Arquivo da categoria: SANTOS FUTEBOL CLUBE

NEYMAR – O CAMINHO DO MITO

Um belíssimo documentário sobre o craque Neymar, resultado do trabalho de conclusão do curso de Jornalismo da PUC-SP, produzido pelos alunos Eduardo Laiola e Rafael Reis, com orientação de Marcos Cripa. Vale muito a pena assistir:

OBS: Este trabalho não possui qualquer fim lucrativo ou comercial.

Obrigado Neymar Jr!

Obrigado Neymar Jr e parabéns pela brilhante trajetória!

Por ora, é só! Deixe seu comentário e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

HOMENAGEM AO ETERNO CAPITÃO ZITO

Assim como fizemos anteriormente com os ex-jogadores e eternos ídolos Dalmo Gaspar e Gylmar dos Santos Neves, eu e meus amigos Alex Santos e Wesley Miranda, nesta oportunidade acompanhados pelo Prof. Guilherme Nascimento, com muita honra prestamos mais uma homenagem para um grande ídolo da história do Santos Futebol Clube, desta vez o homenageado foi o Sr. José Ely de Miranda, o nosso eterno capitão Zito, um dos jogadores mais emblemáticos do período áureo do Santos.

Prof. Guilherme Nascimento, Edmar Junior, Zito, Alex Santos e Wesley Miranda

Prof. Guilherme Nascimento, Edmar Junior, Zito, Alex Santos e Wesley Miranda

VÍDEO

Contém imagens da carreira de Zito e da homenagem que prestamos:

zito, SAIBA MAIS…

Zito - Blog DNA Santastico (3)

Zito nasceu no dia 8 de agosto de 1932 em meio ao auge da Revolução Constitucionalista de São Paulo, a hoje cidade de Roseira nem era município, pertencia ainda à cidade de Aparecida. Somente na metade da década de 60, a cidade foi emancipada. No entanto quando isto aconteceu, o seu filho e cidadão mais ilustre já atuava há um tempo com a tarja de capitão da equipe do Santos, sendo reconhecido como um dos melhores da posição no planeta, além de ser bicampeão mundial com o Santos e com a seleção brasileira.

Quando pequeno o menino José Ely era chamado por seu familiares de “Joselito”, porém, em meio aos amigos, para simplificar ainda mais a alcunha, passou a ser chamado de “Zito”, apelido pelo qual é mundialmente conhecido até os dias de hoje.

A carreira de jogador de futebol de Zito começou aos 16 anos exatamente no Vale do Paraíba. Com 19 anos ele desfilava toda a sua técnica pelos gramados da região, sendo considerado o melhor volante de todo o Vale do Paraíba. Era um volante cheio de técnica, moderno para sua época, distante dos volantes que só sabiam destruir jogadas. Zito era daqueles jogadores que sabiam atacar e defender da mesma forma, sempre com classe e maestria.

Neste período Zito disputava muitos jogos pela equipe do Taubaté, inclusive participava do Campeonato Paulista. Por indicação acabou sendo contratado pelo Santos Futebol Clube e desembarcou na Vila Belmiro às vésperas de completar 20 anos de idade, no dia 15 junho de 1952. A estréia do volante com a camisa do Peixe aconteceu em 30/06/1952 no amistoso realizado contra o time carioca do Madureira, vencido pelo time santista por 3×1. Durante um bom tempo Zito foi reserva do saudoso Formiga e nesta condição conquistou seu primeiro título com a camisa do Santos, o Campeonato Paulista de 1955.

Zito - Blog DNA Santastico (1)

No ano seguinte, Zito já havia conquistado a condição de titular na equipe do Santos, sendo notável e impressionante seu senso de organização no meio-campo. O jogador também se destacava na liderança, respeitado naturalmente por seu companheiros, dentro e fora do campo. Neste ano (1956) conquistou novamente o título do Campeonato Paulista, fato que se repetiu em muitos outros anos.

Mas, ainda na década de 50, surgiu na Vila Belmiro um menino chamado Pelé, que como todos nos sabemos se tornou o melhor jogador de futebol de mundo. No entanto,  Zito nunca se fez de rogado quando precisava dar uma bronca em Pelé, mesmo quando esta já era de fato o Rei do Futebol.

Para o volante não importava quem estava ao seu lado. Se não estivesse jogando bem, Zito utilizava sua liderança inata para chamar a atenção do companheiro. Era muito comum observá-lo dando gritos de incentivo aos seus companheiros a fim de que a equipe marcasse mais gols, mesmo com o placar já bem dilatado a favor do Santos, com a vitória garantida. Zito tinha a permissão do técnico Lula para ser o grande orientador da equipe dentro das quatro linhas. Ele era uma espécie de técnico dentro do campo. Por meio de seus passes perfeitos e posicionamento dentro de campo, o Santos conseguiu alcançar muitos resultados positivos.

Zito - Blog DNA Santastico (6)

Seu perfil fez com que todos os jogadores, sem exceção, respeitassem-no, mesmo os mais renomados como Jair da Rosa Pinto, por exemplo. Até mesmo o Rei Pelé se curvava perante sua liderança. Na Vila Belmiro, Zito ficou também conhecido como “Gerente“.

Zito atuou no Santos até 1967, despediu-se do Peixe deixando a camisa número 5 para um jovem, que assim como ele, também se tornaria uma lenda viva na história do Santos: Clodoaldo.

Após encerrar a carreira, Zito permaneceu ainda muito ligado ao Santos, clube que segundo ele é o seu grande amor, sua vida. O ídolo continuou vivendo na cidade e atuou no clube em vários cargos, como auxiliar técnico, diretor de futebol, gerente e vice-presidente. Foi um dos responsáveis pelo surgimento na base santista dos jogadores Diego, Robinho e Neymar.

As homenagens fazem parte de sua vida, o craque virou nome de centro esportivo em Pindamonhangaba, cidade vizinha à Roseira. No “Centro Esportivo José Ely de Miranda”, muitos garotos aprimoram-se no esporte, onde quem sabe um dia, um novo representante da região do Vale do Paraíba possa despontar no cenário esportivo mundial.

Zito atuou em 727 jogos com a camisa do Santos, marcou 57 gols e seus principais títulos conquistados foram:

  • Campeão Mundial (1962/1963);
  • Campeão Sul-Americano (1962/1963);
  • Campeão Brasileiro (1961/1962/1963/1964/1965);
  • Campeão Torneio Rio-São Paulo (1959/1963/1964/1966);
  • Campeão Paulista (1955/1956/1960/1961/1962/1964/1965/1967).

Zito - Blog DNA Santastico (4)

O craque santista foi o grande líder de uma geração de sonho, representando a disciplina e a organização de uma equipe que jogava por música, passando por cima de qualquer adversário em qualquer situação. Um jogador que impõe respeito até mesmo para o Rei, certamente, deve ser ovacionado por todos. O melhor time do mundo só poderia mesmo ter um capitão da categoria e retidão de Zito.

Zito no melhor time de todos os tempos!

Em suma, foi muito bacana homenagear o eterno ídolo e capitão Zito, tenho certeza que este é também o sentimento dos meus amigos Alex Santos, Wesley Miranda e Prof. Guilherme Nascimento.

Obrigado Zito!

Obrigado Zito!

Fontes:

  • Grandes Ídolos do Santos / André Martinez / Ícone Editora
  • Santos Futebol Clube

Por ora, é só! Deixe seu comentário e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

CENTRO DE MEMÓRIA E ESTATÍSTICA DO SANTOS FC

O Centro de Memória e Estatística do Santos Futebol Clube é responsável pela preservação e perpetuação da gloriosa história do alvinegro praiano.

No local, estão assegurados a conservação, restauração, organização e divulgação de coleções, documentos e publicações do clube desde sua fundação.

Primeiro Livro de Atas do Santos Futebol Clube

A iniciativa constitui uma maneira de valorizar e honrar a trajetória de conquistas e glórias do Santos.

Imagens que ilustram uma trajetória de conquistas e glórias decoram as paredes do Centro de Memória e Estatística

O pesquisador e historiador Guilherme Guarche é o responsável pelo Centro de Memória e Estatística no dia-a-dia, mas ele conta também com o apoio e colaboração de outros pesquisadores e historiadores apaixonados pelo Santos como Guilherme Nascimento e Wesley Miranda.

Edmar Junior e Guilherme Guarche

Edmar Junior com os pesquisadores e historiadores Guilherme Guarche, Guilherme Nascimento e Wesley Miranda.

Jornais, revistas e livros que trazem estampados os feitos do Santos Futebol Clube, são algumas das relíquias encontradas no espaço.

Quem também esteve visitando o Centro de Memória e Estatística recentemente foi o eterno ídolo Rei Pelé, confira no vídeo abaixo:

O Centro de Memória e Estatística funciona em área adjunta ao Memorial das Conquistas no Estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro).

Por ora, é só! Deixe seu comentário e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

PRESIDENTE LUIZ ALVARO NA REVISTA STUDIOBOX

O Presidente do Santos Futebol Clube, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro (LAOR), concedeu entrevista para a Revista StudioBox,  publicação que tem como foco contar a história das pessoas que fazem a cidade de Santos acontecer e formam opinião.

Clique nas imagens para ampliar e confira a entrevista:

Clique na imagem para ampliar!

Clique na imagem para ampliar!

Clique na imagem para ampliar!

Clique na imagem para ampliar!

Clique na imagem para ampliar!

saiba mais…


Por ora, é só! Deixe seu comentário e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

SANTOS FC – UMA HISTÓRIA CONTADA EM VERSOS | 4º CAPÍTULO |

O Blog DNA Santástico orgulhosamente apresenta o 4º capítulo de “SANTOS FC – UMA HISTÓRIA CONTADA EM VERSOS”, de autoria do torcedor santista Roberto Dias Alvares, cuja obra conta a história do glorioso alvinegro praiano na forma de versos em aproximadamente 700 estrofes no sistema de quadras, onde o primeiro verso rima com o terceiro e o segundo rima com o quarto.

Neste capítulo a obra abrangerá o período compreendido entre 1960 e 1961, apreciem:

SANTOS FC – UMA HISTÓRIA CONTADA EM VERSOS
| 4º capítulo |

1960
Na década de sessenta o Santos fazia
excursões pelo mundo inteiro.
Levando a vários países a alegria
e a magia do futebol brasileiro.

O Troféu Gialorosso, no País da Bota,
Santos, futebol de talento que se soma.
Acrescentando muitos gols em sua quota.
Venceu na final a equipe da Roma.

Este foi um ano muito feliz.
O Santos mantém a escrita,
ganha o Torneio de Paris,
também é campeão paulista.

Ao vencer o Sheffield da Inglaterra.
Falou-se da Elite de Ébano do futebol mundial.
Diziam que o Santos era o maior time da terra,
e que jogava um futebol sobrenatural.

Pela América e Europa fazia excursões.
Todos queriam ver o Santos de Pelé jogar.
Terra batida ou grandes estádios,
este time de campeões,
encantava e jogava sempre pra ganhar.

O Santos não escolhia plateia.
Príncipes, reis, presidentes e sultões.
Também o povo humilde, a torcida plebeia,
aplaudia este Santos, o maior dos campeões.

Na Itália, Juventus, Milan e Inter de Milão.
Real Madrid e Barcelona da Espanha.
PSG e Racing na França; Santos em ação.
Schalke 04 e Nuremberg na Alemanha.

A pelota tocada de pé em pé.
Artistas da bola dando seu show.
Quando ela chegava a Pelé.
Invariavelmente seguia para o gol.

Artistas desenhando obras de arte.
Com a bola seguindo obediente pelo gramado.
Uns diziam que seu futebol era de Marte.
Outros, que eram homens com um dom sagrado.

Nunca houve, nem haverá um time assim.
Que fazia do campo de futebol uma tela.
Transformavam a bola em pincel, para enfim
pintar no gramado uma linda aquarela.

1961
Com futebol envolvente e sutil,
Fazia a alegria de um povo.
Ganhou a Taça Brasil,
e o Campeonato Paulista de novo.

Também o Torneio de Paris,
conquistou o bicampeonato.
Deixando naquele país,
a certeza de ser o maior de fato.

Venceu o Pentagonal Mexicano.
Atlas, América do México e Guadalajara.
Final, América do Rio e alvinegro praiano.
O Santos desfila sua magia rara.

Fluminense e Santos no Maracanã
ganhou o belo futebol que se destaca.
As duas torcidas que dele eram fã,
de Pelé, que marcou o “gol de placa”.

Pelé arrancou de sua intermediária,
Na corrida, driblou seis adversários,
Marcou, adentrando a grande área,
mais um de seus gols extraordinários.

Este lance em bronze imortalizado,
merecido por todo seu brilho.
Pelé avança sem ser parado,
e toca na saída de Castilho.

Na final da Taça Brasil,
O Santos ganhou com galhardia.
Com um futebol nota mil,
venceu o Esporte Clube Bahia.

O Racing, campeão argentino,
Enfrentou o Santos, campeão do Brasil.
A torcida portenha ficou em desatino,
com o belo espetáculo que assistiu.

Por oito a três o Santos venceu.
Mostrando a todos sua supremacia.
A crônica esportiva muito escreveu,
enaltecendo o Santos pelo feito deste dia.

 Autor: Roberto Dias Alvares

O Blog DNA Santástico na figura de seu mantenedor, Edmar Junior, reitera agradecimento ao amigo Roberto Dias Alvares pela confiança, parabeniza pela iniciativa e pela belíssima obra que homenageia e exalta o glorioso Santos Futebol Clube.

Em breve o 5º capítulo de Santos FC – Uma história contada em versos será publicada aqui, não percam!

Leia também:
Santos FC – Uma história contada em versos – 1º capítulo

Santos FC – Uma história contada em versos – 2º capítulo

Santos FC – Uma história contada em versos – 3º capítulo

Por ora, é só! Deixe seu comentário e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

9 ANOS DE MEMORIAL DAS CONQUISTAS!

Como o tempo passa rápido, parece que foi ontem, precisamente no dia 18/11/2003 estive na Vila Belmiro para conhecer o maravilhoso Memorial das Conquistas do Santos Futebol Clube que havia sido inaugurado no dia anterior.

De lá para cá muita coisa aconteceu, anos se passaram, eu já até perdi a conta de quantas vezes estive novamente no Memorial das Conquistas que completa hoje (17/11) seu 9º ano de existência.

Alguns postais e ingressos, recordações das visitas que fiz ao Memorial.

Algumas das diversas vezes que estive no Memorial das Conquistas

Naquele já distante 18/11/2003, mas ainda vivo na memória, além de conhecer o Memorial das Conquistas tive oportunidade de assistir um inusitado jogo-treino do Santos x Seleção Brasileira Sub-23 (pré-olímpica), infelizmente o glorioso perdeu para o time da CBF por 3×1 e se não bastasse tal derrota, o resultado  foi construído inclusive com gol de Robinho contra nós, naquela ocasião ele vestia a camisa amarelinha. Curiosamente o nosso atual capitão Edu Dracena também jogava por esta seleção que estava em fase de preparação.

Não faz muito tempo que estive novamente no Memorial, a última vez foi para ver a recém conquistada taça da Recopa Sul-Americana 2012:

É isso aí, desejo que o Memorial das Conquistas cada vez mais receba novas taças e muitos visitantes!

Por ora, é só! Deixe seu comentário e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

MEMBRO DO COMITÊ DE GESTÃO DO SANTOS FALOU E REVELOU DETALHES SOBRE A VENDA DE PH GANSO

Na edição de sexta-feira (16/11)  do programa JP Online Entrevista, Wanderley Nogueira recebeu nos estúdios da Jovem Pan Online o Sr. Álvaro de Souza, membro do comitê de gestão do Santos Futebol Clube.

Na entrevista, Souza falou e revelou detalhes sobre a negociação que culminou na venda do jogador Paulo Henrique Ganso. Para os torcedores, principalmente aqueles que não acompanham de perto os bastidores do clube, a entrevista é muito interessante e esclarecedora, clique na imagem abaixo para acessar a página que contém o vídeo da entrevista:

Wanderley Nogueira recebeu na Jovem Pan Online o Sr. Álvaro de Souza

Por ora, é só! Deixe seu comentário e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

PRÊMIO PUSKÁS 2012, VOTEM NEYMAR!

No dia 07/03 desembarquei do Grand Mistral (Navio do Centenário) e fui direto para Vila Belmiro, onde passei  todo o período da tarde aguardando a noite chegar, era dia de Santos x Internacional em jogo da Libertadores da América.

O Santos venceu o jogo (3×1) com um verdadeiro show do craque Neymar, autor dos 3 gols, sendo que dois foram verdadeiros gols de placa!

E um destes gols esta na lista dos 10 gols mais bonitos de 2012 divulgada pela FIFA esta semana e concorrem ao Prêmio Puskás, honraria que o príncipe da Vila conquistou no ano passado e poderá conquistar novamente este ano.

Veja abaixo o gol com o qual Neymar concorrerá ao Prêmio Puskás de 2012:

Foi realmente um golaço, assisti o jogo ao lado dos meus amigos Elton e Rafael, saímos de lá com a certeza que vivenciamos juntos mais um momento  histórico do glorioso Santos Futebol Clube e com a certeza de que mais uma vez um gol do craque Neymar estaria entre os mais bonitos do ano concorrendo novamente ao Prêmio Puskás.

Edmar Junior, Elton e Rafael numa noite de muita alegria, vitória do Santos com golaços do craque Neymar.

A FIFA abriu a votação para o público definir os três finalistas do Prêmio Puskás até o dia 29 de novembro. Cada pessoa poderá votar apenas uma vez. Assim que os três atletas forem definidos nesta primeira etapa, uma nova votação será aberta para escolher o campeão. O vencedor do Prêmio Puskás será conhecido no dia 07 de janeiro no evento de gala da FIFA, que também premiará o Melhor Jogador do Mundo de 2012.

Vamos lá, cliquem na imagem abaixo e acessem o link para votar no gol do craque Neymar:

Por ora, é só! Deixe seu comentário e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

RODRIGO LINHARES ENTREVISTOU MARINHO PERES!

Rodrigo Linhares ingressou na Rádio Paiquerê AM no ano de 2009. Durante um ano e meio, apresentou o “Paiquerê Futebol Memória”, programa líder absoluto de audiência no seu horário e o mais ouvido do rádio esportivo londrinense aos domingos (Fonte: IBOPE), sempre com gols históricos e entrevistas com craques do passado. Em maio de 2011, passou a apresentar o Plantão Paiquerê (aos domingos, das 10 às 14hs), abordando, não só toda essa parte histórica, como também o futebol atual.

Clique na imagem abaixo para acessar o post onde é possível escutar a entrevista que o Rodrigo Linhares realizou à poucos dias com o ex-jogador e ex-treinador do Santos Futebol Clube, Marinho Peres.

Marinho Peres e Edmar Junior

Por ora, é só! Até o próximo post.

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

SANTOS FC – UMA HISTÓRIA CONTADA EM VERSOS | 3º CAPÍTULO |

O Blog DNA Santástico orgulhosamente apresenta o 3º capítulo de “SANTOS FC – UMA HISTÓRIA CONTADA EM VERSOS”, de autoria do torcedor santista Roberto Dias Alvares, cuja obra conta a história do glorioso alvinegro praiano na forma de versos em aproximadamente 700 estrofes no sistema de quadras, onde o primeiro verso rima com o terceiro e o segundo rima com o quarto.

Neste capítulo a obra abrangerá o período compreendido entre 1955 e 1959, apreciem:

SANTOS FC – UMA HISTÓRIA CONTADA EM VERSOS
| 3º capítulo |

1955
Venceu o campeonato paulista.
Manga, Del Vechio, Negri, Pagão.
Era o inicio do domínio Santista.
Que muitas vezes seria campeão.

O time que se tornou campeão:
Manga, Hélvio, Formiga, Feijó e Ramiro
Tite, Negri, Del Vechio, Urubatão.
Pepe fechava o time de Vila Belmiro.

1956
A decisão do Campeonato Paulista.
Santos e São Paulo, o clássico Sansão.
Quatro a dois foi à vitória santista.
Sagrando-se o grande bicampeão.

A conquista do bicampeonato.
Mais importante, chegada de Pelé.
Foi então que de fato.
Este time encantou e deu olé.

Conquistou o troféu Gazeta Esportiva.
Como Taça dos Invictos era conhecida.
Vinte cinco jogos a invencibilidade viva.
A taça então lhe foi oferecida.

1958
O Santos e a nossa Seleção
mostraram que futebol é alegria.
Com Pelé, Pepe e Zito, campeão.
Fez o País dançar e cair na folia.

Na Copa, o mundo descobriu Pelé.
Coroado, do futebol o grande rei.
O maior ele realmente é.
Ainda hoje continua sendo, eu sei.

O País de Gales ficou em choque.
De costas Pelé mata no peito,
sobre o zagueiro um leve toque,
chuta macio no canto direito.

Contra a França, Pelé marcou
três gols dos cinco do Brasil.
Espetáculo pra quem acompanhou.
Um futebol como nunca se viu.

Contra a Suécia, a consagração.
A conquista do Mundial.
O Brasil de Pelé campeão.
O futebol tinha um rei afinal.

Cruzamento alto
no peito amortecido.
O lençol no zagueiro violento.
O arqueiro salta aturdido.
O chute, Pelé marca o tento.

O jogo termina enfim,
Em momento de rara beleza.
Pelé marca de cabeça, e assim,
confirmou a vitória com certeza.

No Rio-São Paulo, o Flamengo do Rio,
pelo Santos, impiedosamente goleado.
Sete a um no final foi o que se viu.
E o time carioca saiu humilhado.

Pelé, o camisa dez do Santos.
Seu corpo negro representa a nobreza.
A branco da paz, nos quatro cantos.
Desfila um futebol de poesia e beleza.

Na disputa do Paulistão,
cinquenta e oito gols Pelé fez,
mais um titulo de campeão.
Para a Vila Belmiro levou outra vez.

Santos e Palmeiras, consagrados.
Conhecido como “O Clássico da Saudade”.
Pelé e Ademir da Guia, iluminados.
Em seus clubes esbanjaram genialidade.

Rio-São Paulo, um jogo inesquecível.
Primeiro tempo Santos cinco a dois.
Mas o Palmeiras numa reação incrível.
Virou o jogo pouco tempo depois.

Segundo tempo Palmeiras seis a cinco.
A torcida em êxtase estava emocionada.
Mas o Santos com raça e afinco,
Dois gols de Pepe, conseguiu a virada.

Nesta partida eletrizante.
Torcedores não resistiram á emoção.
Não aguentando esta peleja fascinante.
Quem não resistiu foi o coração.

Começou ainda neste ano
um tabu que se tornaria inesquecível.
Por onze anos o alvinegro praiano
diante do Corinthians foi invencível.

1959
Neste ano de cinquenta e nove,
no Santos, só tinha craque.
A beleza do futebol que comove.
Pelé, Pepe e Pagão,
três Pês que formavam o ataque.
E a sina de ser sempre campeão.

Rio-São Paulo, vencido pela vez primeira.
Superando os grandes do futebol nacional.
Conquistou o Troféu Tereza Herrera.
Levando a taça de forma magistral.

A final do Rio-São Paulo opôs
Santos e Vasco duas grandes agremiações.
Um belo espetáculo o Santos compôs.
Pelé e Coutinho, três a zero para os campeões.

Na grande final, Santos e Botafogo
Troféu Tereza Herrera na Espanha.
Uma constelação de craques neste jogo.
Quatro a um, o Santos é quem ganha.

Contra o Juventus Pelé marcou,
gol de beleza fenomenal.
Quem viu, para o mundo contou.
A obra prima deste lance genial.

Pelé deu chapéus em três zagueiros,
Isso dentro da grande área, ele fez.
Encobriu também o goleiro,
concluiu de cabeça por sua vez.

A torcida se pôs de pé,
Aplaudindo o que viram ali.
Este gol marcado por Pelé,
chamou-se “Gol da Javari”.

Como diria Armando Nogueira:
Pelé é uma força intangível da natureza.
Atravessa seus marcadores,
é arco, é flecha certeira.
Quem te deu tamanha habilidade e grandeza?

 Autor: Roberto Dias Alvares

O Blog DNA Santástico na figura de seu mantenedor, Edmar Junior, reitera agradecimento ao amigo Roberto Dias Alvares pela confiança, parabeniza pela iniciativa e pela belíssima obra que homenageia e exalta o glorioso Santos Futebol Clube.

Em breve o 4º capítulo de Santos FC – Uma história contada em versos será publicada aqui, não percam!

Leia também:
Santos FC – Uma história contada em versos – 1º capítulo

Santos FC – Uma história contada em versos – 2º capítulo

Por ora, é só! Deixe seu comentário e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

SANTOS PARA SEMPRE NA PELE

No final do mês de Setembro estive no Cine Roxy, situado no Gonzaga, em Santos. Fui prestigiar o Curta Santos – Festival de Cinema de Santos. O festival comemorou sua décima edição e teve como grande homenageado o Santos Futebol Clube em função de seu Centenário.

Lá no Cine Roxy, entre várias outras obras relacionadas ao glorioso alvinegro praiano, tive a oportunidade de assistir durante a Mostra Santos F.C. o documentário SANTOS PARA SEMPRE NA PELE produzido pela equipe da Santoni Filmes. Gostei muito do trabalho que eles realizaram, a obra relata com excelência a forma com a qual alguns torcedores externaram e eternizaram todo o amor que sentem pelo clube.

sinopse

Em 1912 nasceu o time brasileiro mais conhecido do mundo, o Santos Futebol Clube. Durante anos, o clube fez história no futebol brasileiro, e com isso milhares de pessoas passaram a torcer pelo time. Alguns torcedores são tímidos, outros extravagantes, até mesmo exagerados. Mas todos têm em comum o fanatismo pelo Alvinegro Praiano. O documentário mostra a forma que alguns torcedores escolheram para se tornar, digamos, mais santistas. Independentemente da classe social, idade ou sexo, os personagens expressaram o amor pelo time na pele, através de uma tatuagem. O filme relata como foi a escolha de cada desenho, o local do corpo onde a tatuagem foi feita e o porquê os torcedores resolveram eternizar o amor pelo clube para sempre na pele.

documentário

A equipe da Santoni Filmes liberou o documentário na Internet, espero que gostem:

SANTOS PARA SEMPRE NA PELE
Roteiro e Direção: Bruno Curti e Lorraine Lopes
Direção de Fotografia: Bruno Santoni e Carla Soares
Produção: Juliane Corval e Renata Fernandes
Edição: Bruno Curti, Bruno Santoni e Lorraine Lopes.
Realização: Santoni Filmes

Parabéns a Santoni Filmes pela obra e aos torcedores santistas que participaram pelo amor que demonstraram ter pelo Santos Futebol Clube!

Leia também: MENINOS DA FILA

Por ora, é só! Deixe seu comentário e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

SOCCEREX HOMENAGEIA TÉCNICO E PRESIDENTE DO SANTOS

Mais uma vez a Soccerex aterrissa no Brasil e abre as portas para um de seus eventos, desta vez em São Paulo.

Na casa do jornalista esportivo paulista, a Soccerex recebe convidados de honra para um debate exclusivo.

Na ACEESP, um dos treinadores mais vitoriosos da história do futebol brasileiro e técnico do atleta mais valioso e importante do Brasil, Muricy Ramalho, receberá uma homenagem internacional pelas suas conquistas e sucesso. A seu lado, o homem que manteve Neymar no Brasil e que comanda o Santos em seu Centenário. O presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro recebe o reconhecimento internacional da Soccerex e seus parceiros no mundo.

Muricy Ramalho e Luis Alvaro, homenageados da Soccerex

O anfitrião do evento, Sr. Duncan Revie, Presidente Mundial da Soccerex estará presente no encontro para as homenagens ao técnico Muricy Ramalho e o presidente Luiz Álvaro.

Após a cerimônia haverá uma entrevista coletiva.

Local: ACEESP (Avenida Paulista, nº807 – 9º andar – conj. 904)
Horário: 10h30min. Data: 12 de novembro de 2012

Por ora, é só! Deixe seu comentário e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

LANÇAMENTO: COLLECTOR´S BOX DO SANTOS

A Toriba Editora e o Santos Futebol Clube lançaram esta semana numa coletiva de imprensa, o Collector´s Box do Santos Futebol Clube.

Collector´s Box do Santos Futebol Clube

O evento contou com a presença do presidente do clube, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro (LAOR), o fotógrafo Bob Wolfenson e alguns dos ídolos da nação santista que fazem parte do projeto.

O Collector´s Box do Santos Futebol Clube é um box que reúne fotos autografadas de 10 ídolos de diferentes épocas do clube: Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé, Pepe, Carlos Alberto, Clodoaldo, Robinho, Léo e Neymar, cada foto também é assinada pelo renomado fotógrafo Bob Wolfenson.

O box tem padrão de qualidade e acabamento inéditos no Brasil, que resultaram em um projeto único, exclusivo e limitado a 100 unidades.

O projeto do Collector’s Box Santos Futebol Clube começou a ser exposto hoje (08/11) no mall e na Livraria da Vila do Shopping JK Iguatemi, marcando o início da SP-Arte/Foto/2012, que também acontecerá no mesmo local.

Exposição do projeto Collector’s Box Santos Futebol Clube

Collector´s Box do Santos Futebol Clube

Exposição do projeto Collector’s Box Santos Futebol Clube

Edmar Junior na exposição do projeto Collector’s Box Santos Futebol Clube

Fotos dos ídolos Dorval, Neymar e Clodoaldo integrantes do projeto Collector’s Box Santos FC expostas na Livraria da Vila do Shopping JK Iguatemi

O Santos Futebol Clube é o primeiro time de futebol a ganhar produto editorial de luxo nesse formato. O Collector’s Box do Santos Futebol Clube é uma edição especial para colecionadores, que marca as comemorações do centenário do clube.

FOTOS MAKING OF

EDIÇÕES

Abaixo algumas informações sobre as edições e valores:

EDIÇÃO CLÁSSICA
Limitada a 86 unidades

A edição Clássica do Collector’s Box Santos Centenário traz um magnífico conjunto de 10 imagens captadas exclusivamente para o projeto. São, no total, apenas 100 unidades de cada fotografia, cada uma delas individualmente assinadas por Pelé, Neymar, Pepe, Coutinho, Dorval, Mengálvio, Clodoaldo, Carlos Alberto Torres, Robinho e Léo, além do autor das imagens, Bob Wolfenson.

Ampliadas no formato 65 x 45 cm e impressas em papel nobre 100% algodão, cada imagem é impressa utilizando pigmentos minerais, o que garante a mais perfeita qualidade de gravação e durabilidade. As imagens são acondicionadas em um luxuoso estojo produzido artesanalmente.

Valor R$ 5.000,00 (cinco mil reais)

 EDIÇÃO TOP
Limitada a 9 unidades

É uma edição especial, que contém as 10 fotos da edição Clássica, limitadas a 100 unidades, mais duas imagens extras, de Pelé e Neymar, limitadas a 14 unidades. Todas autografadas pelos jogadores e pelo fotógrafo.

Valor R$ 15.000,00 (quinze mil reais)

EDIÇÃO TOP +
Limitada a 5 unidades.

É a mais exclusiva das edições. Além das 10 imagens limitadas a 100 unidades que fazem parte do conteúdo das edições Clássica e Top, traz as duas fotos extras da edição Top, limitadas a 14 unidades, mais duas fotos extras de Pelé e Neymar, limitadas a apenas 5 unidades.

Os números 1 – 10 – 100
Contém 14 fotos (4 especiais)
Valor R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais)

Os números 62 e 63 custam R$ 20.000,00 (vinte mil reais) e também acompanham as 14 fotos.

—–//—–

O Collector’s Box Santos Futebol Clube é sem dúvida alguma uma obra magnífica, digna da grandeza do Santos Futebol Clube construída ao longo dos seus 100 anos de história! 

Por ora, é só! Deixe seu comentário e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

SANTOS FC – UMA HISTÓRIA CONTADA EM VERSOS | 2º CAPÍTULO |

O Blog DNA Santástico orgulhosamente apresenta o 2º capítulo de “SANTOS FC – UMA HISTÓRIA CONTADA EM VERSOS”, de autoria do torcedor santista Roberto Dias Alvares, cuja obra conta a história do glorioso alvinegro praiano na forma de versos em aproximadamente 700 estrofes no sistema de quadras, onde o primeiro verso rima com o terceiro e o segundo rima com o quarto.

Neste capítulo a obra abrangerá o período compreendido entre 1927 e início da década de 50, apreciem:

SANTOS FC – UMA HISTÓRIA CONTADA EM VERSOS
| 2º capítulo |

1927
O Santos e o ataque dos cem gols.
Siriri, Ari, Omar, Feitiço e Camarão.
Deram espetáculos, verdadeiros shows
Só faltou ser campeão.

Nesta época o grande time era
o famoso clube chamado Paulistano.
Era uma equipe considerada fera,
mas derrotados pelo alvinegro praiano.

1930

A Seleção Francesa,
Após ser terceira no mundial.
Ganhar do Santos era certeza,
acabaram se dando mal.

O Santos aplicou uma goleada.
Os franceses não esperavam tal resultado.
Um belo futebol a partida foi disputada.
Os santistas desfilaram pelo gramado.

1935

A ainda pequena torcida santista.
Pode enfim gritar é campeão. 
O título de campeão paulista
encheu Santos de emoção.

A torcida apesar de pequenina 
avisou que se o Santos fosse roubado,
haviam trazido galões de gasolina,
e o Parque São Jorge seria incinerado.

Gols de Araken e Raul para o Santos,
dois a zero foi o placar final.
Levamos os corintianos aos prantos.
O titulo era nosso afinal.

1948
A agremiação santista,
combinação rara de raças,
comemorou mais uma conquista,
ganhando a Taça das Taças.

A partir da década de cinquenta,
Grande time começou a ser montado.
A alegria da torcida então aumenta.
O trio de ferro era sempre derrotado. 

1951
Quadrangular de Belo Horizonte, o primeiro;
Este título vencido fora de seu Estado.
Ganhou do Cruzeiro, América e Atlético Mineiro.
Alegria por este torneio conquistado.

Luiz Alonso Peres, o Lula.
Técnico de caráter e bom humor.
Comandava com alegria, mas sem firula.
Dirigindo o Santos, foi o maior vencedor.

 Autor: Roberto Dias Alvares

O Blog DNA Santástico na figura de seu mantenedor, Edmar Junior, reitera agradecimento ao amigo Roberto Dias Alvares pela confiança, parabeniza pela iniciativa e pela belíssima obra que homenageia e exalta o glorioso Santos Futebol Clube.

Em breve o 3º capítulo de Santos FC – Uma história contada em versos será publicada aqui, não percam!

Leia também:
Santos FC – Uma história contada em versos – 1º capítulo

Por ora, é só! Deixe seu comentário e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

ÍDOLO, SIMPLES ASSIM! PARABÉNS NEYMAR!

O Santos FC esteve em Minas Gerais para enfrentar o Cruzeiro, pela 34ª rodada do Brasileirão 2012, venceu a partida por 4 a 0, com direito a grande atuação dos Meninos da Vila e com três gols de Neymar, em uma noite de grande inspiração.

Até a torcida do Cruzeiro reverenciou o craque Neymar, foi de arrepiar:

Parabéns ao ídolo Neymar por mais uma brilhante atuação, e claro, parabéns a torcida do Cruzeiro pela atitude de reverenciar o Menino da Vila, patrimônio do futebol brasileiro!

Por ora, é só! Deixe seu comentário e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!