Arquivo do dia: 19/05/2012

UMA HISTÓRIA DE FUTEBOL

Santos Futebol Clube e Velez Sarsfield se enfrentam pelas quartas-de-finais da Taça Libertadores de América, no próximo dia 24 (quinta-feira), às 20h na Vila Belmiro. O Santos perdeu o primeiro jogo por 1 x 0, na Argentina, e precisa vencer por dois gols de diferença para passar às semifinais. Em caso de vitória por 1 x 0, haverá disputa de pênaltis.

O jogo provavelmente não será fácil, o Santos precisará mostrar o futebol arte e competitivo com o qual nos acostumamos e que não apareceu no primeiro jogo contra o Velez.

Em mais esta oportunidade, além de ser o time do futebol arte, o Santos terá que ser o time da virada, contra tudo e contra todos!

No momento, enquanto aguardamos o confronto, para já irmos entrando em clima de decisão compartilho com os leitores (as) um excelente filme curta-metragem,  onde um dos roteiristas é José Roberto Torero (escritor, cineasta, roteirista, jornalista, colunista e torcedor apaixonado do Santos Futebol Clube).

José Roberto Torero

No filme, o time infantil de futebol Sete de Setembro da cidade de Bauru vive a expectativa de disputar uma partida final em 30 de dezembro de 1950 contra o adversário Barão da Noroeste. A grande esperança do treinador Landão (mecânico, ex-futebolista, que manca de uma perna) de ganhar a Taça Júlio Ramalho é o jogador Dico. Quem narra a história é Zuza, companheiro de Dico no time e seu melhor amigo que, além da partida, relembra fatos da infância daquele menino que mais tarde, apelidado de Pelé, viria a se tornar o maior jogador de futebol do mundo.

Ladies and Gentlemen, com vocês: Uma História de Futebol.

Espero que tenham gostado do filme. Também desejo que Neymar & Cia estejam inspirados no próximo confronto contra o Velez, que o futebol arte do Santos mais uma vez prevaleça vitorioso, tal como tem sido e era na época de Dico, o nosso eterno Pelé.

Uma História de Futebol

Gênero: Ficção
Sub-Gênero: Infantil
Diretor: Paulo Machline
Elenco: Andréa Di Maio, Anselmo Stocco, Eduardo Santos, Frederico Betcher, José Rubens Chachá, Magda Miranda, Marcos Leonardo Delfino e Tina Rinaldi.
Narrador: Antônio Fagundes
Duração: 21 min
Ano: 1998
Bitola: 35mm
País: Brasil
Local de Produção: SP
Cor: Colorido

Ficha Técnica

Produção: Paulo Machline, Tony Gil
Fotografia: Lito Mendes da Rocha
Roteiro: José Roberto Torero, Maurício Arruda, Paulo Machline
Edição: Mark DeRossi
Som Direto: Renato e Valéria Calaça
Direção de Arte: Victor Lema Riqué
Trilha original: Marcelo Zarvos
Empresa produtora: Um Filmes
Cenografia: Victor Lema Riqué
Figurino: Patrícia Vieira
Produção Executiva: Tony Gil

Por ora, é só! Até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

DICA MUSICAL SANTÁSTICA: MARIANA BELÉM

Boa acústica, qualidade de gravação ao vivo, cardápio personalizado, galeria de CDs e programação musical de altíssima qualidade.

O Ao Vivo Music é um espaço voltado para a boa música, como o jazz, a bossa nova e suas vertentes, podendo ser comparado aos mais charmosos e intimistas jazz clubs e pubs internacionais.

Grandes nomes da MPB e da bossa, como Ivan Lins, Emilio Santiago, Toquinho, Céu, Fafá de Belém, Jair Rodrigues, Leila Pinheiro, Vanessa da Mata, Joyce, Roberto Menescal, Zimbo Trio, Fernanda Porto, Paula Lima, Leny Andrade, Marcos Valle, Cesar Camargo Mariano, além de ídolos do jazz internacional como Mike Stren, David Liebman, Scott Henderson, Kurt Rosenwinkel, Anthony WilsonBen Allison, Oscar Stagnaro, entre outros, já pisaram neste palco desde a sua inauguração, em 2006.

O cardápio e o serviço de bar seguem o mesmo padrão de qualidade da programação. As delícias oferecidas vão desde uma simples porção de batatas fritas até o pão italiano coberto com shimeji, shitake e queijo parmesão derretido, mas o grande sucesso é o petit-gateau – há quem diga que a sobremesa é a melhor da cidade de São Paulo.

Entre os drinks mais requisitados estão o Coquetel Ao Vivo, uma mistura deliciosa e adocicada de Bailey’s, licor de café, Amaretto e vodka, e o Cosmopolitan, feito com vodka, cointreau, suco de limão e suco de camberry.

O design do cardápio é um espetáculo à parte, praticamente a Wikipédia do local. Nele é possível conhecer um pouco sobre a história da casa e os músicos que passaram por lá.

O Ao Vivo também oferece uma galeria de CDs que estão em exposição para venda, contemplando artistas consagrados e expoentes da nova geração da música brasileira e internacional.

No dia 26/05 o Ao Vivo Music terá como atração a bela, afável, talentosa, torcedora do Santos Futebol Clube e cantora Mariana Belém.

Edmar Junior e Mariana Belém durante o lançamento, em São Paulo, do livro SANTOS 100 ANOS DE FUTEBOL ARTE

Por ora, é só! Até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!