GANSO AO TUCUPI NO CALDEIRÃO DA VILA

Domingo (03/02) estive na Vila Belmiro para acompanhar o clássico Santos x São Paulo, partida válida pelo Paulistão 2013 e que marcou o reencontro de Paulo Henrique Ganso com a torcida do Santos Futebol Clube.

Antes do jogo, junto com alguns amigos, dei uma passada na famosa padaria A Santista, lá como não podia ser diferente encontrei com o sempre alegre e anfitrião Carlinhos.

Na famosa padaria A Santista

Na famosa padaria A Santista

Toninho Silva, ex-jogador do Santos Futebol Clube também estava na padaria:

Edmar Junior e Toninho Silva

Edmar Junior e Toninho Silva

Pelé e Toninho Silva

Pelé e Toninho Silva

E lá na padaria também tive a honra de encontrar o Sr. Vitor Moran, jornalista que trabalhou em todas as principais emissoras de rádio de Santos, considerado um dos jornalistas de melhor memória da história da crônica esportiva brasileira, Santista doente e apontado como o homem que mais viu Pelé jogar.

Edmar Junior e Vitor Moran

Edmar Junior e Vitor Moran

Vitor Moran, nos áureos tempos, entrevistando Pelé.

Vitor Moran, nos áureos tempos, entrevistando Pelé.

Depois, já na Vila Belmiro, encontrei o Dodôzinho, craque que já brilha nas categorias de base do Santos Futebol Clube e o eterno ídolo Lima.

Dodôzinho, Edmar Junior e Lima

Dodôzinho, Edmar Junior e Lima

Após curtir o clima nos arredores da Vila e ajudar na execução de uma ação promocional do Portal Santista Roxo, enfim adentrei ao estádio.

GANSO E A FÚRIA DA TORCIDA SANTISTA

Quando Ganso ainda estava no Santos Futebol Clube o Presidente Luis Alvaro encomendou à sua cozinheira paraense um pato no tucupi (prato típico do Estado do Pará, onde Ganso nasceu)  para um esperado jantar com Ganso em sua casa, onde seria tratado um plano de carreira para o jogador, de lá para cá muita coisa aconteceu e Ganso acabou indo para o São Paulo Futebol Clube, decisão entendida pela nação santista como um ato de pura ingratidão por parte do jogador.

No reencontro entre Ganso e a torcida do Santos Futebol Clube, como já era esperado o jogador foi hostilizado desde o momento que pisou no sagrado gramado da Vila, passando pelo momento em que foi substituído após fraca atuação pelo técnico Ney Franco até o momento em que foi embora.

Eu já estive muitas vezes na Vila Belmiro, nunca tinha visto um jogador receber tantas vaias e intensos xingamentos como Ganso recebeu, infelizmente foi o que ele plantou, agora esta apenas colhendo os resultados de sua conduta.

Veja nas imagens captadas pelo santista Rachid Bourdoukan, para sua Santosfc.TV, como estava pesado o clima na Vila Belmiro para Paulo Henrique Ganso, o caldeirão ferveu para ave ingrata:

A hostilidade e desprezo ao Ganso foi marcante ao ponto de nem criança aliviar para o jogador, o garoto Gustavo Henrique Diniz Mathias, de 12 anos, fez a alegria de muitos santistas no domingo. Como mascote mirim esteve no gramado da Vila Belmiro, pouco antes do clássico contra o São Paulo,  fingiu que iria cumprimentar o meia Ganso e saiu correndo, deixando o jogador ‘no vácuo’.

Ganso Desprezado - Blog DNA Santástico

– Ele era ídolo, já tirei foto com ele, mas a atitude que ele tomou quando saiu do Santos me deixou triste, fiquei um pouco com raiva e pensei em brincar. Saí correndo e fiz aquilo, passou na hora pela minha cabeça – contou Gustavo.

Em suma, como inimigo, Ganso conheceu neste domingo a força da Vila Belmiro!

||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||

Já no jogo, Neymar & Cia não deram muita chance ao time do Morumbi e conquistaram mais uma bela vitória para o Santos Futebol Clube que continua invicto na competição.

Santos 3 x 1 SPFC - 04022013 - Blog DNA Santastico (33)

Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data/Hora: 3/2/2012 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra (SP)

Renda/Público: R$ 383.960 / 14.283 presentes

Cartões Amarelos: Renê Júnior (SAN); Denilson e Cañete (SÃO)

GOLS: Miralles, aos 38′/1ºT (1-0); Neymar, aos 3′/2ºT (2-0); Jadson, aos 19′/2ºT (2-1) e Miralles, aos 24′/2ºT (3-1)

SANTOS: Rafael, Bruno Peres, Neto, Durval e Guilherme Santos; Arouca (Felipe Anderson, 41′/2ºT), Renê Júnior, Cícero e Montillo; Miralles e Neymar. Técnico: Muricy Ramalho.

SÃO PAULO: Denis, Paulo Miranda (Douglas, 10′/2ºT), Lúcio, Rhodolfo e Cortez; Wellington (Cañete, 10′/2ºT) e Denilson; Jadson, Ganso (Aloísio, 32′/2ºT) e Osvaldo; Luis Fabiano. Técnico:Ney Franco.

||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||o||

Foi mais um dia daqueles inesquecíveis, eu e meus amigos (as), assim como toda a nação santista, comemoramos muito esta grande vitória do glorioso Santos Futebol Clube.

Edmar Junior e amigos (as). O que o Santos une, nada pode separar!  #SóAlegria

Edmar Junior e amigos (as). O que o Santos une, nada pode separar! #SóAlegria

Edmar Junior e amigos (as). O que o Santos une, nada pode separar!  #CelebrandoMaisUmaVitória

Edmar Junior e amigos (as). O que o Santos une, nada pode separar! #CelebrandoMaisUmaVitória

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Uma trilha sonora SANTÁSTICA para nação santista curtir enquanto navega:

SoundCloudSFC - Blog DNA Santastico

Clique na imagem e divirta-se!

Anúncios

Comente aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s