Arquivo da categoria: Sereias da Vila

OBRIGADO, SEREIAS DA VILA!

Nos últimos dois anos o torcedor santista acostumou-se com boas notícias, ora proporcionadas pelo time profissional, ora pelas Sereias da Vila e mais recentemente pelo time de Futsal, foram muitos gols, vitórias e principalmente títulos. Tudo isto amparado pelo trabalho da nova diretoria do clube que tem nos princípios de governança corporativa os alicerces para que o Santos continue podendo mais e cresça sem parar.

Mas infelizmente, neste início de 2012, nem tudo é alegria na Vila Belmiro, como já era de conhecimento público, por falta de patrocínio o Futsal do Peixe liderado pelo craque Falcão e campeão da Liga Nacional em 2011  acabou, em entrevista coletiva realizada na manhã de terça-feira (3/1) o Presidente Luis Alvaro falou sobre o assunto e se não bastasse deu a notícia que eu e grande parte da nação santista temia, o Futebol Feminino das nossas queridas Sereias da Vila também acabou pela falta de patrocínio resultante da baixa exposição da modalidade na mídia. A Sereia Erika participou da coletiva e como se estivesse em campo, lutou, mas desta vez para tentar conter as lágrimas e a emoção.

Esta, sem dúvida, não é a melhor forma de iniciarmos o ano do nosso centenário, Futsal e Futebol Feminino eram modalidades que agregavam muito valor à marca Santos, seriam de extrema importância neste ano de celebração.

Eu particularmente lamento o fim destas modalidades, tive a oportunidade de conhecer o craque Falcão num evento oficial do clube, mas nem tive tempo de assistir um jogo do time de Futsal na Arena Santos, assisti alguns jogos e torci muito pelo time, mas pela televisão, este ano eu pretendia prestigiar in-loco na Arena.  Já o Futebol Feminino, gosto muito da modalidade e sou um fã declarado das Sereias da Vila, assisti vários jogos em estádios, estive presente nas maiores conquistas e tenho amizade com algumas das jogadoras, estou triste principalmente por elas, pois a realidade do Futebol Feminino é diferente e inferior até mesmo em relação ao Futsal onde muitos jogadores já foram para outros times, inclusive o craque Falcão, já as meninas estão sofrendo com a decisão e mais do que nunca convivem com a incerteza, o Santos foi um clube pioneiro, deu alguma visibilidade e “sustentou” a modalidade durante anos, era a base e a segunda casa literalmente de muitas meninas.

O desejo de que a modalidade seja auto-sustentável, a necessidade de patrocínios e a premissa de que haja exposição na mídia é tudo perfeitamente de fácil compreensão, principalmente quando lembramos do lema tantas vezes proclamado pelo Presidente Luis Alvaro que não devemos gastar mais do que arrecadamos. Porém, ainda não consegui compreender e aceitar o fato do clube através de seus gestores e profissionais do Marketing não terem conseguido atrair patrocinadores para manutenção das modalidades, principalmente o Futebol Feminino, modalidade implantada há anos, vitoriosa, referência e cujo orçamento era bem menor que o Futsal. Será que houve o empenho necessário? Há outros motivos que resultaram no encerramento da modalidade? Ficaram dúvidas!

Para quem um dia vibrou com a possibilidade de ver Sereias da Vila transformarem-se em Santos Mermaids e disputarem a Women’s Professional Soccer (Liga de Futebol Feminino dos Estados Unidos) uma coisa é fato, sinto-me triste e bastante decepcionado com o desfecho da história.

Mesmo assim, não será este o motivo que me levará achar que esta tudo errado, que a Diretoria não presta e outras coisas do tipo, de fora sem todos os detalhes é difícil tecer uma opinião conclusiva, mas espero que a Diretoria que ajudei eleger em 2009 e ser reeleita com 87% dos votos dos associados na última eleição esteja plenamente consciente das vossas decisões.

Que o trauma destas decisões possa ser superado, que num futuro próximo o Santos Futebol Clube possa retomar as modalidades, pois numa terra de Reis (Pelé e Falcão)  e Rainha (Marta) a magia não pode simplesmente acabar.

Por ora, agradeço ao time de Futsal, foi rápido, mas foi encantador!

E principalmente agradeço as Sereias da Vila, por todas as alegrias que nos deram ao longo dos últimos anos, entre elas o BI-CAMPEONATO da Libertadores da América Feminina, agradeço também pela dedicação e por sempre terem honrado com muita dignidade o manto sagrado da Vila.

Meninas sou fã de cada uma de vocês e continuarei torcendo muito pelo sucesso de todas! Que a decisão do momento seja apenas mais uma dificuldade a ser vencida na caminhada de consolidação da modalidade, que isso traga fortalecimento e que em breve o futebol das Sereias da Vila possa renascer e desfilar com carisma, beleza e talento nos gramados.

Com carinho e muita sinceridade, obrigado Sereias Vila!

Edmar Junior e as Sereias da Vila. Obrigado por tudo meninas!

Edmar Junior e as Sereias da Vila. Obrigado por tudo meninas!

Meninas, contem sempre comigo para o que for preciso!

Edmar Junior

SEREIAS DA VILA NO CURTA SANTOS

A nona edição do Festival CURTA SANTOS será dedicado às mulheres, como artistas, pensadoras, provocadoras, que cada vez mais ocupam lugar de destaque na sociedade.

Desde o seu nascimento o cinema retratou a mulher de forma especial, quando o cinema nasceu há 100 anos o mundo masculino fazia fetiche com a mulher fatal, a heroína, a devoradora de homens, sempre retratada pela ótica masculina. Podemos afirmar que neste século o mundo viu a Mulher evoluir e galgar o espaço individual, como formadora de opinião, pensadora.

Enfim, a Mulher é um autentico e reconhecido ser social, e este interstício é que nos desafia e fascina, acompanhar a própria evolução do cinema com a emancipação feminina.

As Sereias da Vila são as estrelas de um documentário (veja o vídeo no final do post) que foi exibido gratuitamente na quarta-feira (14), no Cine Roxy em Santos. O filme faz parte desta 9ª edição do Curta Santos, o festival de curtas-metragens que apresenta produções audiovisuais produzidas por universitários da Baixada Santista.

O curta que conta a história das atletas do futebol feminino do Santos FC está inserido na categoria Olhar Caiçara.

Para participar da votação popular votando no filme “As Sereias da Vila – O Futebol Feminino do Santos F.C.” clique aqui.

Capitão Edu Dracena, Presidente Luis Alvaro e Sereia Dani Pato marcaram presença na abertura do evento.

O CURTA

Dirigido pelas jornalistas Ana Cláudia Kabbach, Beatriz Dias e Marcela Martins, o documentário busca desmistificar a ideia de que o futebol deixa as mulheres masculinizadas.

Para isso, as jornalistas acompanharam o dia a dia das Sereias, dentro e fora de campo, trazendo histórias de vaidade e de perseverança na profissão.

Segundo Ana Cláudia Kabbach, a grande “luta” das jogadoras é em relação à desvalorização da modalidade e o preconceito.

“A ideia do documentário é abrir a cabeça de quem pensa que o futebol é só para homens. O esporte é para qualquer sexo e só vai vingar se apostarem nele”, afirma Ana.

Sinopse:
AS SEREIAS DA VILA – O FUTEBOL FEMININO DO SANTOS F.C.
Direção: Ana Cláudia Kabbach, Beatriz Dias e Marcella Martins
15’15” │ documentário │ vídeo digital │ cor │ Santos – SP │ 2010

Foi-se o tempo que futebol era esporte exclusivo aos homens. Atualmente, cada vez mais mulheres aderem à modalidade. Elas, que sempre foram classificadas como o ‘sexo frágil’, agora ganham capas de jornais e revistas, por conquistarem espaço e atuarem em clubes e campeonatos profissionais. No país do futebol há uma característica: a maneira como os meios de comunicação em geral dão à participação feminina nesta modalidade. Sendo assim, o presente trabalho tem como objetivo explicitar a prática do futebol feminino no Brasil, suas discriminações e preconceitos. Para tanto, abordamos a história do time local das Sereias da Vila, do Santos Futebol Clube, e os principais personagens envolvidos na criação do time santista.

Edmar Junior e Dani Pato (uma das Sereias que estrelam o documentário)

Assista o documentário:

Clique aqui e saiba mais sobre a nona edição do Festival CURTA SANTOS.

E aí leitor (a) gostou deste post? E do documentário das Sereias? #VcComenta

SEREIA MAURINE, VOLTOU!

O tempo de contrato é curto, são apenas 4 meses, com término em Dezembro de 2011, mas após conquistar o título de campeã da Liga Norte-Americana de Futebol Feminino ao lado de Marta com o Western New York Flash, Maurine Dornelles volta para novamente vestir a camisa do Santos FC. A lateral vem para reforçar ainda mais a equipe santista na disputa da Copa do Brasil e nas demais competições do ano.

Maurine e Edmar Junior

Seja bem-vinda Sereia Maurine!