Arquivo do dia: 04/08/2012

HOMENAGEM AO ETERNO ÍDOLO DALMO

Na tarde de ontem (03/08), eu e meus amigos Alex Santos e Wesley Miranda prestamos uma homenagem ao eterno ídolo Dalmo Gaspar, ex-jogador que honrou o manto sagrado do glorioso Santos Futebol Clube.

Dalmo recebeu de nossas mãos uma placa como forma de agradecimento por sua dedicação ao Santos e pela coragem que teve ao bater e converter em gol o pênalti na final do mundial de clubes em 1963 que acabou dando ao Santos o título de BICAMPEÃO MUNDIAL.

Wesley Miranda, Alex Santos, Dalmo Gaspar e Edmar Junior

Foi uma tarde muito agradável, eu e meus amigos fomos extremamente bem recebidos pela família do ídolo, jamais esqueceremos deste dia!

Edmar Junior com Dalmo e família.

vídeo homenagem

DALMO GASPAR

Dalmo Gaspar nasceu em 19 de Outubro de 1932, começou a jogar futebol no bairro Vianelo, em Jundiaí. O menino foi selecionado por um “olheiro” do São Paulo de Jundiaí, onde foi aprovado e conquistou seu primeiro título, na Liga Jundiaiense de Futebol, como juvenil.Em seguida despertou o interesse do Paulista de Jundiaí, onde atuou até ser contratado pelo Guarani, de Campinas.

Ganhando cada vez mais notoriedade como lateral-esquerdo, Dalmo foi para o Santos Futebol Clube, por onde atuou de 1957 a 1964 e acumulou uma série de títulos.

Dalmo

No Santos Futebol Clube, Dalmo conquistou os seguintes títulos:

– Campeão Paulista (5): 1958, 1960, 1961, 1962, 1964;
– Campeão Brasileiro (2): 1961 e 1964;
– Campeão da Taça Libertadores (2): 1962 e 1963;
– Campeão do Torneio Rio-São Paulo (1): 1959;
– Campeão do Torneio Pentagonal da Cidade do México: 1959;
– Campeão do Torneio Triangular de Valência (Espanha-1° Edição do Troféu Naranja): 1959;
– Campeão do Torneio Thereza Herrera, Cidade de La Coruña, Espanha (1959);
– Campeão do Torneio Cidade de Paris, França (1960);
– Campeão do Torneio Gialorosso, Roma, Itália (1960);
– Campeão do Torneio Triangular de San José, Costa Rica (1961);
– Campeão do Torneio Pentagonal de Guadalajara, México (1961);
– Campeão do Torneio Itália (1961); Campeão do Torneio Cidade de Paris (1961).

Fonte: Santos Futebol Clube

O momento mágico vivido por Dalmo aconteceu no Maracanã, no dia 16 de Novembro de 1963, quando Dalmo fez de pênalti o gol da vitória santista na terceira partida das finais diante do Milan e o Santos Futebol Clube sagrou-se assim BI-CAMPEÃO MUNDIAL.

Dalmo no melhor time de todos os tempos!

Clique aqui e veja mais fotos!

Por ora, é só! Até mais!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Anúncios