COMUNICADO OFICIAL DA RESGATE SANTISTA

Prezados (as) leitores (as) do Blog DNA Santástico

Associação Movimento Resgate Santista (AMRS), através de sua nova diretoria, acabou de liberar seu primeiro comunicado oficial. Embora esteja direcionado aos atuais membros da AMRS, o comunicado traz importantes esclarecimentos para toda a nação santista. Vale a pena conferir!

Aos
Membros da AMRS – Associação Movimento Resgate Santista

Prezados(as) santistas

Este é o primeiro comunicado oficial da nova diretoria da AMRS, eleita e empossada no último dia 25/09/2012. A AMRS recentemente passou por um período de mudanças e, a partir de agora, pretende mudar a forma como se relacionar com seus membros. Assim, temos alguns assuntos de interesse dos associados, dos quais queremos tratar. São eles:

1- AMRS
2- RELAÇÃO ENTRE AMRS E SANTOS FC
3- RECADASTRAMENTO
4- INFORMAÇÕES GERAIS
5- MUDANÇAS RECENTES NA RESGATE

1- AMRS
Relembrando e reforçando 03 pontos muito importantes sobre a AMRS, que não podem/devem estar sempre muito claros a todos os Resgatistas:

> O que é a AMRS? A Resgate Santista é um “movimento” que existe há 11 anos, desde 2001, sem fins econômicos, cujos associados são santistas que colaboraram e ainda colaboram, dentro e fora da administração do clube, para o engrandecimento do Santos FC. Entre seus associados a Resgate tem nomes como Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, Fernando Silva, Fábio Gonzalez, Arnaldo Hase, Armênio Neto, Luiz Fernando Moraes, João Vicente Feijó Gazolla, Luis Fernando Vella, Walter Schalka, entre muitos, além de outros diversos conselheiros e sócios do Santos.

> Nossa razão de existir: Um Santos FC cada vez melhor e maior, sempre se baseando nos princípios de democracia, transparência e profissionalismo, é a única razão da existência da AMRS.
São objetivos estatutários da Resgate: (i) propor à Diretoria e ao Conselho Deliberativo do clube, projetos e ações que fortaleçam o Santos FC nos seus setores de atividades; (ii) fiscalizar os atos da administração do Santos FC, na qualidade de torcedores, sócios e colaboradores; (iii) pleitear junto ao Poder Público, bem como o Poder Judiciário, providências que se fizerem necessárias para a defesa dos direitos dos sócios e torcedores do Santos FC; (iv) colaborar com o engrandecimento do Santos FC, com a filiação de novos sócios; e (v) outras atividades complementares que tenham por objetivo contribuir com o Santos FC.

> Resultados e conquistas: Após vários anos, sempre trabalhando para levar ao Santos pessoas capazes de conduzir o clube dentro dos princípios de democracia, transparência e profissionalismo, a Resgate elegeu em dez/09 a chapa “O Santos pode mais”, composta pelo atuais presidentes LAOR, seu vice Odílio Rodrigues e 200 conselheiros, obtendo mais de dois terços dos votos dos sócios eleitores santistas. E repetiu a dose em dez/11, reelegendo esse mesmo grupo. E tanto a eleição dessas pessoas quanto o apoio crítico dado a essa diretoria têm mostrado, até agora, não somente a nossa correta escolha dos nomes, mas principalmente o acerto na postura/posicionamento da Resgate em relação aos eleitos. Correção e acerto comprovados pelo sucesso alcançado nestes quase 3 anos de gestão, mesmo estando muito claro para nós Resgatistas que, para chegar no Santos que sonhamos, há ainda um longo caminho a percorrer e muito a melhorar.
Esclarecidos esses 3 pontos, a mensagem que fica, de nossa parte, é que todo e qualquer santista que valoriza e concorda com esses princípios e objetivos da AMRS, aplicados ao Santos FC, será sempre bem vindo na Resgate.

2- RELAÇÃO ENTRE AMRS E SANTOS FC:
Nós da Resgate apoiamos a direção do Santos FC. A escolha dos nomes que comporiam a chapa foi nossa responsabilidade nas 2 últimas eleições, bem como fomos um dos maiores defensores e divulgadores na campanha que elegeu a atual diretoria. Porém, e isso é muito importante, não temos uma postura neutra e/ou de apoio incondicional dos atos da diretoria, como se ela fosse infalível, mas sim uma postura “crítica propositiva”, de aplaudir os acertos, criticar o que está errado e propor melhorias no que pode ser melhorado. Em resumo, a AMRS apoia a diretoria, mas antes de tudo e acima de qualquer coisa, a AMRS apoia o Santos FC.

3- RECADASTRAMENTO:
A AMRS fará o recadastramento de todos os seus “associados”. O objetivo é, além da atualização dos dados, conhecer um pouco mais o associado da Resgate Santista e/ou do Santos, procurando integrá-lo nesta nova fase da Resgate. Haverá mais interação, e ações serão tomadas para que você, torcedor santista, caso queira, possa ser mais atuante/ativo no dia a dia do Santos FC, colaborando com seu incentivo, sugestões e críticas.

Para fazer o recadastro, basta clicar no link https://docs.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dEwwelBTX1VhdWUyWE83TWpwNXZJQnc6MQ e atualizar os campos necessários. É simples e rápido.

4- INFORMAÇÕES GERAIS:
Algumas informações importantes:

> Equipe: A nova diretoria da AMRS, eleita, está composta por:

  • Presidente: Fabio Vianna (fd.vianna@gmail.com);
  • Vice Presidente: Felipe Ferreira (fffsantista@yahoo.com.br);
  • Diretor Financeiro: Marcelo Guedes (celoag@uol.com.br);
  • Diretor para Assuntos Políticos: Rodrigo França Gabriel (rodrigofgabriel_10@globo.com);
  • Diretor Jurídico: Gerson Duarte (gerson_duarte@uol.com.br);
  • Diretor de Marketing: Leandro Sardim (lsardim@gmail.com);
  • Diretora de Mídia e Comunicação: Maria Fernanda Leal (mariafeleal@gmail.com)l;
  • Diretor Social: Edmar Jr. (edmar_junior@uol.com.br) e Linconl Mariano (linconl@hotmail.com.br);
  • Secretário: Newton Pereira Jr. (newton.pereira@uol.com.br)

Conselho Fiscal composto por:

  • Roberto Barros Barreto (rbarretobr@gmail.com);
  • Estevam Juhas (estevamjuhas@yahoo.com.br);
  • Vitor Barros Andrade (vitor_barros7@hotmail.com).

> Propostas: Em anexo, há um arquivo com as principais propostas da atual gestão. Sinta-se à vontade para comentar, sugerir, criticar e propor. Sua participação é importante, pois é através deste documento que direcionaremos nossa atuação junto à direção do SFC.

> Comunicação: Em breve, informaremos os novos canais de comunicação para que você saiba o que acontece dentro do SFC. O site Santista Roxo, marca registrada e principal canal de comunicação da Resgate e do próprio torcedor santista, está em reformulação e será ainda melhor. Redes sociais, boletins, promoções, enfim, teremos muitas novidades nos próximas semanas. Aguardem!
Bem, por enquanto é isso.

A AMRS mais uma vez agradece a todos os seus sócios que contribuíram e continuam a contribuir, auxiliando de diversas formas, e está sempre aberta a receber todos os santistas que, dentro dos princípios e valores que nortearam os rumos da AMRS desde sua fundação, queiram ajudar a construir um Santos FC cada vez melhor.

Todos que queiram o crescimento do SFC são bem vindos.

Contamos com você nesta nova fase.

Fabio Vianna
Presidente da AMRS

Felipe Ferreira
Vice Presidente da AMRS

PS: o item “5- MUDANÇAS RECENTES NA RESGATE”, último deste comunicado, foi colocado, intencionalmente, após a assinatura de encerramento. Ele explica o processo de saída de alguns membros da Resgate Santista durante os últimos meses.

Preferimos fazer dessa forma para que você tenha o direito de conhecer, ou não, versão da AMRS sobre os fatos. Até então circulava uma versão que tentava denegrir a imagem AMRS e dos associados. Optamos por não entrar em conflito, confiantes de que cedo ou tarde a verdade prevaleceria. Mas devido à “insistência” do tema, fez-se necessário divulgar nossa versão, para que possam tirar suas próprias conclusões, com a possibilidade, santista resgatista, de seguir a leitura ou encerrar nesse momento. Até porque o que importa mesmo, para nós, no fim das contas, é o Santos FC.

5- MUDANÇAS RECENTES:

Vamos aos fatos:

1. A Resgate, com a chapa “O Santos pode mais” venceu as eleições em dez/09 com cerca de 65% dos votos e elegeu LAOR e equipe para comandar o SFC por 2 anos;

2. Após 2 anos do 1º mandato, a AMRS montou a chapa “Crescendo sem parar”, com a qual reelegeu em dez/11 LAOR e equipe para um 2º mandato, com 87% dos votos;

3. Após a conquista da Libertadores (jul/11), o desempenho do clube, tanto no futebol quanto na gestão, caiu e não foi mais o mesmo até hoje (out/12), fato que vem provocando críticas cada vez maiores por parte do torcedor santista;

4. A AMRS, como representante dos torcedores e co-responsável pelos nomes que dirigem o SFC, fez jus ao seu papel de INTERLOCUTORA ENTRE O TORCEDOR SANTISTA E A DIRETORIA, e manteve sua postura de a) aplaudindo os acertos, b) criticando os erros e c) propondo soluções de melhoria, para que o clube voltasse a trilhar o caminho do sucesso;

5. Foi nesse momento que surgiram 02 correntes de pensamento dentro da AMRS. Ambas apoiando a gestão atual, porém a “Corrente 1”, da qual discordávamos, considerava que a Resgate deveria ser: 

a-) um movimento apenas “eleitoral”, temporal, “não crítico” e “não propositivo”, que fosse ativado apenas de 3 em 3 anos, próximo às eleições e apenas para apoiar e eleger o candidato da vez, não importando que ele fosse;
b-) e que também fosse um “Movimento” de apoio 100% a diretoria, não importando se o trabalho venha sendo bem ou mal feito, e se os torcedores santistas estavam ou não satisfeitos.

Já uma “Corrente 2”, autora dessa versão que você está lendo, entendia que a AMRS deveria ser sim um “Movimento” de apoio à diretoria (afinal foi a responsável pela chapa eleita, de LAOR e equipe), porém deveria ser um “Movimento” que:

a-) atuasse ininterruptamente ao longo dos 3 anos de mandato (e não somente 3 meses antes da eleição como queria a “Corrente 1”), de forma crítica e propositiva, mantendo a postura que sempre teve em 11 anos.
b-) aplaudisse os acertos da diretoria, criticasse os erros que se apresentavam e propusesse soluções/melhoria e projetos/ações que pudessem de alguma forma ajudar o Santos FC;

6. A divergência só surgiu porque alguns membros não concordaram com essa postura da AMRS de a-)aplaudir os acertos, b)criticar os erros e c-)propor soluções de melhoria. Na visão dessas pessoas, a Resgate, por ter ajudado a eleger a diretoria do SFC, tinha a obrigação de apoiar 100% das decisões da direção do SFC, incondicionalmente, certas ou erradas;

7. Exemplo da diferença de visão entre as 2 “Correntes”: problemas no programa sócio-torcedor. Na visão da “Corrente 1” (neutra, não crítica, de apoio “cego”) a AMRS deveria se manter neutra e “esfriar a ira” dos sócios, como se estivesse tudo funcionando corretamente, quando, na verdade, todos sabíamos dos problemas no Sócio-rei. Já nós da “Corrente 2” (ativa, crítica, propositiva) entendíamos que a Resgate deveria não só apontar/informar os erros relatados pelos sócios santistas, como também até sugerir soluções de softwares, processos, fornecedores, etc, para que, no final, o SFC e seus sócios fossem beneficiados;

8. Vendo que o modo de pensar de nós da “Corrente 2” (ativa, crítica, propositiva) prevaleceria, a “Corrente 1” (neutra, não crítica, de apoio “cego”) tentou “mudar as regras do jogo”, para que pudesse eleger uma diretoria na Resgate que a transformasse num “Movimento” 100% favorável a direção do SFC, onde não houvesse fiscalização ou crítica ao trabalho que vem sendo feito por LAOR e equipe. Seria um “Movimento” totalmente, como se diz na política, “chapa branca”. Tentaram mudar, mas não conseguiram;

9. Não conseguindo seu intento, simplesmente decidiram se desfiliar da Resgate, pois perceberam que a maioria dos resgatistas não uma AMRS neutra, sem questionamentos aos gestores. Ao sair, justificaram tal atitude com uma mistura de “Manifesto” e “Abaixo-assinado”, com críticas e acusações infundadas contra a Resgate;

10. se os acontecimentos se resumissem ao desligamento, seria triste, porém honesto. Mas, após a saída da “Corrente 1” (neutra, não crítica, de apoio “cego”), os chamados “dissidentes” divulgaram comunicado a todos os resgatistas e santistas em geral, com uma versão deles que, entre outras dizia que saíam da AMRS porque:

a-) apoiavam as gestão do SFC, ao contrário da “Corrente 2” (ativa, crítica, propositiva) que ficou na AMRS (o que não é verdade, pelo já exposto acima);

b-) que os membros que ficaram na Resgate, a chamada “Corrente 2” (ativa, crítica, propositiva) criticavam a gestão por querer e não conseguir cargos dentro do SFC (também não é verdade, e sim justamente o contrário: os que saíram, “Corrente 1” (neutra, não crítica, de apoio “cego”) são, coincidentemente, os que ocupam a maioria dos cargos dentro do Santos, o que talvez ajude a explicar a insistência em forçar esse “apoio incondicional” à diretoria);

c-) vem se utilizando das marcas da AMRS, como o site “Santista Roxo” e as chapas criadas e organizadas “O Santos Pode Mais” e “Crescendo 100 parar”, para atrair novas adesões ao “Manifesto abaixo-assinado” dos dissidentes, visando a formação de um novo grupo;

d-) em resumo, como a “Corrente 1” (neutra, não crítica, de apoio “cego”) não obteve sucesso pela via democrática, tentou imputar à “Corrente 2” (ativa, crítica, propositiva) que prevaleceu entre os resgatistas, uma imagem totalmente oposta ao que a Resgate prega há mais de uma década.

11. Para esses dissidentes, os motivos que justificavam as críticas da Resgate aos ex-presidentes e diretores que passaram pelo Santos já não valem mais, por um simples fato: os que estão no poder agora são os que esses dissidentes apóiam. “Aos amigos tudo, aos inimigos a lei”, nós da Resgate não concordamos.

Enfim, foi isso que aconteceu, sendo necessário mostrar fatos e ações, além do modo como algumas pessoas enxergam o SFC.

A partir desse momento, a atual diretoria da Associação Movimento Resgate Santista deixa claro que, somente a diretoria citada acima, representante dos sócios, seus respectivos membros contribuintes e Conselho de Orientação possuem condições de falar em nome do grupo ou de suas marcas.

Novamente, agradecemos a atenção;

Fabio Vianna
Presidente da AMRS

Felipe Ferreira
Vice Presidente da AMRS

—-//—-

OBS: O valor mínimo para tornar-se sócio da AMRS é de R$15,00 / mês.

Por ora, é só! Até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Anúncios

2 Respostas para “COMUNICADO OFICIAL DA RESGATE SANTISTA

  1. Alan, o valor está sendo definido, mas será algo na faixa entre R$15,00 e R$30,00.

    Edmar Junior

    Curtir

  2. Edmar,só sócio do Glorioso Santos FC,li esse comunicado e gostaria de saber qual o valor da mensalidade do sócio da AMRS?….
    Quando fui me cadastrar ele informa pra escolher a forma de pagamento(Mensal,anual…) mas não fala o valor.
    Obrigado!!

    Curtir

Comente aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s