Arquivo do dia: 05/09/2011

N.Sª. DO MONTE SERRAT, PADROEIRA DA CIDADE E PROTETORA DO SANTOS F.C.

A cidade de Santos homenageia sua Padroeira, Nossa Senhora do Monte Serrat no dia 8 de setembro.

Várias são as histórias que se contam da santa milagrosa. Foi D. Francisco de Souza, governador geral do Brasil quem, em 1602, ordenou construir a Capela do Monte Serrat e doou a imagem de Nossa Senhora à Ordem de São Bento, que passou a administrar o santuário.

O primeiro e grande milagre a ela atribuído teria acontecido durante a invasão do pirata holandês Joris Van Spilbergen à costa santista, em fevereiro de 1615. Para fugir dos corsários, que incendiaram vários pontos da Vila de Santos, boa parte da população, especialmente mulheres e crianças, refugiou-se no Monte Serrat.

Desesperados, os habitantes rezaram à Virgem do Monte, para que os protegesse. Pouco tempo depois, o caminho por onde avançavam os piratas desmoronou, soterrando a maioria, enquanto os restantes voltaram apressadamente para os navios, a fim de deixar a barra.

Desde então, Nossa Senhora do Monte Serrat foi considerada a salvadora da cidade. Em 1954, por deliberação da Câmara Municipal, foi declarada oficialmente “Padroeira da Cidade” e a 8 de setembro de 1955, coroada como tal.

A Santa é também protetora dos navegantes e a ela se atribui outro grande milagre: livrou o barco nacional Araguary de naufrágio certo, em 1926. Quando os tripulantes já não conseguiam controlar a situação, resolveram ajoelhar-se em um dos conveses, rezar e evocar a Virgem, prometendo celebração de missa em ação de graças se o vapor conseguisse aportar em Santos. No instante seguinte a tempestade cessou e o mar entrou em calmaria.

Por essas e por outras, o Monte Serrat é um dos principais pontos de afluência de romeiros em todo o Brasil e centro de uma das grandes festas religiosas da Igreja Católica. A tradição se renova a cada ano: no dia 5 de setembro, a imagem de Nossa Senhora deixa sua capela e segue, em procissão, para a Catedral, onde é rezado um tríduo. No dia 8 de setembro, consagrado a ela, há missa solene, pela manhã, e à tarde, a imagem volta ao Monte Serrat. Antes de subir o morro, o cortejo para em frente da Prefeitura, e o chefe do Executivo renova a consagração de Santos à Senhora do Monte. Feriado, a cidade reza e festeja ao mesmo tempo.

Bandeira alusiva ao Santos Futebol Clube hasteada no Monte Serrat em sinal de agradecimento pelas conquistas do clube.

Vista à partir do Monte Serrat do Estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro), templo sagrado do futebol protegido por Nossa Senhora do Monte Serrat.

Em sua ermida, no Monte Serrat, a imagem de Nossa Senhora fica no altar-mor, num nicho. A capela, bem simples, não comporta mais de 200 pessoas e ostenta, na parede lateral, um crucifixo de madeira: representa o Senhor do Bonfim, que é conduzido em procissão uma vez por ano, no domingo seguinte à festa da padroeira. Ao lado, uma sala repleta de ex-votos comprova a devoção dos fiéis. Tem de tudo um pouco: fotografias, penas e braços mecânicos, vestidos de noiva e cadernos escolares.

Não há dúvida: quem chega a Santos logo tem sua atenção despertada pela capela branca, que do alto do Monte Serrat domina toda Santos. Durante o dia, é vista de vários pontos: à noite, uma estrela marca o seu lugar no cume da elevação.

Homenagem do site Bloglorioso a Nossa Senhora do Monte Serrat

Referências:

Prefeitura de Santos

skyscrapercity

Novo Milênio

Este post é uma singela homenagem do Blog DNA SANTÁSTICO à Nossa Senhora do Monte Serrat.

Por ora, é só!