Arquivo da tag: Rei Pelé

Aniversário do Rei Pelé, 75 anos, 75 imagens aleatórias…

O tempo passou e nesta sexta-feira (23/10), o Rei do Futebol, eterno ídolo da nação santista e do futebol mundial, completa 75 anos.

Para celebrar esta data tão especial, que tal curtir uma seleção aleatória de 75 imagens em homenagem ao Rei Pelé? Divirta-se:

1

2

3

4

5

6

7

8

9

Pelé observa sua filha Kelly Cristina brincar com uma bola de futebol. Santos, 22/11/1969. Foto: AE

10

11

12

O goleiro Dimas e quatro jogadores do Guarani observam Pelé aproximar-se do gol. Na foto aparecem o lateral Diogo (à esquerda), o zagueiro Paulo Davoli (logo atrás do goleiro) e o atacante Toninho Guerreiro, do Santos (atrás de Paulo Davoli). Nesse ano, o Santos ficou apenas como quarto colocado no campeonato estadual. Campinas, 01/01/1971. Foto: AE

13

Pelé posa junto a placa de rua que leva seu nome, em Três Corações. A Rua 13, uma ladeira estreita onde ficava a casa na qual nasceu Pelé, teve o nome trocado em homenagem ao Rei do Futebol, durante a preparação da Seleção Brasileira para Copa da Inglaterra. 19/04/1966. Foto: Domício Pinheiro/AE

14

15

16

17

18

Brasil, São Paulo, Santos, 01/01/1970. Pelé se veste para um treino do Santos, na Vila Belmiro, ritual que repetiu durante 18 anos. Pasta: 27755. - Crédito:ARQUIVO/AGÊNCIA ESTADO/AE/Codigo imagem:5438

19

20

Santos, SP. Década de 1960. Pelé, usando um chapéu de palha, pesca na beira de rio antes de jogo do Santos. Foto: Domício Pinheiro/AE

21

22

23

Pelé (21)

24

Pelé (20)

25

Pelé (19)

26

Pelé (18)

27

Pelé vestido de beca para a solenidade de sua formatura na Faculdade de Educação Física de Santos. Ele se formou na mesma turma de Pepe, seu companheiro de ataque na equipe. Santos. 12/01/1974. Foto: AE

28

Pelé (16)

29

Pelé (15)

30

Pelé (14)

31

Pelé tocando violão durante uma concentração do Santos. A música é uma das paixões de Pelé. O craque sempre gostou de compor músicas. Santos, 01/01/1960. Foto: Domício Pinheiro/AE

32

Pelé (12)

33

Pelé (11)

34

Brazil's Pele (second l) cries on the shoulder of Didi (l) as teammates Gilmar (second r) and Orlando (r) congratulate him on his fantastic performance in the final

35

Pelé (9)

36

Pelé (8)

37

Pelé com sua avó Ambrosina, em Bauru, onde o jogador foi criado. O ídolo jamais perdeu o contato com a família. São Paulo, Bauru. 01/01/1966. Foto: AE

38

Pelé (5)

39

Pelé (4)

40

Pelé (3)

41

Pelé (3)

42

Pelé (2)

43

Pelé (2)

44

Pelé (1)

45

Pelé (1)

46

São Paulo, SP. Ano de 1972. No estádio do Pacaembu lotado, Pelé salta para tentar marcar gol de cabeça contra o São Paulo. No lance aparecem o goleiro Sérgio e o zagueiro Samuel, ambos do São Paulo, e Alcindo, do Santos, em segundo plano. Foto: Domício Pinheiro/AE

47

Pelé era um atleta disciplinado, mas na foto aparece discutindo com o árbitro Armando Marques, durante um amistoso da Seleção Brasileira contra a seleção do Paraná. Neste jogo, Pelé não marcou, mas o Brasil venceu por 2 a 1. Curitiba, 13/11/1968. Foto: Domício Pinheiro/AE

48

Paraguai, Assunção, 19/12/1973. Pelé se prepara para matar a bola no peito, em partida da Seleção Brasileira contra a seleção do Paraguai. À direita aparece o zagueiro Piazza. Pelé marcou um dos gols da vitória de 2 a 1. Foto: AE

49

Pelé (69)

50

Pelé (68)

51

Pelé (67)

52

Pelé (66)

53

Pelé (64)

54

Pelé (63)

55

Pelé (62)

56

Pelé (61)

57

O suor escorre pelo rosto de Pelé durante um treinamento. Em qualquer circunstância, o Rei mostrava total dedicação em campo. Santos, 01/01/1960. Foto: Domício Pinheiro/AE

58

Pelé (59)

59

Pelé (58)

60

An injured Pele of Brazil trudges off as his side lose to Portugal 3-1 during the World Cup Tournament second round match at Goodsion Park, Everton in Liverpool. * 052/02/02 The football shirt that he wore in the classic 1970 World Cup final is to sold at auction, it was being announced. The legendary yellow and green number 10 shirt he wore when Brazil thrashed Italy 4-1 in Mexico City to win the World Cup for the third time is expected to fetch between 30,000 to 50,000 when it goes under the hammer at auctioneers Christie's next month.

61

Pelé (55)

62

Pelé (54)

63

Pelé (53)

64

Pelé (52)

65

Pelé (51)

66

Pelé (50)

67

Pelé (49)

68

Pelé (48)

69

Santos, 01/01/1960. Pelé é barbeado por Didi, na barbearia em frente ao estádio da Vila Belmiro. Até hoje Didi é o barbeiro preferido de Pelé. Foto: Domício Pinheiro/AE

70

Pelé (46)

71

Pelé 01 (1)

72

Pelé, treina movimentos de capoeira na capital paulista, para compor o personagem Chico Bondade, um abolicionista do século XIX, interpretado pelo atleta no filme "A Marcha". 15/04/1971. Foto: Reginaldo Manente/AE

73

Pelé olha o motor do automóvel modelo Aero Willys, com o qual foi presenteado, em São Paulo. 20/01/1963. Foto:Vizzoni/AE

74

Pelé 01 (4)

75

Parabéns Rei Pelé!

Banner Curso Trader Esportivo

Quer aprender a ganhar uma grana enquanto assiste aos jogos do PEIXE? Clique na imagem e saiba mais…


Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
– Ex-Diretor Social da Associação Movimento Resgate Santista.
– Membro da ASSOPHIS (Assoc. dos Pesq. e Historiadores do SFC)
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.

  | 


O Rei Pelé em causos

O Rei Pelé em Causos - Blog DNA Santástico


Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
– Ex-Diretor Social da Associação Movimento Resgate Santista.
– Membro da ASSOPHIS (Assoc. dos Pesq. e Historiadores do SFC)
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.

  | 


Quer aprender a ganhar uma grana enquanto assiste aos jogos do PEIXE? Clique na imagem e saiba +

Quer aprender a ganhar uma grana enquanto assiste aos jogos do PEIXE? Clique na imagem e saiba +

O dia em que “Pelé expulsou o juiz”

Por Guilherme Guarche

Guilherme Guarche - Blog DNA Santástico

Há 47 anos, no dia 17/07/1968, o Santos Futebol Clube em mais giro pela América do Sul jogava no Estádio El Campin, em Bogotá, na Colômbia e vencia a Seleção Olímpica do país colombiano pelo placar de 4 a 2 com gols de Toninho Guerreiro (2), Pelé e Pepe formando com: Gylmar (Laércio), Oberdan, Ramos Delgado, Orlando e Turcão; Mengálvio e Lima (Eliseu); Manoel Maria (Abel), Toninho (Douglas Franklin), Pelé e Pepe. O técnico era Antônio Fernandes, o Antoninho.

Essa partida ficou famosa pelo simples fato que o árbitro do encontro de nome Guilhermo Velásquez, expulsou o Rei Pelé durante o jogo, causando indignação e revolta nos torcedores presentes no estádio, que de imediato, exigiram a volta do Rei ao campo de jogo e a retirada do juiz. O que acabou acontecendo para alegria dos torcedores colombianos que vibraram muito quando viram o novo árbitro de nome Omar Delgado dando prosseguimento a partida.

O dia em que Pelé expulsou o juiz - Blog DNA Santástico

Com a volta do Rei o jogo terminou sem incidentes, só que depois do final do espetáculo, a delegação santista foi proibida de deixar o país sendo conduzida à delegacia da cidade, pois o Sr. Guilhermo Velásquez apresentou queixa contra os jogadores do Peixe, alegando ter sido agredido pelo zagueiro Oberdan, obrigando os atletas santistas a assinar um termo de retratação no qual pediam desculpas ao árbitro colombiano.

Veja o vídeo:

Curiosidade:
Esta foi a segunda vez que o Rei Pelé foi obrigado por insistência do público a retornar ao gramado, a primeira vez aconteceu em Lima, no Peru no dia 17/01/1962 quando então o Santos venceu o Alianza local por 5 a 1. O Rei Pelé, no intervalo foi substituído por Pagão, mas torcida insatisfeita ao ver que o craque santista não retornou com a equipe começou a protestar ameaçando invadir o campo, o juiz parou o jogo e pediu ao técnico Lula que providenciasse a volta do Rei, o que acabou acontecendo com o “Atleta do Século” voltando no lugar de Coutinho.

Colaborou neste post:

Wesley Miranda

Wesley Miranda


Por ora, é só! Deixe seu comentário (você pode inclusive usar seu perfil do Facebook para isto) e até o próximo post!

Edmar Junior - Blog DNA Santastico

Edmar Junior

Torcedor do Santos FC por hereditariedade.
– Sócio do Santos FC desde 08/2006.
– Ex-Diretor Social da Associação Movimento Resgate Santista.
– Membro da ASSOPHIS (Assoc. dos Pesq. e Historiadores do SFC)
Membro da Confraria do Futebol Paulista/Por um Futebol Melhor
– Membro do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Colecionador de livros sobre o Santos FC e seus ídolos.
Campeão do Quiz do Torcedor no Navio do Centenário.
Mantenedor do Blog DNA Santástico.

  | 


Quer aprender a ganhar uma grana enquanto assiste aos jogos do PEIXE? Clique na imagem e saiba +

Quer aprender a ganhar uma grana enquanto assiste aos jogos do PEIXE? Clique na imagem e saiba +