Bloco da Bola Alvinegra

“Aquele time do Santos parecia um bando de papagaios. Falava mais que  a preta do leite… Termo muito usado em Santos (dito popular). Tudo foi muito bom… Fora das quatros linhas então, nem se fala. À gente vivia cantando… Cantávamos no trem, no ônibus, no aeroporto, no avião e no vestiário também… Nos dias de treinos ou de jogos, não importava. O nosso negócio era jogar Futebol e cantar. Nas excursões, na maioria das vezes, eu levava o violão… Mas, instrumento de percussão, nunca faltou: Pandeiro, Tamborim, Tantã, Reco-reco e etc. Aí esta a razão de tantas glórias… Derrota? Isso era de vez enquanto chorávamos pouco, nosso time era muito unido dentro e fora do campo.

Assim como a união faz a força, assim como que canta seus males espanta, nós éramos unidos e vivíamos cantando… Tudo era alegria. Chorar? A gente chorava sim, mas só quando perdia o jogo. De resto era só felicidade, era só alegria. Isso me faz lembrar do Bloco da Bola Alvinegra do Santos Futebol Clube que foi fundado por Virgilio Pinto de Oliveira (Bilu), Victor Lovecchio, Cândido Freitas e demais companheiros. Saiam em visita aos Clubes Sociais da Cidade, cantando uma Marcha Rancho composta por eles…”

Obs: Texto extraído do livro FUTEBOL X MÚSICA – Minha História e seus Detalhes (Capítulo 37, págs. 171 e 174), cujo autor é o ex-jogador e eterno ídolo do Santos Futebol Clube: Augusto Vieira de Oliveira (Tite).

Tite nos tempos de Santos, seu livro e com Edmar Junior

Tite nos tempos de Santos, capa do seu livro e com Edmar Junior

Bloco “Bola Alvinegra” fazia a festa do Carnaval santista

Bloco da “Bola Alvinegra” foi fundado no dia 14/01/37, para preencher a lacuna deixada com o término do Bloco “Flor do Ambiente”. São ao todo 28 os fundadores do Bloco: Ararê, Arary, Acary, Bom-peixe, Bilu, Cândido de Freitas, Dadá, Dionísio, Figueira, Hugo, Horácio, Isaias, Ivã, Krausch, Moacir, Mário Pereira, Novo, Neves, Odil, Oswaldo, Omar, Osmar, Orlando, Pereira, Saci, Victor, Vadico e Velho. Os fundadores eram, em sua maioria, associados e jogadores do Santos.

O autor da bonita música do Bloco foi o violonista Mazinho. A turma de Foliões que ajudou na fundação era comandada por Virgílio Pinto de Oliveira – o Bilu (foto) – que, além de ter sido jogador, foi também o técnico que levou a equipe santista a conquistar o primeiro título do paulista de 1935. Bilu era muito exigente com os componentes do Bloco. Ele obrigava todos a decorarem as músicas que iriam ser cantadas nas apresentações do grupo.

Virgílio Pinto de Oliveira – o Bilu

Virgílio Pinto de Oliveira – o Bilu

Nessa época, prevalecia o uso dos instrumentos de corda. Com isso, o Bloco se apresentava como um grupo de seresta. Por ocasião de sua primeira apresentação no Carnaval de 1937, o Bloco saiu com 36 integrantes, todos fantasiados de palhaços brancos e com roupas exageradamente largas. Nas bodas de prata, na antiga, sede da Itororó no segundo andar, foi o “Bola” que se apresentou num recital com muitas evoluções e um excelente repertório musical. O ponto alto das festividades foi o aplaudidíssimo recital do bloco carnavalesco.

Bloco da Bola Alvinegra

Bloco da Bola Alvinegra

Após as apresentações no desfile, o “Bola” que era composto por integrantes da elite santista, dirigia-se aos mais refinados clubes de Santos, tais como: Clube XV, Tênis Clube e outros sociais requintados da cidade. Além disso, frequentavam também os salões do Parque Balneário Hotel, no coração do Gonzaga.

A melhor época do grupo foi logo após a fundação, quando a sede do Peixe era na Rua do Itororó, nº 27. O “Bloco da Bola Alvinegra” não participava de disputas carnavalescas, normalmente abria o desfile no reinado de Momo, fosse nas ruas do Centro ou na Avenida da Praia.

Dois integrantes que ajudaram muito a continuar a tradição do Bloco, foram o Walmir Rocha e o Vitor Lovecchio, os quais garantiram a continuidade do “Bola” até a década de 60. Não era difícil também vê-los se apresentar após o desfile da praia, na residência do presidente Athié Jorge Coury, no Canal 3, e depois seguir até a casa de Modesto Roma, na Rua Alexandre Martins, com alguns jogadores da equipe principal do time santista.

Depois de uma parada de treze anos, coube ao torcedor portuário e atleta laureado santista, Juarez Guimarães a tarefa de continuar com as apresentações do “Bola”. As cores preta e branca e o hino do Santos estavam entre as tradições do Bloco. O “Bola Alvinegra” apresentou-se no carnaval santista de rua até meados da década de 80.

Bloco Carnavalesco Bola Alvinegra, fundado em 1937 por associados do Santos Futebol Clube. Nos anos em que participou dos desfiles oficiais do carnaval santista, nunca tentou concorrer aos prêmios oferecidos pela Prefeitura. Seus integrantes só queriam mostrar sua irreverência e alegrar o povo que prestigiava os desfiles. Sua principal característica é a figura do pierrôFoto: reprodução/acervo particular, publicada no Diário Oficial de Santos em 29/1/2005

Bloco Carnavalesco Bola Alvinegra, fundado em 1937 por associados do Santos Futebol Clube. Nos anos em que participou dos desfiles oficiais do carnaval santista, nunca tentou concorrer aos prêmios oferecidos pela Prefeitura. Seus integrantes só queriam mostrar sua irreverência e alegrar o povo que prestigiava os desfiles. Foto: reprodução/acervo particular, publicada no Diário Oficial de Santos em 29/1/2005

Letra da música do “Bola Alvinegra”:

O “Bola” nasceu no Santos
Numa noite de alegria
A turma é do barulho
Do amor e da arrelia

Ao “Bloco Flor do Ambiente”
Rendemos nossas homenagens
E ao bom povo santista
O “Bola” saúda e pede passagem

Nosso lema é cantar, jogar, brincar, sorrir
Tristeza não pagam dívidas
Queremos nos divertir

Rei Momo é da orgia
Seu reinado é colossal
E o “Bola” é seu vassalo
No reino do Carnaval

Obs: Texto do amigo Guilherme Gomez Guarche (Pesquisar e Historiador do Santos Futebol Clube) originalmente publicado em 08/02/2013 no site do Santos.

Guilherme Guarche e Edmar Junior

Guilherme Guarche e Edmar Junior

Banner Curso Trader Esportivo

Quer aprender a ganhar uma grana enquanto assiste aos jogos do PEIXE? Clique na imagem e saiba mais…


Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Ex-Diretor Social da Associação Movimento Resgate Santista
– Membro da ASSOPHIS (Assoc. dos Pesq. e Historiadores do SFC)
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.

  | 

Banner Trader Esportivo - 600 x 120 - Blog DNA Santástico

Anúncios

Bloco Flor do Ambiente

Antes de existir o “Flor do Ambiente”, já existiam na vida do Santos, os grupos carnavalescos de nomes “Celeste Aída” e “Grêmio Alvinegro” e o grupo de patuscos de nome “Viúvas do Soldado Desconhecido”. Todos eram compostos por sócios, simpatizantes e jogadores santistas. O “Bloco” foi fundado em 1928. São seus fundadores: Aloisio Boamorte, Álvaro Morgado, Antônio Bento de Amorim Filho, Alfredo Bompeixe, Luiz Vieira de Carvalho, Urbano Caldeira, Mário Sardinha, Feliciano Firmo Ferreira (Javali), Anacleto da Conceição, Artur Martins (Tutu), Antoninho Freitas Guimarães e Hermann Palmeira Martins.

Urbano Caldeira, um dos fundadores do Bloco Flor do Ambiente.

Urbano Caldeira, foi um dos fundadores do Bloco Flor do Ambiente.

No carnaval de 1928 o “Bloco” exibiu-se com muita desenvoltura e organização nas ruas do centro velho de Santos e foi aplaudidíssimo não só pelas autoridades presentes ao desfile, como também pelos diretores e associados do Santos Futebol Clube.

O “Bloco” deixou de existir com a morte de Urbano Caldeira no ano de 1933.

Relação dos participantes do “Bloco” naquele desfile:
Juca do Violão, Araken Patusca, Nabor, Siriri, Álvaro Morgado, Renato Pimenta, Urbano Caldeira, Luiz Vieira de Carvalho, “Fiffi Boxeur”, Maninho, Aloísio Boamorte, Artur Martins Sardinha, Manoel, Antônio Sá (Pipoca), Jarbas, Anacleto, Chico Tico-Tico, Oscar Figueiredo e Paulo Fernandes.

Bloco Flor do Ambiente, com seus violões, no carnaval santista de 1931Foto: Encarte D.O. Urgente, Santos/SP, fevereiro de 1990

Bloco Flor do Ambiente, com seus violões, no carnaval santista de 1931
Foto: Encarte D.O. Urgente, Santos/SP, fevereiro de 1990

Obs: Texto do amigo Guilherme Gomez Guarche (Pesquisar e Historiador do Santos Futebol Clube) originalmente publicado em 05/12/2006 no site Porto Gente.

Edmar Junior e Guilherme Guarche

Edmar Junior e Guilherme Guarche

Banner Curso Trader Esportivo

Quer aprender a ganhar uma grana enquanto assiste aos jogos do PEIXE? Clique na imagem e saiba mais…


Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Ex-Diretor Social da Associação Movimento Resgate Santista
– Membro da ASSOPHIS (Assoc. dos Pesq. e Historiadores do SFC)
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.

  | 

Banner Trader Esportivo - 600 x 120 - Blog DNA Santástico

Biblioteca Santástica

Post atualizado em: Jan/2018.

Eis na listagem abaixo os livros que integram o acervo da minha Biblioteca Santástica, atualmente são 77 livros sobre o Santos Futebol Clube, ídolos da história santista e publicações correlatas! Se você tem alguma dica ou indicação sobre livros a respeito do Santos Futebol Clube ou sobre jogadores que honraram o manto sagrado da Vila, por gentileza, entre em contato. Desde já agradeço!

Listagem completa do acervo:

1961 - Eu sou Pelé - Blog DNA Santástico

Livro 01 | Eu sou Pelé | Autor: Edson Arantes do Nascimento | Apresentação de Benedito Ruy Barbosa | Capa e ilustrações de Cyro Del Nero | Estudo especial de Thomaz Mazzoni | Composto e Impresso em Setembro de 1961 nas Oficinas Gráficas de Linográfica Editora Ltda.

1963 - Viagem em torno de Pelé - Blog DNA Santástico

Livro 02 | Viagem em torno de Pelé | Autor: Mário Filho | Capa: Renato Vianna | Editora: Editora do Autor | Ano: 1963 | Exemplar Nº 3733

1965 - Album de Ouro - Blog DNA Santástico

Livro 03 | Album de Ouro – Número 2 – Edição Especial | Redator Principal: De Vaney | Oficina Impressora: Santos Jornal Limitada | Ano: 1965

1973 - Eu e o Futebol - Almir Albuquerque - Blog DNA Santástico

Livro 04 | Eu e o Futebol | Autor:  Almir Albuquerque (O Pernambuquinho) | Editora: Biblioteca Esportiva Placar | Ano: 1973

1974 - Jogando com Pelé - Blog DNA Santástico

Livro 05 | Jogando com Pelé | Autor: Edson Arantes do Nascimento | Editora: José Olympio | Ano: 1974

1975 - A verdade sobre Pelé - Blog DNA Santástico

Livro 06 | A verdade sobre Pelé – As fantasias, os exageros, o mito e a história de um desertor | Adriano Neiva (De Vaney) | Editora: Lithographica | Ano: 1975

1976 - Os Reis do Futebol - Blog DNA Santástico

Livro 07 | Os Reis do Futebol | Autor: Araken Patusca (Le Danger) | Colaboração: Marinho U. de Macedo | Editora: Ind. Gráfica Bentivegna Editora | Ano: 1976

1984 - Era Pelé - Blog DNA Santástico

Livro 08 | Era Pelé – Documento Histórico Fotográfico – O Atleta do Século | Autor: Domício Pinheiro | Editora: Sequência Editorial | Ano: 1984

1993 - Pelé o Supercampeão - Blog DNA Santástico

Livro 09 | Pelé O Supercampeão | Autor: Orlando Duarte | Editora: Makron Books | Ano: 1993

1997 - De Edson a Pelé - A infância do Rei em Bauru - Blog DNA Santástico

Livro 10 | De Edson a Pelé – A infância do Rei em Bauru | Autor: Luiz Carlos Cordeiro | Editora: DBA | Ano: 1997

Lembranças de Escola e de Bola - Blog DNA Santástico

Livro 11 | Lembranças de Escola e de Bola | Autor: Marcelo Cascione | Editora: Ysayama | Ano: 1997

Pelé - O Atleta do Século - Blog DNA Santástico

Livro 12 | Pelé – O Atleta do Século | Placar | Editora: Abril | Ano: 2000

Dicionário Santista - Blog DNA Santástico

Livro 13 | Dicionário Santista – Santos de A a Z, mas sem X. | Autor: José Roberto Torero | Editora: DBA | Ano: 2001

A Máquina do Tempo - O Inexorável da Vida - Blog DNA Santástico

Livro 14 | A Máquina do Tempo – O Inexorável da Vida | Autor: Milton Teixeira | Editora: Unisanta | Ano: 2002

Futebol x Musica - Minha História e seus Detalhes - Blog DNA Santástico

Livro 15 | Futebol x Música – Minha História e seus Detalhes | Augusto Vieira de Oliveira (Tite) | Editora: Grafisa | Ano: 2002

Manual do Futebol - Dicas do Pelé - Blog DNA Santástico

Livro 16 | Manual do Futebol – Dicas do Pelé | Manual Disney | Editora: Melhoramentos | Ano: 2002

Pelé - A Arte do Rei - Blog DNA Santástico

Livro 17 | Pelé – A Arte do Rei | MASP | 2002

O Alvinegro mais Famoso do Mundo - Blog DNA Santástico

Livro 18 | O Alvinegro mais Famoso do Mundo | Autor: Guilherme Gomez Guarche | Ano: 2003

O Melhor do Século nas Américas - Blog DNA Santástico

Livro 19 | O Melhor do Século nas Américas | Autor: Guilherme Gomez Guarche | Ano: 2003

Time dos Sonhos - Blog DNA Santástico

Livro 20 | Time dos Sonhos – História Completa do Santos F.C. | Autor: Odir Cunha | Editora: Códex | Ano: 2003

Homenagem ao Santos Futebol Clube - Blog DNA Santástico

Livro 21 | Homenagem ao Santos Futebol Clube | Autora: Telma de Souza – Deputada Federal | Câmara dos Deputados | Ano: 2004

Pelé - Os Dez Corações do Rei - Blog DNA Santástico

Livro 22 | Pelé – Os Dez Corações do Rei | Autor: José Castello | Editora: Avenida Paulista / Ediouro | Ano: 2004

Profissão Campeão - Como o Santos F. C. ganhou o Campeonato Brasileiro de 2004 - Blog DNA Santástico

Livro 23 | Profissão Campeão – Como o Santos F. C. ganhou o Campeonato Brasileiro de 2004 | Autores: Vanderlei Luxemburgo e Ingo Ostrovsky | Editora: Gryphus | Ano: 2005

Santos - Dicionário Santista - Blog DNA Santástico

Livro 24 | Santos – Dicionário Santista | Autor: José Roberto Torero | Editora: Ediouro | Ano: 2005

SR Detalhes - Mais de Quatro Décadas - Antes Pelé, Hoje Robinho. - De Athiê Jorge Coury a Marcelo Teixeira - Blog DNA Santástico

Livro 25 | SR Detalhes – Mais de Quatro Décadas – Antes Pelé, Hoje Robinho. – De Athiê Jorge Coury a Marcelo Teixeira | Autor: Sylvio Ruiz (O Verdadeiro) | Editora: Everest | Ano: 2005

Tributo a Gylmar - Depoimentos sobre Gylmar dos Santos Neves, o maior goleiro brasileiro de todos os tempos. - Blog DNA Santástico

Livro 26 | Tributo a Gylmar – Depoimentos sobre Gylmar dos Santos Neves, o maior goleiro brasileiro de todos os tempos. | Autor: Marcelo Mello | Editora: Idéia e Ação | Ano: 2005

As Mãos do Pelé e outros Contos de Futebol | Autor: João Nunes | Editora: Pontes | Ano: 2006

Livro 27 | As Mãos do Pelé e outros Contos de Futebol | Autor: João Nunes | Editora: Pontes | Ano: 2006

Pelé - A Autobiografia - Blog DNA Santástico

Livro 28 | Pelé – A Autobiografia | Autor: Edson Arantes do Nascimento | Editora: Sextante | Ano: 2006

Pelé - O Rei da Bola - Blog DNA Santástico

Livro 29 | Pelé – O Rei da Bola | Autor: Maciel de Aguiar | Editora: Memorial | Ano: 2006

Uma História de Futebol - Blog DNA Santástico

Livro 30 | Uma História de Futebol | Autor: José Roberto Torero | Apresentação: Ana Maria Machado | Editora: Objetiva | Ano: 2006

Bombas de Alegria - Meio Século de Histórias do Canhão da Vila - Blog DNA Santástico

Livro 31 | Bombas de Alegria – Meio Século de Histórias do Canhão da Vila | Autor: José Macia (Pepe) | Editora: Realejo Livros | Ano: 2007

Donos da Terra - A História do Primeiro Título Mundial do Santos - Blog DNA Santástico

Livro 32 | Donos da Terra – A História do Primeiro Título Mundial do Santos | Autor: Odir Cunha | Editora: Realejo Livros & Edições | Ano: 2007

O dia em que me tornei Santista - Blog DNA Santástico

Livro 33 | O dia em que me tornei… Santista | Autor: Vladir Lemos | Editora: Panda Books | Ano: 2007

Pedrinho escolheu um time - Blog DNA Santástico

Livro 34 | Pedrinho escolheu um time | Autor: Odir Cunha | Editora: Duna Dueto | Ano: 2007

Santos um time dos céus - Blog DNA Santástico

Livro 35 | Santos um time dos céus | Autores: José Roberto Torero e Marcus Aurelius Pimenta | Editora: Realejo Livros & Edições | Ano: 2007

Na Raça! Como o Santos se tornou o primeiro bicampeão mundial! - Blog DNA Santástico

Livro 36 | Na Raça! Como o Santos se tornou o primeiro bicampeão mundial! | Autor: Odir Cunha | Editora: Realejo Livros | Ano: 2008

Pelé estrela negra em campos verdes - Blog DNA Santástico

Livro 37 | Pelé estrela negra em campos verdes | Autora: Angélica Basthi | Editora: Garamond | Ano: 2008

Preto no Branco - Blog DNA Santástico

Livro 38 | Preto no Branco | Autor: Sylvio Ruiz (O Verdadeiro) | Editora: Everest | Ano: 2008

Futebolando Show de Bola - Blog DNA Santástico

Livro 39 | Futebolando Show de Bola | Sylvio Ruiz (O Verdadeiro) | Editora: Everest | Ano: 2009

O Grande Jogo - Blog DNA Santástico

Livro 40 | O Grande Jogo | Autores: Celso Unzelte e Odir Cunha | Editora: Novo Século | Ano: 2009

O Santos Vive no meu Coração! - Blog DNA Santástico

Livro 41 | O Santos Vive no meu Coração! Autor: Eduardo de Ávila | Editora: Leitura | Ano: 2009

O Time do meu Coração - Blog DNA Santástico

Livro 42 | O Time do meu Coração | Autor: Odir Cunha | Editora: Leitura | Ano: 2009

Pelé - Minha Vida em Imagens - Blog DNA Santástico

Livro 43 | Pelé – Minha Vida em Imagens | Autor: Edson Arantes do Nascimento | Editora: Cosac Naify | Ano: 2009

Pelé 70 - Blog DNA Santástico

Livro 44 | Pelé 70 | Idealizadores: José Luiz Tahan e Pedro Saad | Realejo / Editora Brasileira | Ano: 2009

Ser Santista - Blog DNA Santástico

Livro 45 | Ser Santista – Um orgulho que nem todos podem ter! | Autor: Odir Cunha | Editora: Leitura | Ano: 2009

A Década de Ouro - Blog DNA Santástico

Livro 46 | A Década de Ouro | Autor: Guilherme Gomez Guarche | Ano: 2010

Fiquei Fã do Santos - Blog DNA Santástico

Livro: 47 | Fiquei Fã do Santos | Autora: Renata Prazeres | Editora: LivroPronto | Ano: 2010

Pelé - Por Amor ao Futebol - Blog DNA Santástico

Livro 48 | Pelé – Por Amor ao Futebol! | Ilustrações: Frank Morrison | Editora: Companhia das Letrinhas | Ano: 2010

Dossiê - Unificação dos Títulos Brasileiros a partir de 1959 - Blog DNA Santástico

Livro 49 | Dossiê – Unificação dos Títulos Brasileiros a partir de 1959 | Autores: José Carlos Peres e Odir Cunha | Editora: Stillgraf | Ano: 2011

É TRI - O Santos reconquista a América após 48 anos - Blog DNA Santástico

Livro 50 | É TRI – O Santos reconquista a América após 48 anos | Autor: Vitor Loureiro Sion | Editora: Sumatra | Ano: 2011

Grandes Ídolos do Santos - Blog DNA Santástico

Livro 51 | Grandes Ídolos do Santos | Autor: André Martinez | Editora: Ícone | Ano: 2011

Lembranças em Branco e Preto - Blog DNA Santástico

Livro 52: Lembranças em Branco e Preto | Autor: Leonardo Samamede | Editora Bookess | Ano: 2011

O Artilheiro Indomável - Blog DNA Santástico

Livro 53 | O Artilheiro Indomável – As Incríveis Histórias de Serginho Chulapa | Autor: Wladimir Miranda | Editora: Publisher Brasil | Ano: 2011

Primeiro Tempo - O inicio da trajetória de Pelé com imagens e depoimentos inéditos - Blog DNA Santástico

Livro 54 | Primeiro Tempo – O inicio da trajetória de Pelé com imagens e depoimentos inéditos | Texto original de Benedito Ruy Barbosa | Editora: Magma | Ano: 2011

Santos Foot-Ball Club - O Nascimento de um Gigante - A História da Fundação - Blog DNA Santástico

Livro 55 | Santos Foot-Ball Club – O Nascimento de um Gigante – A História da Fundação | Gabriel Davi Pierin | Editora: Realejo Livros e Edições | Ano: 2011

10 Décadas - A História do Santos Futebol Clube - Blog DNA Santástico

Livro 56 | 10 Décadas – A História do Santos Futebol Clube | Autor: Celso Jatene | Editora: Companhia Editora Nacional | Ano: 2012

3XTRI - De Pelé a Neymar, a supremacia do Alvinegro Praiano no Campeonato Paulista - Blog DNA Santástico

Livro 57 | 3XTRI – De Pelé a Neymar, a supremacia do Alvinegro Praiano no Campeonato Paulista | Autor: Vitor Loureiro Sion | Editora: Magma | Ano: 2012

Coutinho - O Gênio da Área - Blog DNA Santástico

Livro 58 | Coutinho – O Gênio da Área | Autor: Carlos Fernando Schinner | Editora: Realejo Livros / Colégio Universitas | Ano: 2012

Histórias dos Times - Santos - Blog DNA Santástico

Livro 59 | Histórias dos Times – Santos | Editora: Singular Digital | Ano: 2012

Livro Agenda Permanente - Santos - Blog DNA Santástico

Livro 60 | Livro Agenda Permanente – Santos | Autor: Odir Cunha | Editora: Anotações com Arte | Ano: 2012

O Muro - 100 Anos de Futebol Arte - Blog DNA Santástico

Livro 61 | O Muro – 100 Anos de Futebol Arte | Autor: Paulo Consentino | Editora: Montemor | Ano: 2012

Os Dez mais do Santos - Blog DNA Santástico

Livro 62 | Os Dez mais do Santos | Autor: Thiago Arantes | Editora: Maquinária | Ano: 2012

Santos - Um documento comemorativo com narrações e vinhetas históricas - Blog DNA Santástico

Livro 63 | Santos – Um documento comemorativo com narrações e vinhetas históricas | Autores: Rádio Bandeirantes e Milton Neves | Editora: Panda Books | Ano: 2012

Santos 100 Anos, 100 Jogos, 100 Ídolos - Blog DNA Santástico

Livro 64 | Santos 100 Anos, 100 Jogos, 100 Ídolos | Autores: Odir Cunha e Celso Unzelte | Editora: Gutenberg | Ano: 2012

Santos desde menino - Blog DNA Santástico

Livro 65 | Santos desde menino | Autor: Luís Pimentel | Ilustrações: Amorim | Editora: Mauad X | Ano: 2012

Santos FC - 100 Anos de Futebol Arte - Blog DNA Santástico

Livro 66 | Santos FC – 100 Anos de Futebol Arte | Autor: Odir Cunha | Editora: Magma | Ano: 2012

Santos Futebol Clube - Almanaque Tricampeão da Libertadores - Blog DNA Santástico

Livro 67 | Santos Futebol Clube – Almanaque Tricampeão da Libertadores | Editora: G8 Sports | Ano: 2012

Almanaque do Santos FC - Primeira Edição 1912 - 2012 - Blog DNA Santástico

Livro 68 | Almanaque do Santos FC – Primeira Edição 1912 – 2012 | Autor: Guilherme Nascimento | Editora: Magma | Ano: 2013

As Jóias do Rei Pelé - Blog DNA Santástico

Livro 69 | As Jóias do Rei Pelé | Autor: Celso de Campos Jr | Editora: Realejo Livros | Ano: 2013

Santos Futebol Clube x O Mundo - Blog DNA Santástico

Livro 70 | Santos Futebol Clube x O Mundo | Autor: José Roberto Brandi dos Santos | Editora: Assecom | Ano: 2013

Um Jogo Inesquecível - Blog DNA Santástico

Livro 71 | Um Jogo Inesquecível – Avaí 1 x 2 Santos – 15 de agosto de 1972 | Autor: Polidoro Júnior | Editora: Mix Mídia | Ano: 2013

2002 - De meninos a heróis - Blog DNA Santástico

Livro 72 | 2002 – De meninos a heróis – Uma história do Santos Futebol Clube | Autor: Paulo Rogério | Editora: Realejo Livros | Ano: 2014

Museu Pelé - Restauração e Legado - Blog DNA Santástico

Livro 73 | Museu Pelé – Restauração e Legado | Autores: Gino Caldatto Barbosa, Marjorie de Carvalho Fontenelle de Medeiros e Ney Caldatto Barbosa | Editora: Magma | Ano: 2014

Pelé - A importância do futebol - Blog DNA Santástico

Livro 74 | Pelé – A importância do futebol | Autores: Pelé e Brian Winter | Editora: Realejo Livros | Ano: 2014

Segundo Tempo - De Ídolo a Mito - Blog DNA Santástico

Livro 75 | Segundo Tempo – De Ídolo a Mito | Autor: Odir Cunha | Editora: Magma | Ano: 2014

Pepe - O Canhão da Vila - Blog DNA Santástico

Livro 76 | José Macia – Pepe – O Canhão da Vila | Autora: Gisa Macia | Editora: Realejo Livros | Ano: 2016

Histórias da Vila Belmiro - 100 Anos de Magia do Estádio Santista - Blog DNA Santástico

Livro 77 | Histórias da Vila Belmiro – 100 Anos de Magia do Estádio Santista | Autores: Almir Rizzatto e Ted Sartori | Editora: Realejo Livros & Edições | Ano: 2016

Home Office onde guardo os livros:

Home Office Santista - Blog DNA Santástico

Home Office Santista - Blog DNA Santástico


Banner Curso Trader Esportivo

Quer aprender a ganhar uma grana enquanto assiste aos jogos do PEIXE? Clique na imagem e saiba mais…


Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Ex-Diretor Social da Associação Movimento Resgate Santista
– Membro da ASSOPHIS (Assoc. dos Pesq. e Historiadores do SFC)
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.

 

Banner Trader Esportivo - 600 x 120 - Blog DNA Santástico

Santos 472 Anos

Berço do Santos Futebol Clube, eterna e querida casa, a cidade de Santos está completando 472 anos!

Santos 472 anos - Blog DNA Santastico

Nasceu de um pequeno povoado, denominado Enguaguaçu, quando Martin Afonso de Souza, em sua missão colonizadora, distribuiu terras entre seus homens, na região da enseada do Enguaguaçu, no outro lado da ilha de São Vicente, atual centro da cidade Santos.

Povoado do Enguaguaçu em 1533.

Em 1541 o povoado passou a receber a denominação de Porto de São Vicente, em razão da transferência do antigo porto da Ponta da Praia para este local. A mudança logo se mostrou propícia ao desenvolvimento, tanto que logo o antigo povoado foi elevado à categoria de vila por Brás Cubas, a Vila do Porto de Santos, depois chamada simplesmente de Vila de Santos.

Reprodução da Fundação da Vila de Santos

Com o advento da economia cafeeira da província de São Paulo e a necessidade de aparelhar o porto, a Vila de Santos teve o impulso que viabilizou seu crescimento em termos econômicos, populacionais e espaciais. Em 1839, a Vila de Santos foi elevada à categoria de cidade.

Portanto, somente à partir da segunda metade do século XIX, com a economia do café que a cidade começou a mudar sua fisionomia acanhada. Primeiramente com a inauguração da ferrovia, ligando o interior produtor ao litoral exportador.

Em 1870, foi fundada a Associação Comercial de Santos congregando o alto comércio cafeeiro.

Associação Comercial de Santos

Antes do surgimento dos contêineres, as sacas de café, pesando 60 kg cada uma, eram levadas nas costas dos estivadores para o interior dos navios. Os trabalhadores, geralmente imigrantes europeus, orgulhavam-se da sua capacidade de transportar até 320 kg de uma só vez

Em 1890, após inúmeras tratativas, ocorreu a construção do cais do porto para dar conta do aumento da produção cafeeira e suportar navios mais modernos, rápidos e maiores, os transatlânticos.

O vapor alemão Silvia, carregado com 130.136 sacos de café,maior carregamento saído do Brasil. Agentes Theodor Wille & Cia. Foto publicada na edição especial da Revista da Semana /Jornal do Brasil de Janeiro de 1902 (acervo do historiador Waldir Rueda).

Assim, a construção e a expansão do porto foram deslocando a população em direção à barra, impulsionando bairros populosos como a Vila Mathias e a Vila Macuco.

Apesar deste crescente desenvolvimento, a cidade vinha sendo ameaçada e fustigada pelas epidemias, principalmente a febre amarela e o tifo que dizimavam a população. Além de fatores externos, essas epidemias se avolumavam por causa da infraestrutura urbana, deficiente até o início do século XX. Obras de saneamento foram necessárias para superação dos males.

Para sanear a cidade, o engenheiro Saturnino de Brito inventou um plano urbanístico que, entre outras realizações, cortou a cidade em canais, juntando novos espaços de sociabilidade. Os fantasmas da epidemias foram desaparecendo ao se unir com outras obras sanitárias e com o trabalho de Guilherme Álvaro, na Comissão Sanitária.

Inauguração do Canal 1, obra do Eng. Saturnino de Brito, em 27 de agosto de 1907 | Foto: Jornal A Tribuna de Santos, 23/3/1997.

Ao chegar o final da primeira década do século XX, muitos equipamentos modernos estavam saneando e embelezando a cidade, atraindo mais população, desejosa de enriquecimento e de maior conforto: a rede de esgotos; a iluminação elétrica; os bondes puxados à tração elétrica, além da criação de uma rede de escolas, incluindo colégios religiosos e grupos escolares estaduais.

Bondes na Praça da Independência, hoje local onde a nação santista comemora conquistas de títulos!

A expansão urbana caminhava em direção das praias ainda pouco povoadas e nos espaços intermediários das avenidas Ana Costa e Conselheiro Nébias polvilhava-se a ação de construtores, entre eles os da Cia. Construtora Santos.

Na ocasião da fundação do Santos Futebol Clube em 1912, consolidava-se na cidade sua fase de transformação. A vida social crescia de forma rápida, movida pelo dinheiro dos cafeicultores, dos negócios ligados ao porto e influências dos imigrantes, na época os estrangeiros compunham quase 45% da população. Surgiam assim, para essa nova sociedade, novos divertimentos, atrações e esportes.

Bom, tentei contar um pouquinho da bela história da cidade de Santos, espero que tenham gostado. Agora que tal conhecer Santos, terra sagrada, de uma forma que talvez você ainda não tenha visto? Confira no vídeo abaixo:

O Blog DNA Santástico na figura de seu mantenedor Edmar Junior felicita a cidade de Santos e sua população pelos 472 anos desta terra linda e sagrada!

E para encerrar o post em grande estilo, confira a já tradicional música Santos Obra-Prima da Mãe Natureza em homenagem a cidade de Santos, composta por Ricardo Peres e Bio Peres, desta vez regravada pela Orquestra Sinfônica de Santos:

Fontes e Referências Bibliográficas:

– Pierin, Gabriel Davi. Santos Foot-Ball Club: O nascimento de um gigante – A história da fundação.
– Jornal Eletrônico Novo Milênio.
– Jornal A Tribuna.
– Santos Futebol Clube.

Por ora, é só! Deixe seu comentário e até o próximo post.

Banner Curso Trader Esportivo

Quer aprender a ganhar uma grana enquanto assiste aos jogos do PEIXE? Clique na imagem e saiba mais…


Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Bondinho - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Ex-Diretor Social da Associação Movimento Resgate Santista
– Membro da ASSOPHIS (Assoc. dos Pesq. e Historiadores do SFC)
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.


Banner Trader Esportivo - 600 x 120 - Blog DNA Santástico

 

‘Pelé – O Nascimento de uma Lenda’ será lançado no Brasil

Era para ter estreado antes da Copa do Mundo de 2014, mas a produção enfrentou adversidades e a estreia foi sendo adiada, mas agora finalmente a Europa Filmes agendou para 7 de Setembro o lançamento oficial nos cinemas da cinebiografia ‘Pelé – O Nascimento de uma Lenda’.

Pelé - O Nascimento de uma Lenda - Blog DNA Santástico

A produção conta a história do começo de carreira do jogador, desde sua infância pobre à consagração com a vitória da Seleção Brasileira na Copa de 1958. Pelé começou a jogar pelo Santos FC aos 15 anos, pela seleção nacional aos 16, e venceu sua primeira Copa do Mundo FIFA aos 17 anos. Apesar das numerosas ofertas de clubes europeus, as condições econômicas e as regulações do futebol brasileiro da época beneficiaram o Santos, permitindo-lhes manter Pelé por quase duas décadas até 1974.

Foram escolhidos dois novatos para interpretar o protagonista: Leonardo Lima na infância e Kevin de Paula na adolescência. O elenco ainda conta com Diego Boneta, Colm Meaney, Seu Jorge, Rodrigo Santoro, Vincent D’Onofrio, Marianna Nunes, Milton Gonçalves, Rafael Henrique, Marcus Vinicius, Julio Levy, Thelmo Fernandes e Felipe Simas.

Pelé é um dos produtores executivos. A produção é de Brian Grazer, da série ‘24 horas‘ e dos filmes ‘Uma Mente Brilhante‘ e ‘O Código Da Vinci’. O roteiro e a direção ficará por conta de Jeff e Michael Zimbalist.

trailer

Ficha Técnica:

Título: Pelé – O Nascimento de uma Lenda
Título original: Pele: Birth of a Legend
Gênero: biografia
Ano de lançamento: 2017
Ano de produção: 2016
Lançamento nos cinemas previsto para: 07/09/2017
Duração: 90 minut0s
Direção: Jeff Zimbalist
Distribuidora: Wild Bunch


Banner Trader Esportivo - 600 x 120 - Blog DNA Santástico


Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Ex-Diretor Social da Associação Movimento Resgate Santista
– Membro da ASSOPHIS (Assoc. dos Pesq. e Historiadores do SFC)
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.

  | 

Banner Curso Trader Esportivo

Quer aprender a ganhar uma grana enquanto assiste aos jogos do PEIXE? Clique na imagem e saiba mais…

Santos FC – O Maior Espetáculo da Terra

O jornalista Odir Cunha é autor de uma série de obras sobre a gloriosa história do Santos FC e se prepara para lançar mais uma publicação. Desta vez, o escritor resgata histórias sobre as principais viagens da equipe alvinegra no livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”. A obra já está finalizada e agora conta com campanha de financiamento coletivo para sua impressão.

Santos FC - O Maior Espetaculo da Terra - Blog DNA Santastico

“Nenhum outro clube do mundo tem um livro de viagens, muito menos com a riqueza de fatos e imagens deste. Ela retrata detalhes obtidos em revistas, jornais da época, livros, flâmulas e outros objetos. Resgatamos passagens daquelas maravilhosas viagens internacionais do Santos, principalmente da década de 1960, época em que o futebol arte brasileiro e o time de Pelé reinavam sobre o planeta”, explica Cunha.

Edmar Junior e Odir Cunha

Edmar Junior e Odir Cunha

Nesta obra o jornalista não estará sozinho, pois divide a autoria da obra com Marcelo Fernandes (foto abaixo), um apaixonado torcedor e colecionador de artigos históricos sobre o Santos FC, que vive em Luxemburgo, na Europa. Marcelo Fernandes é proprietário do acervo que serviu de base para a publicação.

Edmar Junior, Alex Santos e Marcelo Fernandes

Torcedores do Santos FC:  Edmar Junior, Alex Santos e Marcelo Fernandes

Confira na playlist abaixo algumas das histórias que em breve estarão no livro, é só apertar o play e curtir a sequencia de vídeos:

A CAMPANHA

A campanha de financiamento coletivo publicada no site da Kickante em pouco mais de um mês atingiu quase 19 mil reais. O valor representa 39% do total de R$ 48 mil, montante necessário para pagar custos com a de impressão de dois mil exemplares do livro. Além de um exemplar da obra, os doadores também contarão com diferentes recompensas proporcionais ao valor de suas contribuições.

A campanha está programada para receber contribuições até 14/09/2017, então torcedor santista para obter mais informações e realizar sua contribuição clique AGORA no botão abaixo:

Botao Quero Contribuir


Banner Trader Esportivo - 600 x 120 - Blog DNA Santástico


Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Ex-Diretor Social da Associação Movimento Resgate Santista
– Membro da ASSOPHIS (Assoc. dos Pesq. e Historiadores do SFC)
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.

  | 

Banner Curso Trader Esportivo

Quer aprender a ganhar uma grana enquanto assiste aos jogos do PEIXE? Clique na imagem e saiba mais…

Histórias da Vila Belmiro – 100 anos de magia do estádio Santista

A Vila Belmiro é conhecida como o berço de vários craques, de vitórias e momentos especiais do Santos FC. O centenário do estádio Urbano Caldeira merecia ser comemorado com uma publicação especial.

Através de uma campanha de crowdfunding (financiamento coletivo) liderada por Almir Rizzatto e Ted Sartori, o livro que conta esta história de glórias tornou-se realidade e trouxe as principais lembranças alvinegras que passam por vitórias celebradas, taças levantadas, jogadores incríveis que já pisaram em nosso gramado, como Araken Patusca, Gilmar, Zito, Pagão, Coutinho, Pelé, Pepe, Edu, Pita, Rodolfo Rodriguez, Diego, Robinho, Neymar e tantos outros.

Livro Histórias da Vila Belmiro - Blog DNA Santástico

Sobre os autores do livro:

Almir Rizzatto
Nascido em Santos, é jornalista, escritor e diretor da agência RZT Comunicações. Frequenta a Vila Belmiro desde seus primeiros anos, quando foi levado pelo pai, também torcedor do clube. Sofreu com os modestos times do Santos nos anos 80 e 90, mas, para compensar, vivenciou as eras Giovanni, Diego/Robinho e Ganso/Neymar, inclusive como repórter esportivo.

Ted Sartori
É natural de Santos e jornalista. Trabalha desde 2003 nos jornais A Tribuna, de Santos, e Expresso Popular. Foi repórter setorista do Peixe por mais de quatro anos, viajou para vários países em função do time e ainda colaborou bastante no trabalho diário da cobertura do clube pelos dois periódicos. Tem um acervo de vídeos, uma de suas paixões, que conta com grande parte das histórias retratadas neste livro.

Lançamento:

Eu fui um dos apoiadores do crowdfunding, tive o meu nome registrado no livro e já garanti meu exemplar no lançamento que ocorreu em Janeiro/2017 na livraria Realejo em Santos.

Ted Sartori - Edmar Junior - Almir Rizzatto - Livro Historias da Vila Belmiro - Blog DNA Santástico

Ted Sartori, Edmar Junior e Almir Rizzatto

Se você ainda não adquiriu seu exemplar informo que no  próximo sábado (11/3/2017), os autores Almir Rizzatto e Ted Richard Paiva Sartori estarão na Vila para uma tarde de autógrafos do livro “Histórias da Vila Belmiro – 100 anos de magia do estádio santista”.

Será das 15h às 18h, no Memorial das Conquistas, com a presença de personalidades e ex-jogadores do Santos Futebol Clube.

Livro Histórias da Vila Belmiro - Lançamento na Vila Belmiro - Blog DNA Santástico

Vai lá, não perde esta oportunidade!

Mureta de Santos - Blog DNA Santastico

Banner Trader Esportivo - 600 x 120 - Blog DNA Santástico


Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Ex-Diretor Social da Associação Movimento Resgate Santista
– Membro da ASSOPHIS (Assoc. dos Pesq. e Historiadores do SFC)
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.

  | 

Banner Curso Trader Esportivo

Quer aprender a ganhar uma grana enquanto assiste aos jogos do PEIXE? Clique na imagem e saiba mais…

Mário Gomes no Santos

Mario Gomes - Blog DNA SantasticoMário Gomes já foi um dos maiores galãs da televisão. Foram mais de 30 novelas, incluindo sucessos como “Gabriela”, “Guerra dos Sexos” e especialmente “Vereda Tropical”. Prestes a completar 65 anos, e enquanto não volta a gravar a terceira temporada de “Magnífica 70”, do canal HBO, o ator está vendendo hambúrguer e batata frita numa praia da Zona Oeste do Rio.

“Estou fazendo uma experiência. Me preparando para investir em food truck”, conta ele, que tem batido ponto no local durante os fins de semana, na companhia do filho, João, de 10 anos, que ainda dá canja ao violão.

Mario Gomes - 01 - Blog DNA Santastico

Mário Gomes e o pequeno João – Foto: Cristiana Silva

Bom, para saber mais sobre isto leia no Jornal Extra, pois o motivo deste post é relembrar o dia em que o Luca, personagem do Mário Gomes na novela Vereda Tropical foi fazer um teste no Santos Futebol Clube levado por Bertazzo, este personagem do ator e santista Nuno Leal Maia.

Nuno Leal Maia e Mario Gomes - Vereda Tropical - Blog DNA Santastico

Bertazzo (Nuno Leal Maia) e Luca (Mário Gomes)

Alguns jogadores do elenco do Peixe naquele ano de 1984 participaram da gravação das cenas para a novela, entre eles o artilheiro Serginho Chulapa e  o goleiro Rodolfo Rodriguez, confira:

Crédito do vídeo: Wesley Miranda

Banner Trader Esportivo - 600 x 120 - Blog DNA Santástico

Clique na imagem e saiba mais…


Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Ex-Diretor Social da Associação Movimento Resgate Santista
– Membro da ASSOPHIS (Assoc. dos Pesq. e Historiadores do SFC)
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.

  | 

Banner Curso Trader Esportivo

Quer aprender a ganhar uma grana enquanto assiste aos jogos do PEIXE? Clique na imagem e saiba mais…

O Fusca mais Santista do Brasil

Jefferson “Fessão” Andrade mora em uma casa em Guarulhos toda dedicada ao Santos. Além de objetos do Peixe, o empresário montou um salão de jogos todo personalizado em preto e branco para a alegria dos torcedores. Mas, a grande surpresa está na garagem: o fusca santista. Até os craques do time se encantam com a relíquia. Confira:

Fusca Santista - Santos Store - Blog DNA Santástico

Banner Curso Trader Esportivo

Quer aprender a ganhar uma grana enquanto assiste aos jogos do PEIXE? Clique na imagem e saiba mais…


Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Ex-Diretor Social da Associação Movimento Resgate Santista
– Membro da ASSOPHIS (Assoc. dos Pesq. e Historiadores do SFC)
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.

  | 

Banner Trader Esportivo - 600 x 120 - Blog DNA Santástico

O Gol de Placa de Pelé no Maracanã

Pelé - Blog DNA Santástico

Significado de Gol de Placa

s.m.
Futebol. Gol muito bonito, que se destaca pela plasticidade da jogada terminada em gol; tem origem em um gol marcado por Pelé no Maracanã e que foi considerado espetacular, tendo por isso recebido uma placa de bronze em homenagem.

Logo Dicio - Blog DNA Santastico

Pelé - Gol de Placa - Blog DNA Santástico

No dia 05 de março de 1961, em partida do Torneio Rio-São Paulo, o Rei Pelé marcava um gol que mereceu uma placa no Estádio do Maracanã, aos 40′ na vitória do Santos FC por 3 a 1 diante do Fluminense em jogada toda pessoal, de característica peculiar e que fez vibrar o público presente ao famoso estádio brasileiro.

Pelé, recebeu a bola a poucos metros além da linha do meio-campo, aplicou a 1ª finta num jogador do Fluminense investindo rapidamente foi progredindo superando um e outro adversário, com fintas lépidas até entrar na área, acossado, imprensado, ainda assim, ao perceber a saída de Castilho, o avante santista golpeou com muita classe no canto direito e marcou um bonito e memorável gol.

A sugestão de colocar a placa no Maracanã em homenagem ao belo gol foi do jornalista Joelmir Beting. O Rei Pelé além desse maravilhoso gol marcou mais dois e Pepe marcou o outro na partida em que o Peixe formou: Laércio; Fioti, Mauro, Dalmo e Calvet; Zito e Mengálvio (Ney); Dorval, Coutinho, Pelé e Pepe (Sormani). O técnico era Luiz Alonso Perez, o Lula.

Gol de Placa - Blog DNA Santastico

O jornalista Antônio Guenaga no jornal “A Tribuna” assim descreveu sobre o belo tento de Pelé: “Ouvi domingo comentários de diversas rádios sobre o gol nº 2 de Pelé. Os locutores sentiram até dificuldade para escrever o lance, e um deles, de São Paulo, afirmou que, para a próxima partida do Santos trará um dicionário porque os adjetivos mais usuais já se tornaram lugares comuns para enaltecer o valor e a maneira realmente impressionante como o meia-esquerda do Santos, a cada partida, dá largas ao seu espírito criador”.

O jornal “O Globo” destacando o lance publicou que: “Desde que surgiu, garoto ainda, para o futebol profissional e para a fama, Pelé não havia conseguido marcar um só tento contra o Fluminense. Vitória do Santos, empate ou derrota e o artilheiro ludibriou as mais diversas defensivas nacionais e estrangeiras saía de campo sem contribuir para o marcador. Ontem à tarde, no entanto, ao mesmo tempo em que derrubava a outra história, a de que não produzia o quanto é capaz no Maracanã, Pelé quebrou o tabu, assinalando o primeiro “goal” do Santos, quando os relógios decretavam o 3º minuto do jogo”. No caso do 2º gol de Pelé, o jornal carioca o qualifica como “um gol para entrar para a história”.

O jornalista Chico Sá também no jornal “A Tribuna” sobre o gol destacou: “Vou dedicar, hoje, estes trechos a Pelé. Não sou lá muito amigo destes destaques, pois sei que futebol se faz com onze e não com um. Mas aquele gol do Maracanã parece que nunca aconteceu no Brasil, ou se nunca, pelos menos, no maior Estádio do mundo. A crônica carioca, (a paulista e a nossa também, vá lá!) se pôs de boca aberta e ainda está! Patética, estupedeficada, em pasmo: E foi mesmo. Pelé “Hors Concours”. Valeu pelo espetáculo inteiro. Teve instantes de inenarrável sublimação. Foi quando sentiu o quanto é amado pela torcida carioca. Até o pessoal do Fluminense bateu palmas para ele”.

Gol de Placa - Pelé - Maracanã - Blog DNA Santástico

Curiosidade

Na partida anterior ao jogo do “gol de placa” o time santista venceu pelo placar de 5 a 1 a equipe do Vasco Gama no Pacaembu e no jogo posterior aplicou uma sonora goleada de 7 a 1 sobre o time do Flamengo novamente no Maracanã todas goleadas válidas pelo Torneio Rio-São Paulo. O goleiro do time carioca no jogo do “gol de placa” era Carlos Castilho que em 1984 como técnico do Santos sagrava-se Campeão Paulista.

Guilherme Guarche – Coordenador do Centro de Memória e Estatística

Texto originalmente publicado no site do Santos Futebol Clube por André Mendes.


Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
Ex-Diretor Social da Associação Movimento Resgate Santista
– Membro da ASSOPHIS (Assoc. dos Pesq. e Historiadores do SFC)
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.

  | 

Banner Trader Esportivo - 600 x 120 - Blog DNA Santástico