar a revelação como Antoninho a partir daquele jogo, mas o garoto não aceitou.

Argumentou que sua mãe o chamava de “Cotinho” e se era para receber um apelido exigia que fosse o que trouxera de casa.

Os próprios narradores se incumbiram da rápida transformação de Cotinho para Coutinho e o resto é história que todos sabem.

Coutinho - Blog DNA Santastico (12)

Pelé e Coutinho formaram a mais perfeita dupla de atacantes que o futebol brasileiro conseguiu unir em muitos anos e até hoje não tivemos outra com tal perfeição de entendimento.

Pelé e Coutinho em ação!

Pelé e Coutinho em ação!

Não confirmo que Coutinho usava um bracelete, ou um pano amarrado a uma das mãos para diferenciá-lo de Pelé, embora naquela época fossem permitidos o uso de anéis e brincos.

Só muito depois estes foram proibidos e substituídos pelas indefectíveis e horrorosas tatuagens.

Acontece que por estar com um pequeno problema em um dos pulsos Coutinho atuara durante alguns jogos com esparadrapo no mesmo e isso proporcionou ao narrador Pedro Luiz, numa entrevista na TV Excelsior, a sugestão para que oficializasse o uso de uma marca que o diferenciasse do rei do futebol, com o que, de imediato, Coutinho não concordou.

Também é fato inegável, embora sempre desmentido, que entre ambos havia um entendimento perfeito como dupla de atacantes, mas fora de campo nunca foram amigos e Coutinho sempre guardou uma certa dose de ciúmes da grandiosidade que atingiu seu companheiro de ataque.

Esse, é possível, seja um dos motivos pelo qual o descuido com seus problemas glandulares tanto o prejudicassem e o excesso de peso precipitasse o encerramento de sua carreira de forma tão precoce.

Fato para psiquiatra explicar.

Se mágoa havia por parte de Coutinho quanto ao reinado absoluto de Pelé o entendimento dentro de campo era o de irmãos siameses.

Coutinho - Blog DNA Santastico (10)

Transmiti, inclusive, de Porto Alegre, o célebre jogo em que ambos, com toques de cabeça vieram desde o meio de campo penetrando na defesa do Grêmio sem que ninguém conseguisse desarmá-los até que Coutinho não devolveu a bola a Pelé e sim a Lima que os acompanhava na corrida e concluiu para o gol.

Também narrei a partida em que os dois infernizaram a defesa da Alemanha em Hamburgo no dia 5 de maio de 1963, vitória do Brasil por 2 a 1, um gol de cada.

Embora curta a carreira de Antônio Wilson Vieira Honório ficou marcada por 457 jogos com a camisa do Santos com 370 gols conquistados.

Coutinho - Blog DNA Santastico (3)

Já na seleção participou apenas de 15 jogos com 6 gols marcados e sua principal chance seria na Copa de 1962 quando a dupla estava no auge.

Pelé se contundiu seriamente no segundo jogo e Coutinho passou toda a Copa como reserva de Vavá.

Coutinho - Blog DNA Santastico (3)

Em 1968, com apenas 25 anos já se via ultrapassado no Santos cedendo ao peso do corpo e foi emprestado ao Vitória e à Portuguesa retornando em 1970 ocasião em que diz ter recebido um recado de João Saldanha que o queria na seleção para a campanha no México ao lado de Pelé.

Esse comentário jamais foi comprovado e principalmente por já ter o Santos em Toninho Guerreiro, convocado para as eliminatórias da Copa,  um substituto que fazia os gols necessários embora jamais tenha sido o companheiro ideal para formar ao lado de Pelé.

Coutinho, gordo, sem a anterior mobilidade, mas ainda brilhante com a bola dominada na área adversária tentou algo no Atlas do México onde ficou por poucas partidas, esteve no Bangu e encerrou a carreira com 30 anos no Saad.

Curiosamente seu último gol no futebol foi exatamente contra o time do Santos.

Tentou trabalhar como técnico, mas jamais conseguiu ir além de treinar equipes de base do Santos e nas praias da cidade continuou por muitos anos praticando seus esportes favoritos.

Bater uma bolinha entre uma cervejinha e muitas outras.

Flávio Araújo

||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||

Saiba mais sobre Flávio Araújo

Flávio Araújo, nasceu na cidade paulista de Presidente Prudente, lá iniciou sua carreira no rádio em 1950.

Depois militou no rádio esportivo e na imprensa esportiva da cidade de São Paulo cerca de 30 anos.

Trabalhou de 1957 até 1982 na Rádio Bandeirantes, onde se consagrou um maravilhoso narrador esportivo.

Flávio Araújo em 1960 narrando pela Rádio Bandeirantes, em Cáli, na Colômbia.

Encerrou suas atividades na cidade de São Paulo em 1986 na Fundação Cásper Líbero como Superintendente de Esportes da Rádio e TV Gazeta, nos tempos do saudoso Constantino Cury no comando do tradicional grupo de comunicação da Avenida Paulista.

Posteriormente trabalhou por mais 10 anos como comentarista esportivo na Rádio Central de Campinas-SP (de propriedade do ex-governador de São Paulo Orestes Quércia).

Flávio Araújo também foi co-proprietário da Rádio Cultura-AM de Poços de Caldas-MG.

A narração do milésimo gol do Rei Pelé escolhida pelos produtores do filme Pelé Eterno para integrar a obra é de Flávio Araújo.  Aliás, segundo Milton Neves, Flávio Araújo foi o locutor que mais narrou jogos do glorioso Santos Futebol Clube e gols do Rei Pelé.

Flávio Araújo e Milton Neves em 2001.

Ao longo de sua brilhante carreira transmitiu tudo sobre futebol, boxe, basquete e automobilismo.

Atualmente Flávio Araújo reside numa bela e tranquila cidade do interior paulista, onde ainda milita com histórias do futebol escrevendo colunas para sites e jornais.

Vale a pena conferir abaixo entrevista concedida, em 2009, por Flávio Araújo para André York do Programa Arremate Final. Contém áudios espetaculares de narrações de Flávio Araújo.

Parte 01:

Parte 02:

Bom, é isso aí! O Blog DNA Santástico, na figura de seu mantenedor Edmar Junior, agradece ao Sr. Flávio Araújo pela autorização para publicação de vossos textos no blog e parabeniza-lhe pelos excelentes serviços prestados ao esporte ao longo de toda sua trajetória.

Para

Para saber mais sobre Coutinho, recomendo a leitura do livro “Coutinho – O Gênio da Área” 

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Diretor Social na Associação Movimento Resgate Santista.
– Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.
Mantenedor do Blog Miscelânea Santista.

 

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Uma trilha sonora SANTÁSTICA para nação santista curtir enquanto navega:

SoundCloudSFC - Blog DNA Santastico

Clique na imagem e divirta-se!

MEMORIAL DAS CONQUISTAS DO SANTOS FC COMPLETOU 10 ANOS E LANÇOU NOVO SITE

Logo 10 Anos Memorial das Conquistas SFC

O Memorial das Conquistas do Santos Futebol Clube completou 10 anos e lançou um novo site com o objetivo de reunir todas as informações úteis para o seu visitante, o www.memorialdasconquistas.com.br promete ser ainda melhor em 2014: com tour virtual e linha do tempo, além de oferecer mais ferramentas de interação com o usuário.

Memorial das Conquistas - Blog DNA Santastico

Sobre o Memorial:

Fundado em 17 de novembro de 2003, o Memorial das Conquistas é uma das principais atrações do Estádio Urbano Caldeira. Com uma concepção inovadora, o museu do Alvinegro Praiano está distribuído em um espaço de mais de 380 metros quadrados, que leva o visitante a uma verdadeira viagem à história do Peixe. Além de troféus, há fotos ampliadas em tamanho natural, flâmulas, documentos, uniformes, bolas, recursos multimídia e outros objetos, dispostos em um ambiente bem organizado e de beleza singular. O visitante é recepcionado por orientadores bilíngues, disponíveis para esclarecer quaisquer dúvidas referentes à história do Clube e às peças expostas. Durante as visitas monitoradas, depois de passar pelo Memorial, o visitante é conduzido para outros locais interessantes do Clube, como o vestiário do time profissional, a sala de entrevistas coletivas onde os atletas dão depoimentos depois das partidas e o gramado sagrado da Vila Belmiro.

Visite o Memorial das Conquistas!

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Diretor Social na Associação Movimento Resgate Santista.
– Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.
Mantenedor do Blog Miscelânea Santista.

 

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Uma trilha sonora SANTÁSTICA para nação santista curtir enquanto navega:

SoundCloudSFC - Blog DNA Santastico

Clique na imagem e divirta-se!

MENINOS DA FILA – 1995 (EPISÓDIO #2)

Está no ar o segundo capítulo da série Meninos da Fila.

Logo Meninos da Fila - Blog DNA Santastico

Neste episódio a incansável equipe do projeto Meninos da Fila abordou o fatídico ano de 1995, confira:

Veja também:

MENINOS DA FILA – DIAS DE LUTA, DIAS DE GLÓRIA (EPISÓDIO #1)

MENINOS DA FILA

PROJETO CROWDFUNDING MENINOS DA FILA

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Diretor Social na Associação Movimento Resgate Santista.
– Membro da Confraria do Futebol Paulista
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.
Mantenedor do Blog Miscelânea Santista.

 

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Uma trilha sonora SANTÁSTICA para nação santista curtir enquanto navega:

SoundCloudSFC - Blog DNA Santastico

Clique na imagem e divirta-se!

COQUETEL COMEMORATIVO AOS 50 ANOS DO BIMUNDIAL DO SANTOS FC

Assim como há 50 anos, o último dia 16 de novembro foi recheado de emoções para a nação santista. Craques que fizeram o Santos FC levantar a taça do BIMUNDIAL receberam homenagem no Salão de Mármore da Vila Belmiro. Além dos muitos aplausos, autógrafos e carinho dos convidados, os heróis de 1963 foram agraciados com medalha, camisa e faixa comemorativos, durante evento promovido pelo Departamento de Marketing do Clube em parceria com a patrocinadora Santos na Área – a rede de lojas oficiais do Peixe.

Coquetel 50 Anos do BIMUNDIAL - SFC - Blog DNA Santastico

O coquetel também contou com um bate-papo agradável conduzido pelo jornalista Vladir Lemos, apresentador do Programa Cartão Verde da TV Cultura, com o apoio do historiador do Clube, Sr. Guilherme Guarche.

Coquetel 50 Anos BIMUNDIAL - Blog DNA Santastico (01)

Oito personagens, ao todo, compareceram à festa. Foram eles: Dalmo, Dorval, Pepe, Mengálvio, Geraldino, Lima, Maneco e Zito.

Álvaro, filho do falecido Almir Pernambuquinho, atacante que substituiu nada mais nada menos que Pelé nos jogos finais, também esteve presente.

Almir Pernambuquinho foi representado pelo filho Álvaro.

Outra presença marcante foi a do médico da delegação à época, Sr. Ítalo Consentino.

Sr. Ítalo Consentino

Sr. Ítalo Consentino

Pepe, o Canhão da Vila, mostrou-se lisonjeado com tamanha festa. “Faz 50 anos que ganhamos e a emoção que sinto ao falar do BIMUNDIAL é a mesma… Também é muito legal a repercussão que esse título ainda tem. É muito gratificante”, comentou.

Até quem não é santista lembra do caminho árduo que o Peixe teve de enfrentar para conquistar o Bi. Depois de perder na Itália por 4 a 2, o Alvinegro devolveu na mesma moeda na segunda partida, no Maracanã. E na última e decisiva, também no Rio de Janeiro e com estádio completamente lotado, Dalmo, de pênalti, levou o título à Vila.

Em meio aos autógrafos e passos improvisados de dança, o autor da façanha ressaltou exatamente a dificuldade das três partidas finais. “Estou muito alegre. Fica até difícil achar palavras para traduzir o que sinto. Ganhamos de um time bom demais!”.

VÍDEO

O presidente do Santos FC, Odílio Rodrigues, disse que a década de 60 foi mágica para o Peixe. E a noite de sábado (16) tornou-se ainda mais especial por reunir tantos mágicos com as bolas nos pés em um espaço sagrado como a Vila Belmiro.

Texto: Santos Futebol Clube

Coquetel 50 Anos do BIMUNDIAL - Blog DNA Santastico (92)

50 ANOS BIMUNDIAL

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Diretor Social na Associação Movimento Resgate Santista.
– Membro da Confraria do Futebol Paulista
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.
Mantenedor do Blog Miscelânea Santista.

 

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Uma trilha sonora SANTÁSTICA para nação santista curtir enquanto navega:

SoundCloudSFC - Blog DNA Santastico

Clique na imagem e divirta-se!

1963 – ANO DO *BI* MUNDIAL

50 ANOS BIMUNDIAL

Há 50 anos o Santos sagrou-se BICAMPEÃO MUNDIAL! Para celebrar esta importante conquista, abaixo reproduzo um texto originalmente publicado no famoso ALBUM DE OURO, 2ª edição, 1965.

1965 - ALBUM DE OURO

Album de Ouro

Derrotando o Boca Junior na final das Américas, novamente credenciou-se o alvinegro à final da Taça do Mundo Interclubes.

Pela Europa, qualificou-se o Milan, da Itália.

O primeiro encontro foi travado em Milão, no Estádio de San Siro, no dia 16 de outubro de 1963.

Ernst Haberfelnner, da Áustria, o Juiz.

Lula mandou a campo: Gilmar, Lima, Haroldo e Geraldino; Calvet e Zito; Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe.

Enorme platéia a <<empurrar>> o Milan, para a vitória. Milão, grande centro industrial italiano, naquêle dia amanheceu com os olhos voltados para San Siro. E, à hora do prélio, o estádio apontava notável platéia, que traduzindo-se em cifras para moeda nacional, representava nada menos que Cr$ 280.000.000,00!

Não foi feliz o Santos, nêsse primeiro encontro.

Sofreu dois gols logo ao inicio. Recompôs-se em parte no inicio do período final, estabelecendo um gol, mas a seguir surgiu a pronta reação dos italianos.

Placar final:
Milan, 4
Santos, 2.

Os gols do Santos: Pelé.

A 14 de novembro daquele ano de 1963, no Maracanã, seria travada a segunda partida. Um empate bastaria ao Milan para a conquista do título.

Dias antes do sensacional combate, três enormes <<baixas>> no plantel alvinegro: Zito, Calvet e… Pelé!

A semana que antecedeu o encontro foi do mais intenso nervosismo. Tudo foi feito para que aquêles três soldados pudessem participar da batalha. Mas a luta resultou em vão. Não poderiam jogar.

O técnico santista escala o quadro: Gilmar, Ismael, Mauro e Dalmo; Haroldo e Lima; Dorval, Mengálvio, Coutinho, Almir e Pepe.

Santos BIMUNDIAL - Blog DNA Santastico (4)

O argentino Juan Brossi dá início ao encontro, com os italianos formando: Ghezzi, David, Maldini e Trebi; Pelagali e Trapatoni; Mora, Lodeti, Mazzola, Rivera e Amarildo.

Quando o cronômetro atingia 20 minutos, já o placar apontava:

Santos, 0 x Milan, 2.

E assim foi até o final do período de abertura.

A platéia de Maracanã (Cr$ 98.075 500,00, recorde), a um só tempo pensou: o jôgo está perdido. Mas à êsse pensamento pessimista, sobrepujou-se a esperança. E assistiu-se, então, a um dos maiores espetáculos de todos os tempos, no que respeita à entusiasmo, vibração, brio. A uma só voz, o Maracanã aguardou a entrada do Santos para o período complementar, com estrepitosa demonstração de confiança. Mais de 130 mil pessoas a darem ao alvinegro a certeza de que êle não estava sozinho. Mais de uma centena de milhares de almas a dizerem ao Santos: o Brasil confia em tí!

Do céu começaram a cair fortes chuvas. Do estádio, viriam chuvas de emoções.

Nos primeiros minutos, Almir vence Guezzi, mas a pelota teimosamente choca-se contra a trave. . . Angústia, desespero, ansiedade. . .

Instantes após Pepe cobra falta e sacode as rêdes italianas. Era o início da inolvidável reação.

Mal o Maracanã termina de festejar o tento e Dalmo cobra falta pela esquerda. Mengálvio toca levemente de cabeça e determina: Santos, 2 x Milan, 2.

Santos BIMUNDIAL - Blog DNA Santastico (6)

O título ainda era do campeão europeu. Só a vitória poderia provocar o terceiro encontro.

Os minutos que se seguem são de enorme são de enorme expectativa. Ninguém desvia a atenção do jôgo. Todos voltados aos mínimos detalhes. E foi com êsse ambiente que Lima recebe a bola na intermediária do Milan, percebe um corredor à sua frente e invade. Ainda de fora da área, tenta o tiro. Coloca nos pés toda a fôrça que Deus lhe deu. Estufam as rêdes de Ghezzi. O Santos passa à frente.

Ainda estão atordoados os italianos. E antes que possam ajustar suas linhas, Pepe, novamente de falta, decreta mais um gol para os Santistas: 4×2. Em menos de vinte minutos, o Santos assinalara quatro tentos.

Assistiu-se, então, ao valsar alvinegro no Maracanã. A cancha molhada do maior estádio do mundo, não impediu que os santistas propiciassem àquela platéia tão dedicada, uma exibição esplendorosa.

||0||0||0||0||

Virada Historica - 1963 - Blog DNA Santastico

Chegou ao fim o encontro com a monumental vitória do Santos, provocando nova partida, que decidiria o cétro mundial, alí mesmo no Maracanã.

||0||0||0||0||

Nóvos exames em Pelé, Calvet e Zito. E todos revelaram que nenhum deles poderia jogar.

Mas o ânimo do praianos era inquebrantável.

Lula então, determinou o mesmo quadro para a batalha final: Gilmar, Ismael, Mauro e Dalmo; Haroldo e Lima; Dorval, Mengálvio, Coutinho, Almir e Pepe.

Quando Juan Brossi deu fim a batalha, o placar do Maracanã apontava o campeão do mundo:

Santos, 1
Milan, 0.

O autor do tento: Dalmo (de penal).

Santos BIMUNDIAL - Blog DNA Santastico (1)

A renda do encontro: Cr$ 91 546.000,00.

Com essa vitória o Santos conquistava, pela primeira vez na história do torneio, um bi-campeonato. Data, 16 de novembro.

Santos BIMUNDIAL - Blog DNA Santastico (5)

E o mundo inteiro, diante de tão viva demonstração de poderio, tributou-lhes as homenagens de IMPERADOR DO MUNDO!

Santos BIMUNDIAL - Blog DNA Santastico (3)

PARABÉNS SANTOS FUTEBOL CLUBE
PELOS 50 ANOS DESTA MARAVILHOSA CONQUISTA!!

Obs: narração dos gols pelo saudoso Fiori Gigliotti.

Colaborou neste post:

Wesley Miranda

Wesley Miranda

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Diretor Social na Associação Movimento Resgate Santista.
– Membro da Confraria do Futebol Paulista
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.
Mantenedor do Blog Miscelânea Santista.

 

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Uma trilha sonora SANTÁSTICA para nação santista curtir enquanto navega:

SoundCloudSFC - Blog DNA Santastico

Clique na imagem e divirta-se!

NARRAÇÃO DOS GOLS DE SANTOS 4X2 MILAN – 14/11/1963 – FIORI GIGLIOTTI

Esta semana faz 50 anos que o glorioso Santos Futebol Clube obteve a maior virada de todos os tempos, curta os gols e emoções desta partida na voz do saudoso Fiori Gigliotti:

Data: 14/11/1963
Segundo jogo: Santos 4 x 2 Milan
Estádio: Maracanã (Rio de Janeiro)
Público: 132.728 pagantes
Renda: Cr$ 98.075.500, 00 (novo recorde de renda no Brasil)
Árbitro: Juan Brozzi (Argentina)
Gols: Altafini 12′, Mora 16′, Pepe 49′, Almir 54′, Lima 64′ e Pepe 71′.
Santos: Gylmar; Ismael, Mauro, Haroldo e Dalmo; Lima e Mengálvio; Dorval, Coutinho, Almir e Pepe. Técnico: Lula
Milan: Ghezzi; David, Trapattoni, Maldini e Trebbi; Pelagalli e Rivera; Mora, Lodetti, Altafini e Amarildo.

50 ANOS BIMUNDIAL

Colaborou neste post:

Wesley Miranda

Wesley Miranda

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Diretor Social na Associação Movimento Resgate Santista.
– Membro da Confraria do Futebol Paulista
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.
Mantenedor do Blog Miscelânea Santista.

 

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Uma trilha sonora SANTÁSTICA para nação santista curtir enquanto navega:

SoundCloudSFC - Blog DNA Santastico

Clique na imagem e divirta-se!

JOGADORES DA GERAÇÃO BICAMPEÃ MUNDIAL DO SANTOS REUNIRAM-SE NA VILA BELMIRO

Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe. Quem não acompanhou o mais famoso quinteto da história do futebol brasileiro em campo provavelmente já ouviu a respeito nas histórias do pai, do tio ou do avô.

Ninguém seria capaz de esquecer a linha de frente do maior time das Américas do século 20, segundo eleição promovida pela Fifa em 2000. E o maior do mundo para várias gerações de brasileiros.

Na última quinta, o Memorial das Conquistas do Santos, que fica na Vila Belmiro, parou para receber os bicampeões mundiais. A convite da Folha, Dorval, 78, Mengálvio, 73, Coutinho, 70, Pelé, 73, e Pepe, 78, se reencontraram para comemorar os 50 anos do bicampeonato mundial de 1963.

50 ANOS BIMUNDIAL

A reunião não se restringiu ao quinteto. Também voltaram a pisar no gramado da Vila Belmiro o ex-lateral esquerdo Dalmo, 81, o ex-volante Lima, 71, e o ex-lateral esquerdo Geraldino, 73.

Fonte: RAFAEL VALENTE

Colaborou neste post:

Wesley Miranda

Wesley Miranda

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Diretor Social na Associação Movimento Resgate Santista.
– Membro da Confraria do Futebol Paulista
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.
Mantenedor do Blog Miscelânea Santista.

 

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Uma trilha sonora SANTÁSTICA para nação santista curtir enquanto navega:

SoundCloudSFC - Blog DNA Santastico

Clique na imagem e divirta-se!

50 ANOS DA HISTÓRICA CONQUISTA

Essa semana é muito especial para o torcedor santista! Na Quinta-feira (14/11) completa 50 anos da maior virada de todos os tempos do time da virada, e Sábado (16/11), 50 anos da conquista do BICAMPEONATO MUNDIAL!

50 ANOS BIMUNDIAL

Colaborou neste post:

Wesley Miranda

Wesley Miranda

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Diretor Social na Associação Movimento Resgate Santista.
– Membro da Confraria do Futebol Paulista
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.
Mantenedor do Blog Miscelânea Santista.

 

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Uma trilha sonora SANTÁSTICA para nação santista curtir enquanto navega:

SoundCloudSFC - Blog DNA Santastico

Clique na imagem e divirta-se!