Arquivo do mês: abril 2012

100 ANOS!!!

Parabéns ao SANTOS FUTEBOL CLUBE pelos 100 anos de glórias!!!

Estive na festa do Centenário em Santos, no próximo post publicarei um pouco de tudo que rolou! Por ora, curta mais um excelente vídeo produzido pela equipe da Santos TV:

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

ANIVERSÁRIO DO BLOG DNA SANTÁSTICO – 1 ANO

Amanhã (14/04) o glorioso Santos Futebol Clube completará 100 anos, mas hoje o aniversariante é o BLOG DNA SANTÁSTICO que esta completando seu 1º ano!!!

Foi muito bacana compartilhar com vocês leitores (as), ao longo deste primeiro ano, as minhas experiências inerentes ao Santos. Agradeço todas as pessoas que comentaram no Orkut, que curtiram link no Facebook, que deram retweet no Twitter, que comentaram nos posts, enfim,  agradeço todos que de alguma forma dispensaram parte do vosso precioso tempo para visitar o blog, conhecer e ajudar na divulgação.

#Valeu!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

LANÇAMENTO DO LIVRO: SANTOS 100 ANOS, 100 JOGOS, 100 ÍDOLOS

Recentemente participei e contei aqui no blog sobre uma reunião onde Celso Unzelte (Jornalista / Pesquisador) e Odir Cunha (Jornalista / Escritor) realizaram uma detalhada apresentação do livro ”Santos – 100 Anos, 100 Jogos, 100 Ídolos” que eles elaboraram em celebração ao Centenário do Santos em conjunto com Editora Gutenberg.

O livro enfim foi lançado na terça-feira (10), na Livraria Cultura (Shopping Villa Lobos), em São Paulo.

Eu estive lá no evento prestigiando os amigos autores e também para adquirir meu exemplar.

Edmar Junior com Celso Unzelte e Odir Cunha

 Muitos torcedores passaram por lá:

Amigo Ricardo Rangel com Odir Cunha, ao lado Celso Unzelte.

sinopse

SANTOS, 1912. Há 100 anos, a cidade que procurava um clube à altura de sua importância acabou dando ao mundo o time de futebol mais famoso de todos os tempos. Grande, porém, o Santos F. C. sempre foi. Desde os tempos dos pioneiros Millon e Arnaldo. Do ataque dos 100 gols de 1927. Do primeiro título de campeão paulista, conquistado em 1935. Do bi de 1955/56, com Formiga, Tite, Del Vecchio, Vasconcelos, Zito, Jair Rosa Pinto e Pepe, todos precursores ou contemporâneos da Era Pelé. E quando o melhor jogador de futebol do mundo de todos os tempos ganhou um lugar no time, já de 1957, o que era bom ficou melhor ainda. O Santos passaria a encantar o Brasil, a América do Sul e o mundo – que conquistou duas vezes. Depois do Rei (que neste livro ganha um capítulo à parte), o Santos seguiu enorme, ao ritmo do futebol discoteca dos Meninos da Vila, em 1978; no embalo dos gols de Serginho Chulapa, em 1984; contando com a juventude em doses duplas de Diego e Robinho, Ganso e Neymar, neste novo milênio. Aqui, esses 100 anos são contados por meio de 100 jogos, 100 ídolos e milhões de emoções.

—- // —-

O livro esta lindo, vale muito a pena adquiri-lo para sua biblioteca santástica!

Por ora, é só! Até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a fan page do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

O CABELEIREIRO DO REI

Na segunda-feira (09/04) quando estive na Vila Belmiro, aproveitei para dar uma passada no salão do Sr. Didi, o cabeleireiro do Rei Pelé.

Sr. Didi e o Rei Pelé

O salão fica a poucos metros do estádio, na decoração há muitos objetos que estão relacionados ao Santos Futebol Clube e ao Rei do Futebol.

Passei por lá para mostrar o local a um amigo que estava comigo, e claro, para dar um abraço no Sr. Didi, prometi a ele que voltaria outro dia para ter a honra de aparar o que me resta de cabelos com o nobre e atencioso cabeleireiro.

Sr. Didi e Edmar Junior

Por ora, é só! Até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a fan page do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

LANÇAMENTO DO LIVRO ** SANTOS FC 100 ANOS DE FUTEBOL ARTE **

Na segunda-feira (09/04) estive na Vila mais famosa do mundo para acompanhar o lançamento do livro SANTOS FC 100 ANOS DE FUTEBOL ARTE, a obra faz parte das comemorações dos 100 anos de história do clube e conta com um texto emocionante do Rei Pelé, que declara o seu amor e gratidão ao time que o revelou para o mundo do futebol.

O LIVRO - Foto: Ricardo Saibun / Divulgação Santos FC

 O historiador Odir Cunha, autor de diversos livros sobre o Santos FC, assina esta obra e homenageia os 22 maiores ídolos da história do clube praiano. Entre eles, Pelé, Zito, Gylmar, Carlos Alberto Torres, Pepe, Coutinho, Edu, Pagão, Clodoaldo, Giovanni, Robinho, Ganso e Neymar.

Edmar Junior e Odir Cunha

Outro destaque do livro são as fotografias e textos apaixonados de torcedores famosos, como Aloizio Mercadante, Fausto Silva, Marcelo Tas, Eduardo Suplicy, Geraldo Alckmin, Milton Neves, Mônica Waldvogel, Paulo Henrique Amorim, Chitãozinho e Xororó, Arnaldo Antunes e Zeca Baleiro entre outros.

Edmar Junior, no fundo algumas fotos de torcedores famosos que estão no livro.

Outros torcedores não foram esquecidos e dentre os milhões de fanáticos pelo Alvinegro Praiano, 30 foram escolhidos para integrar a obra e contar suas histórias de alegrias, paixão e humor. “Santos FC – 100 Anos de Futebol Arte” retrata a história gloriosa de um dos maiores clubes de futebol do mundo, com destaque para seus ídolos e conquistas.

Meu amigo Alex Santos, um dos 30 torcedores que integra a obra.

Alguns ex-jogadores prestigiaram o evento, entre eles Manoel Maria, Lalá e o tri-campeão do mundo Clodoaldo.

Edmar Junior com Manoel Maria, Lalá e Clodoaldo

O Senador Eduardo Suplicy, torcedor do Santos Futebol Clube, também esteve lá:

Senador Eduardo Suplicy

A imprensa esteve presente em grande número, entre eles estava a irreverente equipe do CQC:

O Salão de Mármore na Vila Belmiro estava bem agitado, e não era para menos, além do lançamento do livro, da presença do autor autografando a obra e ídolos atendendo os torcedores, ainda haveria a coletiva de imprensa com a presença de um tal Pelé, aquele que simplesmente é o REI DO FUTEBOL, ídolo eterno dos santistas e de admiradores do esporte futebol.

coletiva

José Eduardo Aranha Moura (CEO da Magma Cultural), Odir Cunha, REI PELÉ, Odílio Rodrigues (Vice-presidente do Santos Futebol Clube), Carlos Teixeira Filho (Vice-prefeito de Santos) e Carlos Henrique da Fonseca Filho (Vice-presidente do Conselho Deliberativo do Santos Futebol Clube) - Foto: Ivan Storti / Divulgação Santos FC

Edmar Junior durante a coletiva, ao fundo Odir Cunha, Rei Pelé e os demais integrantes da mesa.

Pelé e a palavra Futebol: sinônimos perfeitos! - Foto: Ivan Storti / Divulgação Santos FC

“Agradeço a Deus por ter me colocado no Santos" - Rei Pelé

Foto: Divulgação Santos FC

vídeo reportagem

Reportagem do lançamento oficial do livro Santos FC 100 Anos de Futebol Arte, em comemoração ao Centenário do Santos FC por repórter Felipe Gongola, imagens Rai Moreno, assistente Josi Lima, edição Denize Sierra e Rodrigo Palmieri:

PRÓXIMO EVENTO

O livro foi lançado neste evento na Vila Belmiro, mas no dia 17/04 haverá outro evento, uma noite de autógrafos aberta ao público:

Edmar Junior

EXPOSIÇÃO CENTENÁRIO SANTOS FC NO ANTIQUÁRIO CASA DO POVO. * EU VISITEI *

O Antiquário Casa do Povo, integrante do roteiro histórico e turístico oficial da cidade de Santos, esta realizando uma exposição reunindo verdadeiras relíquias de colecionadores particulares e amantes do Santos Futebol Clube. Os visitantes poderão fazer uma viagem por momentos históricos neste evento que integra o calendário oficial do Centenário do Alvinegro Praiano.

Eu já havia publicado um post aqui no blog sobre isto e ontem estive prestigiando in-loco a maravilhosa exposição.

Edmar Junior, Wanderley Frare e Ricardo Rangel durante visita à exposição.

Um dos destaques da exposição é o conjunto de camisas.

A coleção de medalhas é outro destaque, há réplicas das medalhas dos títulos mundiais do Peixe. Tive a oportunidade de apreciar nas minhas mãos uma medalha referente a conquista do Santos, em 1959, do Troféu Teresa Herrera, uma competição amistosa de futebol realizada anualmente desde 1946, na cidade de La Coruña, Espanha.

Medalha (frente e verso) referente do Troféu Teresa Herrera

Medalha (frente e verso) referente a conquista do Troféu Teresa Herrera

Tem de tudo na exposição, até um quadro muito bacana que o eterno ídolo Pepe ganhou de um fã.

Vai goleiro, segura essa BOMBA aí, rsrs!!!

A exposição tem recebido visitantes ilustres e a SANTOS TV esteve lá registrando:

Foi muito legal visitar a exposição, parabenizo o amigo Paulinho Carvalho pela iniciativa e agradeço pela receptividade dele e demais integrantes do Antiquário Casa do Povo.

A visitação é gratuita e o horário de funcionamento será das 8 às 17h30, entre os dias 19 de março e 20 de abril. O endereço do Antiquário Casa do Povo é Rua Xavier Pinheiro, 179 (esquina com a Rua Campos Mello), no bairro de Vila Mathias.

Eu recomento a você leitor (a) do Blog DNA Santástico que, se possível, visite a exposição. Tenho certeza que você vai gostar!

Leia também: EXPOSIÇÃO CENTENÁRIO SANTOS FC NO ANTIQUÁRIO CASA DO POVO

Por ora é só, até o próximo post!

Edmar Junior

ENTREVISTA PARA O BLOG ALVINEGRO DA VILA

Recentemente num evento do Centenário do Santos conheci o Lucas Santos e seu amigo Fabio Rabello, garotada bacana, torcedores do Santos e mantenedores do Blog Alvinegro da Vila.

Em atendimento à solicitação dos meninos, concedi uma entrevista para o blog deles, que reproduzo abaixo:

1 – Qual foi a primeira vez que você assistiu um jogo do Peixe, no estádio?

Foi no já longínquo ano 1987, especificamente dia 19 de Abril, um Domingo de Páscoa, eu estava passando o final de semana no município Praia Grande com minha família. Após almoçarmos comentei com meu Pai sobre o jogo que ocorreria logo mais, naquela tarde o glorioso Santos Futebol Clube receberia no estádio Urbano Caldeira – Vila Belmiro o São Paulo Futebol Clube, na época o então campeão brasileiro. Pedi para meu pai me levar lá, mas naquele momento ele só queria saber de sua tradicional siesta, insisti um pouco e ele então decidiu me levar, eu nunca havia ido num estádio e a primeira vez não poderia ser melhor, conhecer o templo sagrado do futebol e ver o Santos jogar in loco era simplesmente a realização de um sonho.

Na minha mente ainda guardo imagens daquela tarde na Vila Belmiro, lembro-me que entramos no estádio e arrumamos um espremido lugarzinho junto ao alambrado da arquibancada superior, local atualmente destinado aos sócios do clube e denominado como retão. A arquibancada onde hoje fica a torcida organizada Sangue Jovem pertencia a Sangue Santista. A arquibancada que hoje esta ao lado da Sangue Jovem e normalmente destinada à torcida de times visitantes não existia. A Vila Belmiro estava lotada, naquela época eram permitidas as bandeiras com mastro e todas elas tremulando revelavam um espetáculo lindíssimo.

Se existia alguma dúvida sobre a existência de coelhinho da páscoa, para a torcida do Santos naquela tarde ele atendia por Mílton da Cunha Mendonça e vestia a camisa 10 que outrora havia sido do Rei Pelé. Os times realizaram um eletrizante clássico, Mendonça marcou dois gols na vitória de 3 x 2 do Santos sobre o São Paulo, foram ovos do mais fino chocolate: com um jogador a menos o Peixe derrubou, de virada, o último invicto daquele campeonato paulista.

2 – Há quanto tempo você é sócio do Santos?

Sou sócio do Santos desde o dia 11/08/2006, pessoalmente considero uma data especial e histórica, tornei-me sócio sem esperar nada do clube, pois sabia que naquele momento ele pouco podia me oferecer em termos de benefícios. Fiquei sócio do clube para retribuir por tudo que ele já havia me proporcionado até então e para ratificar que estarei sempre com o Santos onde e como ele estiver até que a morte me separe (um dia eu morrerei, o Santos jamais!).

3 – Sabemos que você acompanha o Santos Futebol Clube em praticamente todos os eventos. Qual desses foi o mais marcante na sua vida?

Todos os eventos do Santos que participei foram marcantes, mas em especial cito o evento onde o Santos Futebol Clube celebrou em grande estilo a conquista do TRI da Libertadores da América com uma festa no Estação Santos, espaço de eventos localizado no centro histórico da cidade de Santos. A celebração contou com a presença do Prefeito Sr. João Paulo Tavares Papa, do Presidente do Santos Sr. Luiz Alvaro de Oliveira Ribeiro, do Vice-Presidente do Santos Sr. Odílio Rodrigues Filho, do na época Presidente do Conselho Deliberativo do Santos Sr. André Monteiro de Fazio, de Gerentes, Diretores, Conselheiros, Sócios e Ex-jogadores do Santos entre outros convidados. A festa foi muito divertida, mas no que diz respeito à emoção, ao menos no meu caso, a maior foi quando tive mais uma vez a oportunidade de estar ao lado da Taça Libertadores da América, eu já havia estado com ela quando a mesma esteve em exposição no Shopping Eldorado, em São Paulo, antes da partida final entre Santos e Penãrol, mas desta vez foi diferente, pois além de poder tirar fotos, pude tocar e beijar a nossa tão almejada taça.

4 – Qual a maior loucura que você lembra ter feito pelo Santos?

Normalmente eu consigo acompanhar o Santos sem que seja necessário realizar grandes loucuras, é tudo uma questão de planejamento prévio! Mas houve uma ocasião que inicialmente falhei no planejamento, aconteceu em 2010, eu havia agendado período de férias na empresa onde trabalhava, estava tudo certo, mas na véspera (09/07) de sair para as férias notei que o meu retorno ao trabalho estava marcado para três dias antes do dia da grande final da Copa do Brasil lá na Bahia onde o Santos enfrentaria o Vitória, fiquei num dilema danado, eu não podia perder a oportunidade de ver o Santos conquistar um título até então inédito, tomei coragem e fui conversar com meu gestor, após muita negociação e persuasão ele me compreendeu, então eu que no início deveria retornar das férias em 02/08, acabei assistindo o Santos ser CAMPEÃO em 05/08 ( ♫ não é mole não, fui para Bahia pra gritar é CAMPEÃO!!! ♫), fiquei comemorando até 08/08 e só voltei a trabalhar em 09/08.

Ah, na época minha esposa estava grávida da nossa segunda filha, foi outra negociação complicada, rsrs, mas ela também me compreendeu, fui para Bahia e voltei campeão, meses depois a pequena nasceu, também SANTISTA e já CAMPEÃ!!!

5 – Quais as principais diferenças que você avalia entre a gestão Marcelo Teixeira e a nova gestão?

A gestão Marcelo Teixeira foi importante, conquistou alguns títulos e melhorou a infra-estrutura do clube, mas por outro lado em algum momento esbarrou-se nas próprias limitações, se perdeu e acabou deixando o clube numa situação ruim e com dívidas, inclusive com o próprio Presidente. No ano de 2008 e 2009 no Brasileirão lutamos para não cair, jamais esquecerei da ocasião durante o período pré-eleição do clube no final de 2009, quando Marcelo Teixeira estava participando de um programa de televisão e declarou categoricamente que se ocorresse do Santos por algum motivo tivesse que disputar uma divisão que não fosse a da elite do futebol brasileiro, o mesmo não teria forças para voltar como outros times fizeram já no ano seguinte ao rebaixamento. Ora, ele era o Presidente do Santos, se não havia forças para que o manto sagrado fosse devidamente honrado ele era o principal responsável.

Com relação à nova gestão, liderada pelo Presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro (LAOR), entendo que até o momento tem realizado um belo trabalho, de forma profissional e com significativa melhoria no aspecto transparência, tendo como base para isto sólidos princípios de governança corporativa. Muitos resultados positivos já foram conquistados nesta gestão, destaco:

– Em 2010 o Campeonato Paulista e o título inédito da Copa do Brasil (desde 1968 o clube não ganhava um título estadual e nacional no mesmo ano);

– Em 2011 o Bi Campeonato Paulista e o TRI da Libertadores;

– Categorias de base vêm conquistando títulos, embora esta não seja sua principal missão;

– Direitos econômicos dos jogadores da base passaram de 54% para 80%;

– Elevação de patrocínios, em 2009 o clube obteve R$ 7 milhões, em 2011 obteve quase R$ 30 milhões;

– No faturamento total é um dos times que mais cresceu nos últimos anos;

– Dívidas foram equacionadas e atualmente o clube gasta menos do que o que ganha;

– Manutenção do craque Neymar e time competitivo;

– Crescimento intenso do número de associados;

– Redemocratização do Estatuto;

Em suma, foram muitas as conquistas da gestão atual até aqui, citei apenas algumas e muitas ainda certamente estão por vir.

5 – Na sua opinião, qual foi a melhor geração: a de Robinho e Diego ou Neymar e Ganso?

A geração Robinho e Diego tem um lugar importante na minha consideração, sofri muito nos anos 80 e 90 e esta geração me deu as primeiras grandes alegrias como torcedor do Santos, por outo lado entendo que a geração Neymar e Ganso supera a geração anterior principalmente devido aos vários títulos conquistados (em especial o TRI da Libertadores) e por recolocar a marca Santos no seu devido lugar, ou seja, diante dos olhos do Mundo.

6 – Pensa em ser um dos conselheiros do Santos, no futuro?

Sim, tenho essa intenção, pois é uma forma ainda mais engajada de contribuir para o crescimento do Santos Futebol Clube.

7 – Temos visto muitas brigas entre as Torcidas Organizadas. Você é a favor do banimento das Torcidas Organizadas, no Brasil?

Não sou a favor do banimento das Torcidas Organizadas, elas fazem parte da beleza do espetáculo que desejamos sempre ver nos estádios. Sou a favor do banimento dos vândalos e bandidos infiltrados nas torcidas, para isso é necessário que haja Leis rígidas e que elas sejam efetivamente cumpridas, punições precisam ser exemplares, só assim poderemos combater a violência.

8 – Deixe um recado pro torcedor santista.

Torcedor Santista, é salutar às vezes perguntar a si próprio: “O que eu posso fazer pelo Santos?”, ao invés de estar sempre e apenas exigindo que o Santos faça coisas, construa alegrias e momentos felizes para nós.

Se você já é sócio do clube, parabéns! Se ainda não é, considere tal possibilidade, pois um quadro associativo relevante garante boa receita, viabiliza ações de marketing e contribui para que o clube seja auto-sustentável e sempre vitorioso.

E como recado final, independente se VOCÊ é sócio ou não, ame o glorioso Santos Futebol Clube de forma incondicional, pois: “Nascer, viver e no Santos morrer é um orgulho que nem todos podem ter”

9 – Obrigado pela entrevista, Edmar. Parabéns pela pessoa que você é e pelo seu trabalho com o blog.

Por nada, eu é que devo agradecer por esta oportunidade de me expressar para o público do Blog Alvinegro da Vila, valeu!

Entrevista originalmente publicada no Blog Alvinegro da Vila no post: http://alvinegrodavilabelmiro.com.br/entrevista-edmar-junior/

Lucas Santos e Edmar Junior

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!