Arquivo da categoria: Dica Musical

OUÇA “O SANTOS GANHOU”, NA VOZ DE FRANCISCO EGYDIO.

Em 1958, o cantor e compositor Francisco Egydio gravou um compacto dedicado ao seu time do coração. Lançado pela Odeon, o 78 RPM trazia de um lado o samba “O Santos ganhou” (Nilo Silva, Marzinho e Nandinho) e do outro lado o hino oficial do clube, “Glória ao Santos F.C.” (Carlos Henrique Paganetto Roma).

Francisco Egydio - Blog DNA Santastico

Francisco Egydio

Ouça aqui, na voz de Francisco Egydio,  o samba “O Santos ganhou”:

Saiba mais sobre Francisco Egydio

Francisco Egídio dos Santos (Francisco Egydio), cantor e compositor, nasceu em São Paulo-SP em 17/1/1927 e faleceu em 17/10/2007 na mesma cidade. Dos 14 aos 24 anos participou de programas de calouros em várias emissoras de rádio, entre os quais o Peneira Rodhine, da Rádio Cultura, de São Paulo, onde cantava sucessos da época, principalmente de Nelson Gonçalves, Francisco Alves e Orlando Silva.

De 1946 a 1950 serviu na polícia militar da Aeronáutica, de onde saiu como cabo. Em 1951 participou do concurso O Cantor dos Bairros, da Rádio Excelsior, de São Paulo, obtendo o primeiro lugar e contrato de experiência por três meses na própria emissora. Nessa época, a Rádio Excelsior passou para as Organizações Vítor Costa e assim ele foi incluído no seu quadro artístico.

Gravou pela primeira vez como cantor em 1953, na Copacabana, com as músicas Rascunho brasileiro (Polera) e uma versão do tango Sin palabras. Fez grande sucesso com a interpretação de Creio em ti, versão que lhe deu o troféu Roquete Pinto em 1960, ano em que deixou a Organização Vítor Costa.

Francisco Egydio - Creio em Ti - Blog DNA Santastico

Em 1966 viajou por Portugal e África, fazendo várias apresentações durante dois anos. De volta ao Brasil, excursionou pela Argentina, Uruguai e Paraguai. Em 1970 gravou sua própria composição Bamboleando, na Odeon. Também participou de filmes, como ator, entre os quais A marcha, de Osvaldo Sampaio, em 1972.

Fonte: Enciclopédia da Música Brasileira – Art Editora – PubliFolha

Colaborou neste post:

Wesley Miranda

Wesley Miranda

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Uma trilha sonora SANTÁSTICA para nação santista curtir enquanto navega:

SoundCloudSFC - Blog DNA Santastico
Clique na imagem e divirta-se!

DICA MUSICAL SANTÁSTICA: MARIANA BELÉM

Boa acústica, qualidade de gravação ao vivo, cardápio personalizado, galeria de CDs e programação musical de altíssima qualidade.

O Ao Vivo Music é um espaço voltado para a boa música, como o jazz, a bossa nova e suas vertentes, podendo ser comparado aos mais charmosos e intimistas jazz clubs e pubs internacionais.

Grandes nomes da MPB e da bossa, como Ivan Lins, Emilio Santiago, Toquinho, Céu, Fafá de Belém, Jair Rodrigues, Leila Pinheiro, Vanessa da Mata, Joyce, Roberto Menescal, Zimbo Trio, Fernanda Porto, Paula Lima, Leny Andrade, Marcos Valle, Cesar Camargo Mariano, além de ídolos do jazz internacional como Mike Stren, David Liebman, Scott Henderson, Kurt Rosenwinkel, Anthony WilsonBen Allison, Oscar Stagnaro, entre outros, já pisaram neste palco desde a sua inauguração, em 2006.

O cardápio e o serviço de bar seguem o mesmo padrão de qualidade da programação. As delícias oferecidas vão desde uma simples porção de batatas fritas até o pão italiano coberto com shimeji, shitake e queijo parmesão derretido, mas o grande sucesso é o petit-gateau – há quem diga que a sobremesa é a melhor da cidade de São Paulo.

Entre os drinks mais requisitados estão o Coquetel Ao Vivo, uma mistura deliciosa e adocicada de Bailey’s, licor de café, Amaretto e vodka, e o Cosmopolitan, feito com vodka, cointreau, suco de limão e suco de camberry.

O design do cardápio é um espetáculo à parte, praticamente a Wikipédia do local. Nele é possível conhecer um pouco sobre a história da casa e os músicos que passaram por lá.

O Ao Vivo também oferece uma galeria de CDs que estão em exposição para venda, contemplando artistas consagrados e expoentes da nova geração da música brasileira e internacional.

No dia 02/02/2013 o Ao Vivo Music terá como atração a bela, afável, talentosa, torcedora do Santos Futebol Clube e cantora Mariana Belém.

Mariana Belem - 02022013 - Blog DNA Santastico

Mariana Belem e Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Mariana Belém e Edmar Junior

Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!

Uma trilha sonora SANTÁSTICA para nação santista curtir enquanto navega:

SoundCloudSFC - Blog DNA Santastico

Clique na imagem e divirta-se!

CALL ME MAYBE

O hit “Call Me Maybe”, da canadense Carly Rae Jepsen, possui inúmeras versões na Internet e agora finalmente chegou ao futebol brasileiro!

Carly Rae Jepsen

A iniciativa foi do Santos Futebol Clube que lançou um vídeo da música, protagonizado por alguns de seus funcionários e dos seus craques, em especial o carismático Neymar Jr, mas até o sisudo técnico Muricy Ramalho entrou na brincadeira!

O vídeo produzido pela competente equipe da SantosTV tem quase 4 minutos de muita alegria e descontração no melhor estilo Meninos da Vila.

Vale a pena conferir:

Call Me Maybe

I threw a wish in the well,
Don’t ask me, I’ll never tell
I looked to you as it fell,
And now you’re in my way

I trade my soul for a wish,
Pennies and dimes for a kiss
I wasn’t looking for this,
But now you’re in my way

Your stare was holdin’,
Ripped jeans, skin was showin’
Hot night, wind was blowin’
Where you think you’re going, baby?

Hey, I just met you,
And this is crazy,
But here’s my number,
So call me, maybe?

It’s hard to look right,
At you baaaabeh,
But here’s my number,
So call me, maybe?

Hey, I just met you,
And this is crazy,
But here’s my number,
So call me, maybe?

And all the other boys,
Try to chaaase me,
But here’s my number,
So call me, maybe?

You took your time with the call,
I took no time with the fall
You gave me nothing at all,
But still, you’re in my way

I beg, and borrow and steal
Have foresight and it’s real
I didn’t know I would feel it,
But it’s in my way

Your stare was holdin’,
Ripped jeans, skin was showin’
Hot night, wind was blowin’
Where you think you’re going, baby?

Hey, I just met you,
And this is crazy,
But here’s my number,
So call me, maybe?

It’s hard to look right,
At you baaaabeh,
But here’s my number,
So call me, maybe?

Hey, I just met you,
And this is crazy,
But here’s my number,
So call me, maybe?

And all the other boys,
Try to chaaase me,
But here’s my number,
So call me, maybe?

Before you came into my life
I missed you so bad
I missed you so bad
I missed you so, so bad

Before you came into my life
I missed you so bad
And you should know that
I missed you so, so bad

It’s hard to look right,
At you baaaabeh,
But here’s my number,
So call me, maybe?

Hey, I just met you,
And this is crazy,
But here’s my number,
So call me, maybe?

And all the other boys,
Try to chaaase me,
But here’s my number,
So call me, maybe?

Before you came into my life
I missed you so bad
I missed you so bad
I missed you so so bad

Before you came into my life
I missed you so bad
And you should know that

So call me, maybe?

Colaborou neste conteúdo Mateos Tschá e Gabriela Ribeiro do site Entrando no Jogo.

Por ora, é só! Deixe seu comentário e até o próximo post!

Edmar Junior

Visite e CURTA a FAN PAGE do Blog DNA Santástico no Facebook!!!